CTT cortam 800 postos de trabalho e funcionários entram em greve

Mika Stetsovski / Flickr

Os CTT preveem reduzir cerca de 800 pessoas nas operações da empresa ao longo de três anos, devido à queda do tráfego do correio, de acordo com o Plano de Transformação Operacional hoje divulgado.

Este plano de reestruturação, que inclui a redução das remunerações da administração, estima “uma potencial redução de cerca de 800 trabalhadores a tempo inteiro nas operações ao longo de três anos, em consequência da queda do tráfego do correio, de um total de 6.700 efetivos”, dos quais 6.200 efetivos e perto de 500 contratados a termo, referem os CTT em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Os gastos totais estimados, não recorrentes, são de 25 milhões de euros. No âmbito da otimização de recursos humanos, os CTT querem continuar a “eliminação de redundâncias”.

Do objetivo anteriormente anunciado de reduzir cerca de 200 trabalhadores, 140 já aceitaram sair da empresa até final deste ano, sendo que os gastos estimados são de 14 milhões de euros.

Além disso, o Plano de Transformação Operacional dos CTT prevê também a redução de 25% da remuneração fixa do presidente do Conselho de Administração, António Gomes Mota, e do presidente executivo, Francisco de Lacerda, anunciaram hoje os Correios.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os CTT adiantam que está prevista a redução de 15% da remuneração fixa para os restantes membros executivos e não executivos do Conselho de Administração em 2018, face aos níveis atuais.

Não haverá lugar a remuneração variável para a Comissão Executiva referente a 2018, nem em 2017″, afirmam os CTT, referindo que também se aplica a “limitação dos aumentos salariais não obrigatórios para os colaboradores” no próximo ano.

Está também prevista uma “forte redução da remuneração variável dos colaboradores referente a 2017″, acrescentam.

O plano também prevê uma redução dos gastos com fornecimentos e serviços externos (FSE), cujo objetivo de poupança anual até 2020 é de seis a sete milhões de euros.

Além da redução de 800 colaboradores em três anos, os CTT pretendem ainda racionalizar ativos não estratégicos (mais ou menos 30 propriedades), “poupando gastos associados com os mesmos”. Os CTT estimam receitas relativas ao encaixe de 12 a 13 milhões de euros, sendo que o valor contabilístico atual é de seis milhões de euros.

“O Plano de Transformação Operacional abrange uma grande parte da estrutura de gastos dos CTT e todas as categorias do mesmo”, acrescentam.

Os Correios de Portugal querem ainda otimizar a cobertura da rede de lojas através da conversão de lojas em postos de correio ou fecho daquelas com pouca procura por parte dos clientes, com gastos estimados de 15 milhões de euros (não recorrentes). Neste âmbito, a poupança anual estimada ronda os seis/sete milhões de euros.

Os CTT garantem, contudo, a “manutenção do número de pontos de acesso, assegurando a proximidade com os cidadãos, qualidade do serviço e as obrigações regulatórias”.

Trabalhadores dos CTT em greve antes do Natal

Os trabalhadores dos CTT vão estar em greve na quinta e na sexta-feira por melhores condições de trabalho e pela manutenção dos empregos, numa altura em que foi anunciada a redução de 800 postos de trabalho.

Fernando Ambrioso, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações, filiado na CGTP, disse à agência Lusa que “a paralisação deverá ter uma forte adesão, tendo em conta a mobilização demonstrada pelos trabalhadores nos locais de trabalho”.

O sindicalista prevê que a correspondência fique por distribuir nos dois dias da greve.

“Mas a população vai notar sobretudo os efeitos na distribuição do correio azul, dado que o correio normal já está a ser distribuído com muito atraso”, disse.

Fernando Ambrioso salientou que a redução de pessoal nos CTT tem levado à sobrecarga dos restantes trabalhadores e à degradação do serviço prestado.

A paralisação foi também convocada pelo Sindicato Democrático dos Trabalhadores dos Correios, Telecomunicações, Media e Serviços (SINDETELCO), filiado na UGT, e pelo SINQUADROS – Sindicato de Quadros das Comunicações.

Na prática, a greve de dois dias começa ainda hoje à noite dado que vários grupos de trabalhadores do centro de tratamento de correio de Cabo Ruivo, em Lisboa, iniciam o seu turno às 22:00 e às 23:00.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Bonito serviço!!
    Os CTT funcionavam bem e davam lucro, mas o governo anterior resolveu privatizar (não se sabe bem para servir os interesses de quem – mas certamente que não foi para servir o interesse do país nem dos portugueses!) e o resultado esta vista: pior serviço, mais caro e com despedimentos/fecho de estações anunciados!
    É o mercado a funcionar: ficaram com a “carne” (banco CTT, etc) e estão a deixam os “ossos” para o país/portugueses!!
    É nacionalizar os CTT e responsabilizar os bandidos que fizeram mais esta negociata que só prejudicou o país!!

  2. Sempre que vou a uma estação de correios, seja em que cidade for, tenho sempre a sensação de que precisam de mais funcionários!… sempre filas e lentidão no atendimento, e em 5 balcões, no máximo estão 3 a trabalhar…

RESPONDER

Ativista brasileiro vê semelhanças na chegada ao Parlamento de Ventura e Bolsonaro

O ativista brasileiro Anderson França encontra semelhanças na chegada ao Parlamento de André Ventura, em Portugal, e de Bolsonaro à Câmara dos Deputados, no Brasil, e recomenda que esta nova presença seja estudada e levada …

"Repetitivo e confuso". Acordo para o Brexit não será votado hoje

John Bercow, presidente da Câmara dos Comuns, recusou que o Parlamento britânico votasse esta segunda-feira o acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia. Bercow considerou que não estavam reunidas as condições para que …

Pérola com 8 mil anos vai estar em exposição pela primeira vez

O Louvre Abu Dhabi, nos Emirados Árabos Unidos, vai ter uma pérola com 8 mil anos em exposição. Considerada como a mais antigo do mundo, será a primeira vez que vai ser exibida ao público. A …

Anúncios para crianças vão banir alimentos com mais açúcar, sal e gorduras

A publicidade a alimentos com elevado teor de açucar, sal e gordura como os chocolates, barras energéticas e refrigerantes, está proibida a partir de hoje num raio de 100 metros das escolas e em programas …

Eleições em Moçambique. Dirigente local da oposição e marido abatidos a tiro

Uma dirigente local da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), maior partido da oposição, e o seu marido foram abatidos a tiro por desconhecidos no interior de Moçambique, sendo o mais recente caso conhecido de homicídio de …

Johnson retira lote de pó de talco para bebé (mas insiste que é seguro)

A Johnson & Johnson decidiu mandar retirar um lote de pó de talco para bebé, vendido online nos Estados Unidos, depois de ter contestado várias vezes a existência de vestígios de amianto nos seus produtos. A …

Augusto Inácio abandona comando técnico do Desportivo das Aves

O treinador Augusto Inácio deixou hoje o comando técnico do Desportivo das Aves, informou em comunicado o 18.º e último classificado da I Liga de futebol. "Augusto Inácio já não é treinador do Clube Desportivo das …

"A Google sabe sempre onde são os primeiros surtos de gripe"

Hoje em dia, "há uma tendência para disponibilizar tudo na Internet", o que pode ser perigoso e ter consequências para toda a vida. O alerta é da presidente da Comissão Nacional de Protecção de Dados …

Queda de avião ligeiro causa três mortos no Brasil

Um avião ligeiro caiu hoje na cidade brasileira de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, deixando três mortos e três pessoas feridas, segundo informações do corpo de bombeiros divulgadas pela imprensa local. O acidente aconteceu em …

Austrália pressionada a restituir 5000 milhões de dólares a Timor-Leste

A Austrália deve devolver cinco mil milhões de dólares (4470 mil milhões de euros) a Timor-Leste, defenderam entidades que foram depor num inquérito no Parlamento australiano, responsável por examinar a conduta do país durante as …