Curiosity está de volta à exploração marciana (e tem um “cérebro” novo)

NASA/JPL-Caltech

Curiosity, a sonda marciana da NASA, percorreu cerca de 60 metros durante o fim de semana em direção ao Lago Orcadie, aumentando a sua odometria total para 20 quilómetros.

Com cerca de 900 quilos, o rover chegou à cratera Gale, em Marte, em agosto de 2012. Depois de percorrer o piso rico em sedimentos da cratera, a Curiosity alcançou o Monte Sharp, onde procurava vestígios do passado do Planeta Vermelho nas suas encostas.

Este foi o trajeto mais longo já realizado pelo rover desde que enfrentou um anomalia na memória no passado mês de setembro. Tal como relata a NASA, as operações da sonda foram no mês de outubro transferidas para uma memória externa – um computador de reserva apelidado de Side-A.

Volvidas mais de duas semanas de operações científicas, e agora recorrendo a este computador A, a missão marciana volta ao trabalho.

Os relatórios da agência espacial norte-americana revelam ainda que a equipa pretende definir um novo alvo exploratório ainda esta semana. Apesar de já estar funcional, a equipa de engenheiros da Curiosity continua a identificar uma a anomalia no computador Side-B (o computador principal com memória a longo prazo).

Como muitas das naves espaciais da NASA, a Curiosity foi projetada com dois computadores – neste caso, o computador Side-A e  o Side-B -, de forma a que as operações exploratórias possam ser continuadas mesmo que ocorra uma falha.

Depois de analisar várias opções, os engenheiros ordenaram que o rover mudasse do lado B para o A, o computador que o rover utilizou inicialmente após o pouso. Esta alteração vai permitir que a equipa faça um diagnóstico mais detalhado do problema técnico que está a impedir a memória principal do rover armazenar informação.

A Curiosity está funcional e recebe os comandos da equipa, mas continua a enviar dados limitados que são armazenados na memória a curto prazo.

“Neste momentos, estamos confiantes de que voltaremos às operações completas, mas ainda é cedo para dizermos em quanto tempo”, disse Steven Lee, um dos cientistas responsáveis pela sonda. “Estamos a operar a partir do Side A, mas pode levar algum tempo para perceber por completo a causa na raiz do problema e planear soluções alternativas para a memória no Side B”.

“É certamente possível executar a missão no computador Side-A, se for realmente necessário. Mas nosso plano é voltar para o Side B assim que pudermos, consertando o problema para que possamos utilizar a memória memória maior”, rematou.

A Curiosity é a sonda “irmã” da Opportunity, outro rover exploratório que mora no Planeta Vermelho. A Opportunity, contudo, enfrenta problemas maiores, estando “adormecida” em Marte há vários meses. A NASA espera agora que os ventos marcianos ajudem a limpar a poeira dos painéis solares do rover, ativando-o novamente.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A Curiosity não é a sonda “irmã” da Opportunity. A sonda “irma” da Opportunity é a Spirit que está inactiva desde 2010.

Ex-aliada de Bolsonaro denuncia grupo difusor de notícias falsas ligado ao Presidente

A deputada brasileira Joice Hasselmann, ex-líder do Governo de Jair Bolsonaro no congresso, denunciou na quarta-feira a atuação de um grupo difusor de "fake news" (notícias falsas) ligado ao atual Presidente, Jair Bolsonaro, e que …

Banco BiG: EUA e China vão chegar a acordo, mas não será duradouro

No "Outlook" para 2020, os analistas do banco BiG defendem que será improvável que Estados Unidos e China cheguem a um consenso suficiente para reverter as taxas aduaneiras impostas. De acordo com os analistas do banco …

Alemanha expulsa dois diplomatas russos. Rússia vai tomar medidas

Dois diplomatas russos, acusados pelo Ministério Público alemão de falta de cooperação na investigação de um homicídio, foram expulsos da Alemanha. A Rússia já reagiu e avisou que tomará medidas. Esta quarta-feira, a Alemanha expulsou "com …

Segurança Social demora quase cinco meses a pagar pensões

Em 2018, os beneficiários da Segurança Social tiveram de esperar, em média, 147 dias - cerca de cinco meses -, entre o dia que se aposentaram e o momento que começaram a receber a pensão …

Empresas fechadas e 28 mil despedimentos. Setor têxtil pode atravessar crise

Até 2025, a indústria têxtil em Portugal pode ver um terço das empresas a fecharem e 28 mil trabalhadores a serem despedidos. Este é o pior cenário equacionado no setor nos próximos anos. O setor da …

Ministério Público arquiva queixa de Aguiar-Branco contra Ana Gomes por difamação

Aguiar Branco tinha levantado um processo de difamação a Ana Gomes por declarações sobre alegadas ligações entre o seu escritório de advogados e o grupo Martifer. O Ministério Público (MP) arquivou a queixa apresentada pelo ex-ministro …

66 louvores a funcionários. Centeno é o ministro mais "agradecido" de todo o Governo

Mário Centeno e os seus secretários de Estado publicaram em Diário da República 66 louvores. O seu gabinete garante que não há qualquer significado político associado - nem mesmo uma despedida anunciada. O louvor é dado …

Os glaciares da Nova Zelândia estão a mudar de cor

À medida que o Hemisfério Sul entra no verão, acontece uma temporada catastrófica de incêndios florestais na costa leste da Austrália. Há casas destruídas, coalas a morrer e um fumo espesso que cobre o estado …

Não se irrite. Fisco vai comunicar de forma mais clara

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai lançar um serviço de apoio e defesa ao contribuinte que usará uma linguagem mais simples e clara. A alteração é inspirada num modelo britânico. A Autoridade Tributária e Aduaneira vai …

Juiz Rui Rangel justificou ganhos com direitos de autor de programa televisivo

O juiz afirmou, perante o plenário do Conselho Superior da Magistratura, que os ganhos fora da magistratura correspondiam a direitos de autor de um programa na televisão. O juiz Rui Rangel, que foi demitido da magistratura esta …