/

Cruzeiros vazios no meio do oceano tornam-se destinos turísticos

1

Embarcados num pequeno ferry, turistas dirigem-se até aos locais onde grandes navios cruzeiros estão parados e desertos. Esta foi uma solução encontrada para reavivar o setor.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A pandemia de covid-19 está a fazer com que, genericamente, as pessoas viajem menos. Os navios cruzeiros estão ancorados e vazios na costa, mas uma nova iniciativa pode fazer com que isto mude. O empreendedor inglês Paul Derham decidiu aventurar-se e teve a ideia de oferecer tours a navios ‘adormecidos’.

Em julho, partilhou a ideia no Facebook e prontamente esgotou os dois primeiros cruzeiros numa questão de horas, escreve o The Drive.

A ideia é as pessoas visitarem os cruzeiros sem chegarem a embarcar neles. Os clientes dirigem-se numa pequena embarcação até à beira dos grandes navios, abandonados em pleno Canal da Mancha, e admiram a sua magnitude à distância. O preço da visita guiada é de 25 dólares.

O tour pode incluir uma passeio lenta em torno do Allure e do Aurora, bem como o Royal Caribbean’s Anthem of the Seas e o Jewel of the Seas; P&O’s Arcadia; o Carnival Valor e o Cunard’s Queen Mary 2.

Se antes da pandemia o Allure transportava 7 mil pessoas pelo mar, agora está parado e deserto. O único movimento que tem são os clientes levados por Paul Derham, que circulam o cruzeiro num ferry.

A pandemia atingiu severamente as empresas de cruzeiros, que perdem cerca de um milhar de milhão de dólares por mês.

  ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.