Criminalização da ocultação de riqueza divide peritos da justiça (e levanta dúvidas de inconstitucionalidade)

Mário Cruz / Lusa

A solução encontrada sobre a forma que se pode punir os altos quadros públicos que enriqueçam sem justificação não é consensual entre os agentes da justiça.

Um dos projetos de lei, elaborado pelo PS, determina a obrigação de altos quadros públicos de justificarem o aumento dos rendimentos e património na declaração que já atualmente são obrigados a fazer. A pena para a omissão “intencional” da justificação é agravada de três para cinco anos, noticia o Público.

Por sua vez, o Conselho Superior da Magistratura (CSM) alertou para o risco de inconstitucionalidade do projeto de lei do PS sobre a penalização da ocultação de riqueza, que propõe uma solução jurídica semelhante à avançada pelo BE, CDS, PAN, PEV e IL.

“A criminalização da ocultação intencional de riqueza poderá, ainda, suscitar dúvidas de constitucionalidade por permanecer o risco de violação da presunção da inocência do arguido, se se extrair qualquer consequência probatória do direito ao silêncio, impondo-se que a prova a cargo do Ministério Público vá além deste”, lê-se no parecer.

Os magistrados consideram não estar claro “o sentido, o alcance e a aplicação”.

Mais crítico é o Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) que considerou que os projetos de lei do PS, BE e PAN tinham “efeito prático reduzido” embora não afrontassem a Constituição.

Este parecer contrasta com a opinião mais favorável da Ordem dos Advogados e do Conselho de Prevenção contra a Corrupção.

A Ordem dos Advogados considera que o projeto de lei socialista “não contende com princípios constitucionalmente consagrados, designadamente, da presunção da inocência e da legalidade”. A mesma posição é assumida perante um projetar de lei do BE, que é semelhante à dos socialistas.

Já em relação ao projeto do PSD, a Ordem dos Advogados tem uma discordância, já que os sociais-democratas propõem idêntico reforço das obrigações declarativas de titulares de altos cargos públicos e cargos políticos, mas não indicam o crime associado para quem incumpre.

Os projetos de lei para tentar punir a ocultação da riqueza ou o enriquecimento ilícito vão começar a ser discutidos em comissão após as férias parlamentares.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Marte sobreviveu a super-erupções (que libertaram "oceanos" de poeira e gases tóxicos)

A região de Arabia Terra, situada no norte de Marte, já foi palco de erupções suficientemente potentes para libertar "oceanos" de poeira e gases tóxicos no ar.  A NASA confirmou, recentemente, que uma região do norte …

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …