“Não acredito que cumpra as nossas leis”. Trump diz que voto por correspondência é “inapropriado”

Donald Trump

O Presidente dos Estados Unidos (EUA) disse que é “inapropriado” os estados levarem vários dias a contar os votos por correspondência, defendendo que o vencedor deve ser declarado na noite das eleições.

“Seria muito, muito apropriado e bastante agradável que o vencedor fosse declarado a 03 de novembro, ao invés de estarem a ser contados votos durante duas semanas, o que é totalmente inapropriado, e eu não acredito que isso cumpra as nossas leis”, indicou Donald Trump na terça-feira à noite, citado pelo Público.

Mais de 70 milhões de norte-americanos já votaram antecipadamente, de forma a evitar grandes aglomerações no dia das eleições, a 03 de novembro.

Até agora, registaram-se mais de 46 milhões votos por correspondência. O elevado número de votos por essa via torna cada vez mais provável que o vencedor não seja declarado na noite eleitoral, visto que a contagem total pode levar vários dias. Segundo o Washington Post, os especialistas esperam que 50 a 70% dos votos sejam por este método.

A contagem dos votos varia de estado para estado, a velocidades diferentes, com alguns a começarem a contagem apenas depois do encerramento das urnas.

Com o voto antecipado a ser principalmente procurado por democratas, Trump tem insinuado que este método leva a um aumento da fraude, apesar de os estudos nesta área indicarem que os casos de irregularidades são residuais.

Na segunda-feira, depois de Trump ter insinuado que existem “grandes problemas e discrepâncias com o voto por correspondência em todos os EUA”, o Twitter sinalizou a publicação, referindo que os conteúdos da mesma “são contestáveis e podem ter informações incorretas sobre como participar numa eleição”.

Trump fez campanha em três estados na terça-feira – Nebraska, Wisconsin e Michigan, os dois últimos estados que conquistou aos democratas em 2016. No Wisconsin, disse que “estas eleições são uma questão de sobrevivência económica” e apelou ao voto das mulheres dos subúrbios.

Joe Biden fez campanha na Georgia – onde os democratas não vencem desde 1992. “Estou a concorrer como um democrata orgulhoso, mas vou governar como um Presidente americano. Vou trabalhar com os democratas e com os republicanos. Vou trabalhar com quem gosta e com quem não gosta de mim”, referiu.

“Esta é a nossa oportunidade para sairmos da escuridão, das políticas agressivas dos últimos quatro anos. De escolhermos a esperança em vez do medo. A unidade em vez da divisão”, sublinhou. “Sim, podemos restaurar a nossa alma e salvar o nosso país”, frisou.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Dezenas de pessoas" da comitiva de Putin infetadas com covid-19

O Presidente russo, Vladimir Putin, informou que dezenas de pessoas da sua comitiva testaram positivo para o coronavírus, doença que afetou mais de 7 milhões de habitantes no país. Putin entrou em isolamento no início desta …

Uber investe 90 milhões em novo ‘hub’ e sede em Lisboa e espera contratar mais 200 pessoas

A Uber está a investir 90 milhões de euros num novo ‘hub’ e sede de operações em Lisboa, hoje inaugurados, criando mais de 400 empregos diretos e pretendendo contratar mais 200 pessoas até final do …

Máscara nos espaços fechados e eventual terceira dose em massa - as conclusões da reunião no Infarmed

Terminou há momentos a reunião do governo com especialistas no Infarmed sobre o balanço da evolução da pandemia e as recomendações das medidas que devem ser adoptadas nesta nova fase. A reunião começou com as …

"Cruzeiro espacial" da SpaceX com quatro civis já está em órbita

Voo espacial terá a duração de três dias e cada um do seus tripulantes (quatro civis) terá uma tarefa na missão. Ainda assim, viagem tem um objetivo nobre e social. Passo a passo, Elon Musk parece …

Líder do PAN faz queixa no Ministério Público depois de ser ameaçada de morte

A deputada mostrou no Twitter o tipo de insultos e ameaças que tem recebido e avisa que não se vai calar ou permitir que o desrespeito continue. Inês Sousa Real foi insultada e ameaçada nas redes …

Árbitro foi muito "benévolo" com o FC Porto

O golo de Taremi e a expulsão de Mbemba originaram protestos portugueses. Os espanhóis têm uma visão diferente. O Atlético de Madrid-FC Porto contou com duas boas equipas em campo e uma "que esteve menos bem", …

Buraco na camada de ozono ultrapassa o tamanho da Antártida

A dimensão do buraco na camada de ozono no hemisfério sul ultrapassou o tamanho da Antártida, continente com cerca de 14 milhões de quilómetros quadrados, anunciou hoje o serviço europeu Copernicus, de monitorização da atmosfera. “O …

Políticos e especialistas querem legalizar canábis (com impostos para prevenir o consumo)

Um grupo de 65 personalidades, entre especialistas médicos e ex-ministros, apela à legalização da canábis, considerando que é a melhor forma de prevenir o consumo desta droga, nomeadamente através dos impostos aplicados ao sector. Esta carta …

Mais 1062 casos e seis mortes por covid-19. Internamentos continuam em queda

Há actualmente 497 doentes internados, menos 30 pessoas do que no último balanço. Mais seis pessoas morreram de covid-19 nas últimas 24 horas. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais seis mortes e mais 1062 casos …

Crescimento sustentado da economia dá margem ao Governo nas negociações para OE

Governo tem a seu favor uma evolução positiva das receitas fiscais, o que lhe deverá permitir metas mais ambiciosas de redução do défice ou, em alternativa, assumir mais medidas com impacto negativo no orçamento. O crescimento …