Senadora democrata Kamala Harris entra na corrida para as presidenciais norte-americanas

A senadora Kamala Harris anunciou esta segunda-feira a intenção de concorrer ao lugar de candidata Democrata nas eleições presidenciais dos EUA em 2020.

Kamala Harris, de 54 anos, foi a primeira mulher a ocupar o lugar de procuradora-geral da Califórnia, antes de se tornar a primeira senadora de origem indiana e afro-americana, em janeiro de 2017.

“Eu amo o meu país e este é o momento em que sinto a responsabilidade de lutar por quem somos”, disse Harris, na sua declaração de intenção de candidatura, através das redes sociais.

“Verdade, justiça, decência, igualdade, liberdade, democracia – estas não são meras palavras, são os valores que nós, americanos, apreciamos, e que agora estão em risco”, disse Harris, para justificar a sua decisão.

Kamala Harris, filha de imigrantes da Jamaica e da Índia, é descrita como uma estrela em ascensão dentro do partido e uma das mais destacadas críticas das políticas de imigração do Presidente Donald Trump.

A ex-procuradora entra na corrida com o trunfo de poder vir a ser a candidata democrata que mais se parece com uma base eleitoral democrata cada vez mais diversificada: jovem, mulher e membro de uma minoria.

“Este é o momento em que sinto a responsabilidade de me levantar e lutar pelo melhor de quem somos”, disse Kamala Harris no programa Good Morning America, da ABC, ao anunciar a sua candidatura.

A candidata afirma que a sua campanha focar-se-à em questões como o custo de vida, as políticas de imigração, a justiça criminal e o sistema de saúde norte-americano. A senadora tem apelado a um acordo para proteger da deportação os imigrantes que foram trazidos para o país ilegalmente quando crianças, um grupo conhecido como Sonhadores.

Sob o slogan “para o povo”, Harris anunciou a sua candidatura num dia em que é feriado, em que se comemora a memória de Martin Luther King, ativista dos direitos civis.

Kamala Harris junta-se às senadoras Elizabeth Warren e Kirsten Gillibrand, bem como ao do ex-secretário da Habitação Julián Castro, na corrida Democrata para uma candidatura presidencial em 2020.

Mas também o senador Bernie Sanders – que foi o principal adversário de Hillary Clinton nas mais recentes primárias Democratas – e o ex-vice-Presidente dos EUA Joe Biden são nomes falados para essa corrida.

O vencedor das primárias Democratas deverá enfrentará o atual Presidente, o Republicano Donald Trump, que já anunciou sua intenção de concorrer à reeleição.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Caixas mistério" com animais de estimação geram indignação na China

Uma nova moda conhecida como "caixa mistério" ganhou popularidade na China. O método consiste em fazer uma encomenda através da internet e é enviada, pelo correio, uma caixa com um animal de estimação. Estas encomendas estão …

Arquivos da polícia do Estado Islâmico revelam como era a vida sob o califado

Arquivos da polícia do Estado Islâmico, conhecida como shurta, revelam como era a vida sob o califado. Os polícias eram tão bem pagos que não podiam ser subornados. Não é sempre que os regimes mirram …

Barco português detido por ancorar ilegalmente em águas da Malásia

Um navio mercante registado em Portugal está retido na Malásia por ter alegadamente ancorado em águas territoriais do país sem autorização, avançou esta sexta-feira a Guarda Costeira malaia. Num comunicado, Nurul Hizam Zakaria, diretor da agência …

”Eficácia e qualidade”. OMS aprova vacina chinesa da Sinopharm

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, esta sexta-feira, o uso de emergência da vacina chinesa contra a covid-19 da Sinopharm. Trata-se da primeira vacina desenvolvida pela China a ser aprovada pela organização, lembra a agência …

Sem estado de emergência não pode haver confinamento de pessoas saudáveis

O constitucionalista Jorge Reis Novais defendeu hoje que sem estado de emergência que suspenda a garantia do artigo 27.º da Constituição não pode haver confinamento de pessoas saudáveis, até uma eventual revisão constitucional. Por outro lado, …

"Neuro-direitos". O Chile quer proteger os seus cidadãos do controlo da mente

O Chile quer tornar-se o primeiro país a proteger as pessoas do controlo da mente, à medida que a capacidade de mexer com cérebros se aproxima cada vez mais da realidade. O senador Guido Girardi está …

Emprego, formação e pobreza. Cimeira Social marca "o mais ambicioso compromisso" da UE

A Cimeira Social arrancou, nesta sexta-feira, no Porto, com a presença de 24 dos 27 chefes de Estado e de Governo da UE, num evento que pretende definir a agenda social da Europa para a …

"Uma cena da Idade Média". Refugiado encontrado morto e cercado de ratos em acampamento grego

O jovem, proveniente da Somália, foi encontrado morto dentro de uma tenda no início desta semana. No momento em que as autoridades chegaram ao local, cerca de 12 horas após a morte do rapaz, o …

Coreia do Norte alega que a covid-19 poderia flutuar em balões vindos do Sul

A Coreia do Norte pediu aos seus cidadãos que não leiam panfletos de propaganda enviados através de balões do Sul, alegando que a covid-19 poderia entrar no país através das gotículas. De acordo com a agência …

Autoagendamento a partir dos 60 anos deve arrancar no final da próxima semana

O autoagendamento para a vacinação contra a covid-19 deverá passar a contemplar as pessoas a partir dos 60 anos, em vez dos atuais 65, já no final da próxima semana, adiantou hoje à Lusa fonte …