Deixe o pão em casa. A Ciência explica como alimentar patos

mike18656156590 / Pixabay

Tal como para os humanos, uma dieta equilibrada é importante para os animais selvagens. As grandes quantidades de pão que as pessoas costumam dar às aves selvagens podem ser bem-intencionadas, mas também lhes podem estar a fazer mal.

Alimentar aves selvagens significa que precisam de gastar menos tempo à procurar de comida, o que lhes permite aumentar a sua força e produzir mais pintainhos.

Porém, isso também pode tornar os pássaros dependentes da comida que os humanos fornecem e causar desnutrição, uma vez que o valor nutricional dos alimentos processados provavelmente difere muito da sua dieta natural.

Ao encorajar os pássaros a reunirem-se em torno de uma fonte de alimento, também aumenta o risco de transmissão de doenças.

Uma equipa de investigadores decidiram estudar as aves que vivem em sete áreas públicas em Amsterdão, incluindo praças e parques, para perceber como alimentar patos e outras aves selvagens afetava a sua saúde.

Os cientistas examinaram que tipo de comida as pessoas davam aos animais e compararam o seu valor nutricional com as necessidades nutricionais que se espera para cada espécie.

Deixe o pão em casa

Segundo os investigadores, o pão era – de longe – a escolha mais popular oferecida às aves selvagens, representando dois terços do total. A maioria das pessoas alimenta os pássaros para não desperdiçar pão ou sobras de refeição, mas, para os pássaros, é a pior opção.

O valor nutritivo do pão não corresponde às necessidades das aves selvagens. É deficiente em aminoácidos, ácidos gordos e várias vitaminas e minerais, mas cheio de hidratos de carbono e sal.

Mas como deve alimentar as aves selvagens? A melhor opção, segundo os cientistas, são sementes de pássaro, mas apenas em quantidades limitadas. Sementes e nozes são uma boa escolha devido ao seu alto valor nutricional. São ricos em gordura com um alto nível de ácidos gordos essenciais, o que significa que é aconselhável alimentar os pássaros apenas com pequenas quantidades.

Vegetais – como milho doce, alface e ervilhas – e frutas – pedaços de maçã e banana – são uma boa fonte de fibra e água e fornecem vitaminas essenciais. A desvantagem é que grandes quantidades podem causar problemas de estômago, especialmente frutas, mas também vegetais ricos em hidratos de carbono, como cenouras.

O arroz, cozido e cru, também não é uma escolha má. Fornece uma boa fonte de energia, mas tem um valor nutricional bastante baixo. Alimentar pássaros com grandes quantidades de arroz pode resultar em deficiências de outros nutrientes. Também é importante dar apenas arroz puro. Muito arroz cru pode causar dor de estômago aos patos, uma vez que reage com a água no intestino. No entanto, arroz cru é seguro em pequenas doses.

As sobras dos alimentos processados, como batatas fritas e crostas de pizza, dão aos pássaros o mesmo que aos humanos: muita energia, mas com muito pouca nutrição.

Os patos devem comer principalmente verduras do seu próprio ambiente, como erva, bem como pequenos peixes e sapos.

Os investigadores aconselham a não superalimentar as aves. Se muita gente alimentassem os patos com pequenas quantidades de um determinado alimento, podem acabar por comer demais, portanto, a variedade é fundamental.

Este estudo foi publicado em setembro na revista científica Journal of Animal Physiology and Animal Nutrition.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Estas pessoas não estão a alimentar patos ou pombos ou outro animal, neste contexto. Ou pelo menos não será esse o objetivo. Querem é alimentar o próprio ego. Não passa de um momento de lazer, uma actividade fora de casa culturalmente disseminada. Esse é o verdadeiro objectivo.

RESPONDER

Especialistas preveem mais birras e frustrações nas crianças durante o novo confinamento

A falta das brincadeiras e da socialização, aliadas a um aumento da exposição aos ecrãs, podem originar mais birras, desentendimentos e frustrações das crianças e jovens que regressam a casa para um novo confinamento, asseguram …

Musk oferece prémio de 100 milhões por tecnologia para capturar carbono

Elon Musk lançou um novo desafio: O CEO da Tesla e da SpaceX vai oferecer um prémio de 100 milhões de dólares a quem projetar uma tecnologia eficaz de captura de carbono. Elon Musk sabe que, …

PSP multou 406 pessoas (e deteve 16) este fim de semana

A PSP deteve, durante o passado fim de semana, 16 pessoas e multou 406 por incumprimento do dever geral de recolhimento, num total de 621 operações de fiscalização. Dos detidos, “dez foram por desobediência ao …

SpaceX envia recorde de 143 satélites e cinzas humanas num único foguete

A SpaceX enviou no domingo um recorde de 143 satélites num único foguete, como parte do novo programa de carga partilhada entre empresas a um custo mais baixo, entre elas a funerária Celestis, que mandou …

Viagens de residentes caíram 84,8% para fora e 18,5% em Portugal no 3.º trimestre de 2020

As viagens turísticas de residentes em Portugal diminuíram 84,8% com destino ao estrangeiro e 18,5% em território nacional, no terceiro trimestre de 2020, em termos homólogos, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE). Segundo as …

Santander encerrou 60 balcões em 2020 e prevê fechar mais 30 até março

O Santander encerrou 60 balcões em 2020 e estima fechar mais cerca de 30 este trimestre, numa adaptação ao modelo de negócio que diz obrigatória para sobreviver. A Comissão Executiva do Santander, que assina a carta enviada …

Instituto Pasteur interrompe desenvolvimento de vacina

O Instituto Pasteur anunciou esta segunda-feira ter parado o desenvolvimento do seu principal projeto de vacina contra a covid-19, porque os primeiros ensaios demonstraram ser menos eficaz do que se esperava. Um outro agente francês, o …

Maduro anuncia "gotas milagrosas" 100% eficazes contra a covid-19

Este domingo, o Presidente venezuelano Nicolás Maduro apresentou um suposto medicamento desenvolvido no país que descreveu como "gotas milagrosas", 100% eficazes contra a covid-19. O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apresentou este domingo umas gotas que …

Associação de Juízes pede urgência na aprovação de lei sobre suspensão de prazos processuais

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) pediu esta segunda-feira ao Governo e ao parlamento a "maior urgência" na aprovação da proposta de lei que determina a suspensão dos prazos nos processos judiciais não urgentes. Segundo …

Marisa Matias e João Ferreira ficam sem subvenção pública

As candidaturas de João Ferreira e Marisa Matias não vão receber a subvenção pública para financiar as suas campanhas eleitorais, uma vez que ficaram abaixo dos 5%, a fasquia imposta pela lei para ter acesso …