Cristas defende “algum incentivo fiscal” para aumentar a poupança

Mário Cruz / Lusa

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, afirmou nesta quinta-feira estar preocupada com os “valores dramaticamente baixos da poupança” e admitiu “algum incentivo fiscal” para levar as pessoas a poupar.

Assunção Cristas abriu esta quinta-feora um colóquio, na sede nacional do CDS-PP, em Lisboa, “Poupar para investir”, em que acusou, indiretamente, o Governo de não ter tido “um discurso público que valorizasse o fator da poupança”.

Ao comentar os números do Instituto Nacional de Estatística (INE), a líder centrista sublinhou que “as famílias estão a consumir como nunca“, com as despesas de consumo final a atingirem “o valor mais alto do INE”, que começa em 1995.

São “valores dramaticamente baixos de poupança, o que, naturalmente, comprometem o investimento”, afirmou a líder centrista.

A “poupança média evoluiu negativamente” em Portugal, fixando-se nos 5%, e está “muito distante da média da União Europeia (UE)”, que é de 10,6% do rendimento bruto disponível. Assunção Cristas perguntou “qual é o drama disto”.

E a seguir a líder do CDS deu a resposta: “Se não há poupança também não há forma de termos meios para podermos investir”, disse, afirmando que este “é um dos problemas críticos” do país. Porque, acrescentou, se não subirem os “níveis de poupança”, dificilmente se conseguirá “catapultar a economia para os crescimentos” que considera “necessários, duradouros e sustentáveis”.

Assunção Cristas concluiu que, para “promover a poupança”, há “muitos aspetos” possíveis, como estimular a “literacia financeira”, promover “instrumentos de poupança” e adotar “algum incentivo fiscal a essa poupança“, sem adiantar modalidades concretas. O debate juntou Miguel Coelho, Leonardo Mathias, Valdemar Duarte e Miguel Torres.

A líder dos centristas prometeu que as ideias lançadas neste debate, organizado pelo gabinete de estudos do CDS-PP, serão tidas em conta na elaboração do programa eleitoral do partido para as legislativas de outubro. Assunção Cristas admitiu também que algumas das ideias deste grupo de economistas venham a ser utilizadas durante o debate do Programa de Estabilidade e do Plano Nacional de Reformas, em abril.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Continental vai contratar 300 engenheiros para o Porto

A Continental vai instalar no Porto um centro de desenvolvimento de tecnologias que poderá empregar "cerca de 300 engenheiros" e apoiará o desenvolvimento de soluções para veículos elétricos, condução autónoma e cibersegurança, anunciou esta quarta-feira …

Comissão Europeia aprova comercialização da primeira vacina para o Ébola

A Comissão Europeia anunciou no início da semana que concedeu uma autorização para a comercialização da primeira vacina contra o Ébola, designada Ervebo e produzida pela farmacêutica Merck. A vacina estava a ser produzida desde o …

Facebook lança o seu próprio MB Way

O Facebook lançou nos Estados Unidos uma nova funcionalidade para facilitar pagamentos através das quatro principais aplicações do grupo, que é semelhante ao funcionamento das transações com o MB Way. Em comunicado, Deborah Liu, responsável do …

O dilema dos chumbos, o "engano" de Ventura e o "falso liberal". O primeiro debate aqueceu

O primeiro debate quinzenal da legislatura arrancou esta quarta-feira e ficou marcado pelas retenções até ao 9.º ano - Chumba ou não chumba?, quis saber a direita, bem como pelo aumento do salário mínimo nacional …

Sondagem europeia defende tratado internacional que proíba "robôs assassinos"

Quase três em cada quatro pessoas querem que o seu governo colabore com outros países para proibir sistemas letais de armas autónomas. A organização não-governamental Human Rights Watch (HRW) divulgou esta quarta-feira os resultados de uma …

Pentágono está a criar bactérias que detetam explosivos no subsolo

O Pentágono, em conjunto com a empresa de defesa Raytheon, está a desenvolver um sistema capaz de produzir bactérias geneticamente modificadas no subsolo, com o objetivo de detetar explosivos no subsolo. Neste projeto, iniciado pela Agência …

Hospitais voltam a não poder aumentar número de trabalhadores sem visto da tutela em 2020

Os hospitais vão continuar em 2020 impedidos de aumentar o número de trabalhadores sem a autorização prévia do Ministério da Saúde, segundo um despacho a que a agência Lusa teve acesso. O despacho assinado pelo secretário …

Onda crescente de ataques com explosivos alarma Suécia

A Suécia tem visto um aumento sem precedentes de ataques com explosivos. Em outubro, Estocolmo foi alvo de três ataques em apenas uma noite.  Se pensarmos num país com guerras de gangues constantes, o último nome …

Ruben foi libertado depois de passar 11 anos na prisão por crimes que não cometeu

Ruben Martinez Jr. saiu em liberdade do Supremo Tribunal de Los Angeles após ter passado 11 anos na prisão por uma série de assaltos à mão armada que não cometeu. Um homem que passou 11 anos …

Um em cada três portugueses não vai ao dentista ou só vai em caso de emergência

Mais de 30% dos portugueses não vão ao dentista ou só o fazem em caso de urgência e quase 10% não tem qualquer dente, segundo o Barómetro da Saúde Oral de 2019. De acordo com os …