Denúncias de pressão sobre contabilistas “continuam a chegar” e envolvem “os principais bancos”

A Ordem dos Contabilistas Certificados ainda está a receber denúncias de pressão sobre contabilistas, que “continuam a chegar” e envolvem “os principais bancos”, de acordo com a bastonária Paula Franco.

Em entrevista à Rádio Observador na terça-feira, a bastonária Paula Franco disse que a Ordem dos Contabilistas Certificados continua a receber denúncias e profissionais que estão a ser pressionados pela banca a prestarem falsas declarações sobre a quebra de faturação para aderirem indevidamente à linha de crédito de mil milhões de euros.

Segundo a bastonária, as queixas, que continuam a chegar, já são mais de 100 e envolvem gestores de contas dos “principais bancos portugueses”. “Os principais bancos portugueses estão todos envolvidos. Estamos a falar dos gestores de conta” que “querem cumprir os seus plafonds“, disse Paula Franco, sem identificar as entidades em causa.

Por outro lado, a bastonária não acredita que haja “ordens superiores” para que os profissionais da banca estejam a pressionar os contabilistas a declararem falsamente quebras de faturação de, pelo menos, 40% para que tenham acesso à linha de crédito de mil milhões de euros destinada a micro e pequenas empresas, com garantias do Estado.

Em causa estão e-mails trocados “entre funcionários dos bancos e empresas e dos empresários para os seus contabilistas”, assim como declarações assinadas indevidamente.

“Esta não é a forma correta de ajudar”, alerta Paula Franco, acrescentando que os contabilistas incorrem num crime público caso mintam sobre a faturação para aceder a um apoio público.

Paula Franco explicou que “todas as ordens profissionais têm os seus conselhos jurisdicionais. Depois, têm a parte disciplinar. As queixas seguem para aí. Pode levar à expulsão“.

A Ordem está a identificar balcões e as pessoas que “aliciaram os empresários”, tal como os próprios empresários. As provas serão encaminhadas para o Ministério Público (MP) “até ao final do mês”.

O Ministério da Economia disse, ao Observador, que só soube da denúncia pela imprensa e que espera pela investigação.

Banca desconhece ilegalidades

O jornal ECO apurou na terça-feira que as instituições financeiras desconhecem qualquer prática ilegal denunciada pela Ordem dos Contabilistas Certificados.

A Associação Portuguesa de Bancos garantiu que o setor cumpre a lei e afirmou que, se houver quaisquer atos isolados de colaboradores bancários, estes devem ser alvo de “análise”, caso se afastem das normas de conduta.

Segundo o ECO, a Caixa Geral de Depósitos (CGD) disse não ter “conhecimento deste tipo de comportamentos”. Já o Novo Banco reiterou que “desconhece este assunto em absoluto”.

O BCP adiantou que “em nenhuma circunstância recomenda aos clientes atuações que não estejam em conformidade com a lei ou que a visem contornar”. “As atuações como a referida pela senhora bastonária da OCC seriam inaceitáveis e prejudicariam os clientes e o banco”, afirmou.

O Montepio disse que, “no momento em que se verificarem quaisquer indícios, agirá em conformidade” e explicou que “tem mecanismos de controlo interno que visam prevenir e atuar sobre eventuais falhas que surjam na organização, numa perspetiva de controlo e melhoria de qualidade”.

O Santander Totta e o BPI também foram contactos pelo ECO, mas não responderam até à data da publicação da notícia.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. ‘e bom que comecam a pensar no futuro das novas geracoes e nao roubar rouber…. precisa-se mais transparecia e disponibilidade de informcao….

RESPONDER

Equador retira nacionalidade ao fundador da Wikileaks, Julian Assange

O governo equatoriano revogou a decisão de 2018 devido a incongruências burocráticas. O advogado de Assange já disse que vai recorrer e que a decisão foi tomada sem o fundador da Wikileaks ser ouvido. O Equador …

Os primeiros resultados dos Censos: Portugal perdeu população pela primeira vez desde 1970

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou, esta quarta-feira, os primeiros resultados dos Censos 2021, cujas respostas por via digital ultrapassaram os 99%. Portugal tem hoje 10.347.892 residentes, menos 214.286 do que em 2011, segundos os …

Portugueses esperam quase até aos 40 para comprar casa

Um barómetro que avalia a preferência dos consumidores na hora de comprar um imóvel indica que a maioria dos portugueses só liquida o crédito à habitação após a reforma. O indicador destaca ainda que os portugueses …

Moedas fecha lista para a Câmara de Lisboa

O candidato à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, já fechou a equipa que o vai acompanhar nas próximas autárquicas. O anúncio de que a lista de Carlos Moedas para a Câmara de Lisboa está fechada será …

Abaixo-assinado apelida Bolsonaro de genocida após 550.000 mortes no Brasil

Dezenas de personalidades e organizações da sociedade civil portuguesa subscreveram um abaixo-assinado de solidariedade internacional para com o Brasil, no qual apelidam o Presidente, Jair Bolsonaro, de "genocida" após mais de 550.000 mortes devido à …

Jovens com 18 ou mais anos já podem agendar a vacina contra a covid-19

O autoagendamento da vacina contra a covid-19 para pessoas com 18 ou mais anos ficou disponível, esta quarta-feira, no portal da Direção-Geral da Saúde (DGS). "O auto-agendamento para os utentes com idade igual ou superior a …

Juiz Carlos Alexandre aceita proposta de pagamento de caução de Joe Berardo

O juiz Carlos Alexandre aceitou, esta quarta-feira, a proposta e a forma de pagamento da caução de cinco milhões de euros apresentada pelo empresário madeirense no processo da Caixa Geral de Depósitos. A decisão favorável do …

Mais 13 mortes e 3452 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, esta quarta-feira, mais 13 mortes e 3452 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3452 novos …

MPT junta-se a PDR e pedem que Nós, Cidadãos! seja banido das autárquicas pelo TC

O MPT juntou-se ao PDR e ambos pedem que o Nós, Cidadãos! seja impedido de "apresentar candidaturas" às eleições autárquicas de setembro. Em junho, o PDR deu entrada com um pedido no Tribunal Constitucional (TC) para …

Relatório revela envolvimento da Igreja Católica em 100 casos de pedofilia na Polónia

Uma comissão estatal que analisou as denúncias de crimes de pedofilia registadas na Polónia entre 2017 e 2020 denunciou na terça-feira que quase um terço dos casos estudados, num total superior a 300 processos, envolvem …