Cruz Vermelha pede desculpa por cartaz racista

A Cruz Vermelha norte-americana está a ser alvo de inúmeras críticas devido a um cartaz de segurança na piscina que considerado racista. a instituição viu-se obrigada a pedir desculpas pelo mal-entendido.

A publicidade institucional pretendia mostrar os atos que estavam corretos ou errados dentro e fora de uma piscina, sensibilizando as crianças para aqueles que seriam os melhores comportamentos a adotar do ponto de vista da segurança.

No desenho com crianças a brincar na piscina, salientava-se com setas aquelas que seriam as formas corretas e incorretas de estar. No entanto, a maioria das crianças às quais é indicado um mau comportamento, como mergulhar do solo ou empurrar outra criança, é negra, enquanto os bons comportamento são apontados a crianças brancas.

A aparente discriminação assumiu proporções tais que a Cruz Vermelha norte-americana retirou o poster do site oficial do organismo, contactou as piscinas para as quais este tinha sido distribuído no sentido de ser retirado e emitiu um comunicado a pedir desculpa.

“Obrigada por nos alertarem sobre o assunto”, lê-se na nota. “Não era nossa intenção ofender ninguém”, realçou o organismo, reafirmado o seu compromisso com a diversidade e inclusão.

A campanha tinha sido lançada com o objetivo de reduzir a taxa de afogamentos nas piscinas em 50 comunidades de risco nos próximos cinco anos, ensinando pelo menos 50 mil pessoas a nadar.

ZAP

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. Parvoíce! Então se forem todos brancos? Isso não é racista também? Só se queixa deste cartaz quem realmente é racista!

      • Por acaso não. Se reparar bem, o rapaz que está com a bebida na mão é branco, estão 2 meninos a correr na piscina e um deles é branco… Por isso, considerar isto racista é puramente absurdo.

      • Ah! E pela utilização do termo “preto” revela claramente que é mesmo racista (pura ignorância porque não existe raças na raça humana – existe sim etnias).

        • Mais ignorante és tu, ROYTHERODGERS, quando referes a raça humana. Que raio de raça é essa e, já agora, a que espécie pertence? Eu conheço a espécie humana. A raça humana de que falas (ironicamente quando chamas ignorante a alguém…) deve ser de uma espécie especial a que pertences. Eu, a julgar pelos teus comentários, fico com uma ideia da espécie de que se trata.

          • Inteligente… Raça humana e espécie humana é a mesma coisa… Infelizmente pareces ser da mesma espécie que eu…

          • Para o ROYTHERODGERS, ao seu comentário em baixo: Ai isso é que não são. A espécie humana é só uma – Homo sapiens. Raça humana não existe. Sei muito bem do que falo e muita gente sabe também. Quem tiver dúvidas, sempre poderá informar-se e depois tirar as conclusões. Numa situação normal nem interferiria, mas vendo os teus comentários, apontando a ignorância a alguns, quando tu próprio nos teus comentários revela ignorância, merece realmente um reparo. Põe de lado esse azedume e ganha vida própria antes que te enterres mais.

    • Pois, como só vês com o olho esquerdo (como outro utilizador chamou a atenção e com muita razão), só consegues ver o que te interessa, não vendo o mais óbvio (e não, não vou explicar….). Mas nós por cá vamos vendo bem a tua personalidade…

      • Por acaso o tipo com a bebida, (que é branco caso a cor laranja lhe dificulte a visão) está do lado direito… Talvez seja você que não quer ver o que não lhe interessa… Não explique não que ainda pode rebentar a única célula cinzenta que lhe resta!… Ou será laranja?
        A sua personalidade? Infelizmente há muitos assim… Pena…
        Nota: vejo que conhece o Sr Manuel Rocha… Dê-lhe os meus cumprimentos!… Melhor… Dê-lhe os seus!
        Por acaso é curioso… Agora há perseguição aos comentadores? Está bem visto que a liberdade é um incómodo para si e para gente como o Sr Manuel Rocha… Descanse… Enquanto a houver continuarei a “chatear”.
        É como disse ao Sr Manuel Rocha: Se não gosta NÃO LEIA!
        Só para terminar… Se um RoyTheRodgers incomoda muita gente… Dois RoyTheRodgers incomodam muito mais!… Pode continuar se quiser, se não lhe custar muito…

  2. Existem dois salva-vidas. A área da piscina que o salva-vidas negro tem que observar é maior da que a do salva-vidas branco.
    No entanto, ambos recebem o mesmo ordenado. Racismo! Puro racismo!

  3. O bom comportamento também é apontado de forma igualitária. A rapariga da esquerda que vai a entrar na prancha é nitidamente indígena, e o senhor a brincar com a criança são nitidamente asiáticos. Até parece que criaram uma comissão especial para dividir de forma tão igualitária os comportamentos, tão grande a perfeição com que o conseguiram fazer.

  4. De certeza que há um algoritmo qualquer que mostra que o único caso (20% dos exemplos) em que um branco está a fazer alguma coisa de errado é equivalente aos 3 casos (60% dos exemplos) em que são negros a fazer asneiras.
    Fico ainda mais convencido disso depois de reparar na distribuição dos exemplos e no seu destaque na imagem, e mais ainda depois de ver que a criança negra que está a empurrar outra criança parece a Naomi Campbell, enquanto que a rapariga perto da prancha do lado esquerdo é uma rapariga branca, gorda, baixa e feia. Quando mais analiso a imagem, com quanto mais atenção o faço, mais penso que o autor tem alguma coisa contra os brancos. Deve ser um ressabiado. E concluo também que o Zap errou mais uma vez, de certeza que a notícia é que o poster foi retirado por atentar contra os brancos. Ainda bem que nós estamos aqui para repor a verdade e instruir os ignorantes.

  5. Ao PARA ALGUÉM QUE APONTA O DEDO, QUANDO DEVIA APONTÁ-LO A ELE PRÓPRIO: Ai isso é que sim! Tens a tua opinião e eu tenho a minha! Se achas que espécie e raça (humana) não é a mesma coisa, o problema é teu! Fica com a tua que eu fico com a minha. Pessoalmente até nem percebo o teu dilema. Não é que esteja a contrariar a tua afirmação. Se achas isso ignorância, é o teu direito. Desde que fiques feliz…
    Nota: Aconselho-o a ler novamente os meus comentários. Mas leia sem perconceito. Vai ver que perdeu uma (grande) oportunidade…

    • Não são e isso não é uma questão de opinião. São termos técnicos e científicos, com uma definição precisa. Raça é um termo coloquial para designar diferentes subespécies dentro da mesma espécie. A espécie é a espécie humana – Homo sapiens, que não possui subespécies diferentes. Quanto às regras, o mesmo se passa com o português, que também as tem, não são uma questão de opinião e o ROYTHERODGERS claramente não as domina, mas nem por isso se inibe de apontar a suposta ignorância dos outros. Não se diz “perconceito”, diz-se “preconceito”. Não se diz “Raça humana e espécie humana é a mesma coisa”, diz-se “Raça humana e espécie humana SÃO a mesma coisa”…
      É como lhe digo, normalmente sou mais espectador e bastante tolerante, mas se há coisa que me irrita é o bullying, seja ele de que tipo for. É sempre bom dar a provar um pouco do veneno a quem o tem…
      E não se preocupe, pode dar a última resposta e ficar com a última palavra, que não vou perder mais tempo, já passei a mensagem que queria e tenho mais coisas na vida. Já o ROYTHERODGERS, atendendo ao empenho que dedica em ficar com a última palavra…

      • Não para ficar com a última palavra, mas até pode dizer muita coisa, (algumas até tem toda a razão – no que respeita á gramática) mas acusar-me de bullying… Isso não! Não lhe admito de forma alguma. E não será a sua pessoa a fazê-lo a mim utilizando o seu supremo conhecimento linguístico e antropológico (supremo e incontestável!)?
        Quanto ás opiniões… Bem… Se procurar muito, vai ver que vai encontrar quem pense como eu, e nem por isso será contra as regras que alguns alguéns (disse bem ó professor?) definiram. Curiosamente foi de um antopólogo (num seminário na minha faculdade) que se referiu à raça humana (ups! espécie…)… São opiniões de estudiosos da matéria. Por isso estão erradas? Sente-se o detentor da verdade absoluta porque acha que determinadas regras são as correctas?
        Quanto á língua portuguesa, tem toda a razão, no que respeita ás regras, (e sim, dei algumas calinadas) mas neste caso as duas formas (raça/espécie) não estão estabelecidas de forma absoluta como diferentes. Pode encontrar em alguns estudos de uma forma, (totalmente substanciada) como pode encontrar da outra forma. Também encontrará (se realmente quisesse) a opinião (também totalmente substanciada) que uma é a outra. É a sua a mais correcta?
        Com isto me retiro e, sou eu que não perderei mais tempo consigo. Aceito a sua opinião (que para si não é, mas sim uma regra préviamente estabelecida) mas não aceita a minha. Você tem razão e eu não. E depois sou eu o bully…
        Esteja à vontade para “proferir” a última palavra… Mas manifeste respeito, sim? Sim! Sou ignorante em muitas coisas, (como também é o seu caso) e isso não é um insulto. Agora chamar-me bully… Isso é (e isso é uma quebra nas regras de conduta establelecidas pela sociedade…)!

  6. Mas quem é que perde tempo a analisar notícias destas? Tanta gente a comentar o quê? Na prática toda esta discussão muda alguma coisa? Só mesmo quem não tem nada de verdadeiramente útil se dá ao trabalho de criar animosidades num site de notícias. Ao ver tamanho disparate de comentários que claramente demostram falta de respeito pelos comentários uns dos outros, existe claramente a evidência de ausência de respeito e tolerância que existe hoje em sociedade. Na prática isto interessa à vida de cada um em quê? Quero lá eu saber do cartaz! Quero lá eu saber se tem uns de uma cor ou de outra. O que interessa é a mensagem, o resto das interpretações é tudo subjectividade! Foquem-se mas é a conviver e a cooperar na construção de ambientes saudáveis com a família, os amigos, os vizinhos. O resto é conversa. Irra!!!

RESPONDER

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …

Al Gore diz ser o maior fã de Greta Thunberg

Al Gore, antigo vice-presidente de Barack Obama e autor do documentário ambiental "Uma verdade inconveniente", elogiou esta semana o trabalho desenvolvido pela ativista sueca Greta Thunberg, dizendo ser o seu maior fã. "Sou o seu …

A água é comum nos mundos extraterrestres (mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava)

A presença de água em exoplanetas é comum, mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Para chegar a …

"Encontrei a minha alma gémea". Presidente do Flamengo disposto a (quase) tudo para segurar Jesus

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, ficou encantado com Jorge Jesus logo quando o conheceu. É o que o dirigente diz numa entrevista, onde admite que encontrou a sua "alma gémea", não revelando dados sobre …

COP25: uma traição ao Acordo de Paris "e às pessoas em todo o mundo"

Organizações não governamentais ambientalistas consideraram que os projetos de resolução que a cimeira do clima da ONU tem para aprovar são "uma traição" do Acordo de Paris e dos milhões de pessoas que sofrem com …

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …

Na última noite no Porto, Óliver foi sozinho à Ponte D. Luís (e vieram-lhe as lágrimas aos olhos)

O médio espanhol Óliver Torres confessa que a sua saída do Porto foi "emotiva" e que se despediu do clube e da cidade na Ponte D. Luís, de noite e sozinho, com "as lágrimas nos …

Costa e Centeno discutiram no Conselho Europeu (e foi Centeno quem ganhou)

António Costa e Mário Centeno envolveram-se numa "discussão directa" em pleno Conselho Europeu que deixou os restantes membros do Eurogrupo perplexos. Em causa esteve o primeiro orçamento da Zona Euro, com o primeiro-ministro de Portugal …