“Isto não é uma crise de três meses. Ministro das Finanças não pode desertar”, diz Marques Mendes

Mário Cruz / Lusa

Luis Marques Mendes

O antigo líder do PSD e atual Conselheiro de Estado, Luís Marques Mendes, afirmou que os portugueses têm estado muito bem e rejeitou a ideia do ministro das Finanças poder sair do Governo ainda este ano. No espaço habitual de comentário, na SIC, disse igualmente que as medidas para responder à crise provocada pela pandemia poderão ser “ainda muito insuficientes”.

“Vamos ter uma crise económica sim, mas porque há uma epidemia da saúde. Temos primeiro de combater esta para combater a epidemia financeira. Há uma relação de causa e efeito. Esta prioridade é inegociável”, indicou, num comentário no domingo à noite na SIC, feito à distância.

“Temos de ter uma hierarquias de valores. Em primeiro lugar, a prioridade absoluta, inegociável, não relativa, tem de ser salvar vidas”, começou por dizer. “Temos primeiro de combater a tempo e horas – e com firmeza – a epidemia da saúde para a seguir resolver a epidemia financeira. Quanto mais rápidos e eficazes formos a combater epidemia da saúde, mais rapidamente combateremos epidemia financeira”, indicou, citado pelo Observador.

Marques Mendes salientou que, depois virá então uma crise económica. “Vai ser uma crise longa. Todas as medidas do Governo, no plano do papel, são bem intencionadas. Mas há também que falar com verdade, que receio que sejam medidas insuficientes”, notou o comentador, referido pelo Expresso.

Caso essas medidas não sejam alteradas, Marques Mendes acredita que muitas empresas correm o risco de chegar ao fim do mês sem conseguir pagar salários, devido a “problemas de liquidez”. A experiência de tentar resolvê-las com linhas de crédito “não é fantástica”.

O ‘lay-off’ proposto pelo Governo, mesmo sendo uma medida positiva, é “uma complicação”, analisou.

“A medida está apresentada nesta perspetiva: as empresas com redução têm direito, mas têm de provar que a quebra de rendimento é reportada aos dois meses anteriores. Isso só se aplica se se ficcionar que a crise começou em janeiro. A crise começou agora em março. Ou só se poderá apresentar o pedido em maio? Não faz sentido nenhum, devia ser aplicação imediata. De outra forma, chegamos ao final do mês e as empresas não têm dinheiro para pagar salários. Aí não se defende o emprego”, considerou.

Também o turismo vai levar “uma pancada monumental”, frisou o comentador, acrescentando que “esta crise não é de três meses”.

Mas, como apontou o Expresso, Marques Mendes destacou aspetos positivos: “Dos 27 da UE, estamos em décimo lugar. Nada de facilitar. Temos poucos casos de internamento. Não temos um número alto de casos graves. A população idosa não está a ser mais afetada. Comparada com a média de Itália estamos num patamar baixo”.

As linhas de crédito, referiu, podem ser uma desilusão e o ‘lay-off’, mesmo sendo uma medida positiva, é uma complicação. Também o turismo vai levar “uma pancada monumental”, frisou, acrescentando que “esta crise não é de três meses”

Quanto ao ministro das Finanças, defendeu que este não pode sair. “Sair é desertar”, disse, salientando a ação pouco interventiva de Mário Centeno: “Sentiu-se a ausência de uma palavra forte, firme, clara do ministro das Finanças. É muito intrigante”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Este rato de esgoto não tem mesmo vergonha nenhuma e diz e des-diz-se em menos de nada!…
    Há uma ou duas semanas este artista inventou que o Centeno iria sair antes do Verão; agora dá a volta ao texto diz que o Centeno já não vai sair!…
    Será que a SIC paga a este advogado mafioso, ou é ele paga à SIC?!
    Este “vírus” é bem pior do que o Covid…

    • Essa comparação é, no mínimo, um insulto!…
      O outro não tem negócios, nem empresas, e muito menos representava, no seu escritório de advogados, interesses manhosos…
      Além disso, não estava constantemente a inventar estórias e que depois são desmentidas pela realidade!…
      O único ponto em comum é terem sido ambos presidentes do PSD; de resto, são opostos em praticamente tudo!…
      Uma daquelas “previsões” do verdadeiro artista:
      “Não há na União Europeia uma única alma a falar da hipótese de Mário Centeno para presidir ao Eurogrupo”,
      zap.aeiou.pt/centeno-esta-deslumbrado-oferecer-ao-eurogrupo-161119
      .
      A melhor do troca-tintas:
      “Não ter um pingo de vergonha na cara, aula prática”
      youtube.com/watch?v=QeQnAsZaiFE

RESPONDER

"Ihor gritava como um cão atropelado". Seguranças contam nova versão em tribunal

O segurança Manuel Correia testemunhou esta quarta-feira que “ouviu gritos” de Ihor Homeniuk vindos de uma sala do SEF no aeroporto de Lisboa e que encontrou um dos inspetores com um pé em cima da …

Dos pés de Cancelo para a cabeça de Bernardo Silva. City ganha na Champions com um golo 100% português

Os internacionais portugueses João Cancelo e Bernardo Silva foram fundamentais para a vitória do Manchester City sobre o Borussia Monchengladbach (2-0), na primeira mão dos oitavos da Liga dos Campeões, com ação direta nos dois …

"População não interiorizou a gravidade da situação". Depois de Siza, Cabrita aponta o dedo aos portugueses

Num relatório sobre a aplicação do decreto do estado de emergência na segunda quinzena de janeiro, Eduardo Cabrita justifica o fecho das escolas e o fim das vendas ao postigo, culpando a população pelas decisões …

Esta época há menos 500 clubes. "É o drama absoluto", diz presidente da FPF

Esta época há menos 500 clubes em comparação com a temporada transata. O presidente da FPF, Fernando Gomes, classifica a situação de "drama absoluto". A pandemia de covid-19 e a consequente interrupção das competições foi um …

Psicólogos no recrutamento e mudanças na formação. IGAI quer acabar com discriminação na polícia

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) quer envolver psicólogos no processo de recrutamento de novos polícias e rever os currículos de formação para acabar com práticas discriminatórias nas forças de segurança. As alterações no processo de …

Coleção de joias da era Viking é encontrada na Ilha de Man. É "excecionalmente rara"

Uma coleção de joias da era Viking foi encontrada na Ilha de Man, entre Inglaterra e a Irlanda, em novembro de 2020 e foi agora classificada como tesouro. Os especialistas acreditam que os artefactos, descobertos …

“As brasileiras são mercadoria". Professor da UP suspenso por comentários machistas e xenófobos nas aulas

Após uma denúncia que reuniu assinaturas de mais de uma centena de alunas, o professor auxiliar Pedro Cosme da Costa Vieira foi suspenso pelo período máximo de 90 dias, da Faculdade de Economia da Universidade …

Houve buzinão na Luz (mas sem "carinho"). Jesus culpa covid-19 pela crise do Benfica

Algumas dezenas de adeptos protestaram junto ao Estádio da Luz com um buzinão, entre gritos de "Rua Vieira" devido aos maus resultados do Benfica. Antes disso, Jorge Jesus tinha apelado a um "buzinão de carinho" …

Marcelo remete diretamente para o Governo limites ao ruído nos prédios

O chefe de Estado incluiu o detalhe "decreto-lei do Governo", no novo decreto para a renovação do estado de emergência, para permitir que o Executivo limite o ruído nos prédios. No último decreto que executou o …

Clubes ingleses decidiram: não há público, acabou a época

Decisão não afeta a Premier League mas antecipa o final de quatro divisões do futebol inglês. Na época passada os campeonatos também não chegaram ao fim. Muitos dos campeonatos não-profissionais (em várias modalidades) estão parados, não …