150 anos depois, foi descoberta a identidade da mulher de “A Origem do Mundo”

(dr) Bibliothèque Nationale de France

Constance Quéniaux, a mulher que posou para Gustave Courbet no quadro “A Origem do Mundo” (1866)

É o fim de um mistério que intrigava o mundo das artes há mais de 150 anos. Por trás da vulva mais famosa do mundo, imortalizada no quadro mais controverso de Gustave Courbet, está uma bailarina que depois se tornou filantropa.

O historiador francês Claude Schopp descobriu finalmente a identidade da mulher da célebre pintura “A Origem do Mundo“, de Gustave Courbet, realizada em 1866 e que mostra a vulva de uma mulher, até então desconhecida.

De acordo com o Le Parisien, trata-se de Constance Quéniaux, uma bailarina da Ópera de Paris, nascida em 1832, e que tinha 34 anos quando foi imortalizada no famoso e polémico quadro deste pintor francês.

Quéniaux foi amante do diplomata do Império Otomano Halil Serif Pahsa, ou Khalil-Bey, o grande colecionador de obras de arte que terá encomendado a tela. Além da provocação clara, o anonimato da modelo também intrigou o mundo das artes durante 152 anos.

O jornal escreve que Schopp fez esta descoberta por mero acaso, quando estava a passar em revista as cartas de Alexandre Dumas filho, grande amigo de Courbet, à romancista George Sand. No documento, o autor de “A Dama das Camélias” revela o nome da mulher que serviu de modelo para a pintura.

“Foi como se se fizesse luz. Normalmente faço descobertas depois de muito trabalho, mas encontrei isto sem procurar. É injusto”, disse o historiador à AFP, citado pelo Público.

(dr) Phébus

Capa do livro “L’Origine du monde, vie du modele”, de Claude Schopp

Em declarações ao jornal Libération, Sylvie Aubenas, a diretora do Departamento de Pintura e Fotografia da Biblioteca Nacional de França, diz que tem 99% de certeza de que Quéniaux é o rosto por trás “da vulva mais famosa da história da arte”.

Além disso, garante a especialista, “os cabelos e as sobrancelhas negras” desta bailarina, que não passavam despercebidos naquela época e que ainda hoje se encontram registados nas fotografias históricas, são coerentes com o retrato do seu órgão genital.

Até agora, os especialistas desta área acreditavam que a mulher que posou para Courbet seria Joanna Hiffernan, companheira na época do pintor norte-americano James Whistler e que posava para ambos (já tinha sido retratada em “Jo, La belle Irlandaise”, em 1865).

A recente descoberta está agora retratada no novo livro de Schopp – “L’Origine du monde, vie du modele” – que irá ser lançado a 4 de outubro em França. Especializado na obra de Alexandre Dumas, tanto pai  como filho, o vencedor do Prémio Goncourt de Biografia, em 2017, reconstitui toda a vida da bailarina, que depois se tornou filantropa.

Para realizar esta pesquisa, o biógrafo foi até a cidade natal da bailarina, na região da Normandia, onde descobriu que, proveniente de uma família pobre, Quéniaux passou da prostituição à carreira na Ópera, “graças ao seu charme e inteligência”, características que a ajudaram a superar barreiras entre classes sociais.

O rosto da célebre modelo poderá ser admirado numa exposição realizada pela Biblioteca Nacional da França, em Paris, a partir de 16 de outubro.

ZAP // RFI

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Segunda vaga de moratórias autorizada pela Autoridade Bancária Europeia

A Autoridade Bancária Europeia (EBA) autorizou a reabertura de moratórias de crédito, com efeitos a partir de 01 de outubro até 31 de março de 2021, dois meses após ter suspendido novas adesões. Num comunicado publicado …

Turquia alvo de críticas duras em reunião da NATO e em risco de sanções

A Turquia esteve esta quarta-feira sob um fogo de críticas na reunião virtual dos Ministros dos Negócios Estrangeiros (MNE) da NATO e, com a deceção manifestada pelos Estados Unidos, deve preparar-se para sanções económicas americanas …

O que Neymar mais quer é voltar a jogar com Messi. Só se vier a custo zero, diz o Barça

O internacional brasileiro Neymar, que alinha pelo PSG, confessou esta quarta-feira que o mais deseja é voltar a jogar com o astro argentino Lionel Messi, com quem partilhou balneário entre 2013 e 2017 no Barcelona. …

Ministro da Administração Interna e procuradora-geral da República vão ser ouvidos no Parlamento

Eduardo Cabrita será ouvido sobre o caso do cidadão ucraniano assassinado nas instalações do SEF e Lucília Gago sobre a "recente diretiva sobre os poderes hierárquicos" na magistratura do Ministério Público. A comissão de Assuntos Constitucionais …

Portugal regista mais 79 mortos e 3.772 novos casos de covid-19

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais 79 mortos relacionados com o novo coronavírus, que provoca a covid-19, e 3.772 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da …

França investiga 76 mesquitas por suspeita de radicalização islâmica

A França vai investigar nos próximos dias 76 mesquitas por suspeitas de radicalização islâmica, anunciou esta quarta-feira o ministro do Interior do país, Gerald Darmanin. Trata-se de 16 templos na região de Paris e 60 no …

Medidas estão a dar resultados. Novas regras apresentadas sábado vão vigorar até 7 de janeiro

O primeiro-ministro afirmou que as medidas adotadas estão a produzir resultados, havendo uma trajetória descendente de novos casos de covid-19, mas advertiu que janeiro é mês de risco e as restrições não podem ser aliviadas. Esta …

Interpol alerta para ameaça do crime organizado ligado às vacinas. Falsificações podem ser fatais

A Interpol emitiu um alerta global aos perigos de burlas à volta da nova vacina para a covid-19. As falsificações podem ser lucrativas para os criminosos e fatais para quem as usar. A Interpol emitiu um …

Alguns distritos de Portugal continental e Madeira com avisos meteorológicos até domingo

Alguns distritos de Portugal continental e o arquipélago da Madeira vão estar a partir de hoje e pelo menos até domingo com vários avisos meteorológicos devido à agitação marítima, vento e queda de neve, de …

R abaixo de 1 em Portugal. Um milhão de pessoas pode já ter tido contacto com o vírus

Um doente covid-19 em Portugal está a infetar, em média, menos de uma pessoa, segundo dados do Instituto Ricardo Jorge revelados esta quinta-feira, que mostram que o Rt voltou a estar abaixo do 1. “Atualmente, o …