Supremo condena cunhado do rei de Espanha a 5 anos e 10 meses de prisão

O cunhado do rei Filipe VI de Espanha, Iñaki Urdangarin, foi condenado a uma pena de prisão de 5 anos e 10 meses por crimes de corrupção. A pena foi reduzida pelo Supremo Tribunal de Espanha na passada terça-feira.

No ano passado, a Justiça espanhola já tinha condenado Iñaki Urdangarin nos tribunais de primeira instância a mais de seis anos de prisão por corrupção. Segundo a RFI, o antigo campeão olímpico de andebol foi acusado de ter desviado mais de 6 milhões de euros dos cofres públicos, entre 2004 e 2006.

A redução da pena acordada pelo Supremo deve-se à absolvição do cunhado do rei de Espanha do crime de falsificação de documento público cometido por um funcionário, uma vez que o seu envolvimento não ficou provado, avança o Jornal de Notícias.

Segundo o inquérito, o marido da infanta Cristina de Borbón, sócio do instituto Noos – uma fundação sem fins lucrativos – utilizava a sua posição para obter licitações nas regiões de Maiorca e Valença, sendo também acusado de peculato, evasão fiscal e tráfico de influências.

O “Caso Noos”, que surgiu em 2011, afetou seriamente a imagem da família real espanhola, acelerando a abdicação, em 2014, do rei Juan Carlos, e a coroação do seu filho mais velho, Felipe VI.

Urdangarin provavelmente será preso nos próximos dias, embora ainda possa recorrer da sentença para o Tribunal Constitucional.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Em Espanha nem a Realeza se safa… !
    Por cá os bandidos e corruptos estão todos bem, obrigado !
    Agora vão de férias …

RESPONDER

Setenta anos depois, teste de ADN reúne mãe e filha pela primeira vez

Genevieve achava que a sua bebé recém-nascida tinha morrido no parto. Mas não: foi adotada por uma família da Califórnia que lhe mentiu sobre as origens. Agora conheceram-se graças a um teste de ADN. Quase 70 …

Arcebispos de Barcelona ajudaram padre acusado de abusos a fugir à polícia

O padre Senabre, acusado de ter abusado de um menor de 13 anos, esteve desaparecido por mais de 25 anos. Foi agora encontrado no Equador e o seu caso está a ser investigado pelo Vaticano …

Problemas de direitos humanos persistem em Portugal apesar dos progressos

O mais recente relatório da Amnistia Internacional sobre direitos humanos indica que em Portugal “ainda persistem” desigualdades no acesso a habitação condigna, e diferentes formas de discriminação de pessoas e comunidades mais vulneráveis. O documento divulgado …

Theresa May adia votação do Brexit

A primeira-ministra britânica, Theresa May, confirmou, esta segunda-feira à tarde, perante o parlamento britânico, que será adiada a votação do acordo do Brexit agendada para esta terça-feira, dia 11. A decisão da primeira-ministra britânica procura evitar …

"Lobisomem da Sibéria". Maior assassino em série da Rússia era polícia e matou 78 mulheres

Um ex-polícia russo, já condenado a prisão perpétua pela morte de 22 mulheres, foi sentenciado esta segunda-feira na Sibéria por mais 56 homicídios, o que o torna no maior assassino em série da história recente …

Mais de 20 comboios vão ser suprimidos no Natal e Ano Novo

Mais de duas dezenas de ligações ferroviárias, entre Intercidades e Alfa-Pendulares, serão suprimidas nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro de 2019, à semelhança de anos anteriores, devido à fraca …

Catalães devem seguir a via eslovena e estar "dispostos a tudo" para alcançar independência

Quim Torra disse este sábado que os catalães devem seguir o exemplo do processo de independência da Eslovénia e estar "dispostos a tudo". O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, disse este sábado que …

"Injustiça fiscal." Governo rejeita alterar IRS para salários de anos anteriores

O Governo recusou aceitar uma recomendação da Provedora de Justiça que pedia ao Executivo para atualizar o regime de IRS para rendimentos relativos a anos anteriores. No início de outubro, a Provedora da Justiça escreveu a …

Oito anos depois, pensionistas recebem subsídio de Natal por inteiro

Oito anos depois, os pensionistas recebem esta segunda-feira o subsídio de Natal por inteiro, sem cortes e no mês de dezembro. A maioria dos pensionistas da Segurança Social começa esta segunda-feira a receber a pensão de …

Carlos Ghosn, ex-presidente da Renault-Nissan, acusado por ocultar rendimentos

O Ministério Público japonês acusou oficialmente o ex-presidente da Nissan de ocultar rendimentos da empresa durante um período de cinco anos. De acordo com a agência Kyodo e o canal público NHK, o Ministério Público responsabiliza …