Crimes caem para metade. Mas aumentam denúncias de violência doméstica por terceiros

Mário Cruz / Lusa

Um relatório do Ministério da Administração Interna (MAI) sobre o segundo estado de emergência mostra que a denúncia de criminalidade caiu para mais de metade e que as queixas de violência doméstica baixaram. Contudo, aumentaram as denúncias desse tipo de caso feitas por terceiros em relação ao ano passado.

Segundo noticiou o Observador, o documento divulgado na terça-feira revela que, de 13 de março a 17 de abril, foram registados 1.105 crimes de violência doméstica e 61 pessoas foram detidas. No período homólogo de 2019 houve 1.692 queixas e 88 detenções pelo mesmo motivo.

Com o estado de emergência, ao invés de subir, o número de queixas por violência doméstica caiu 34,7% em Portugal, contrariamente ao que aconteceu noutros países. Mas essa diminuição não significa necessariamente que o número efetivo de crimes tenha diminuído, apontou o jornal.

O relatório indica que a Polícia de Segurança Pública (PSP), em conjunto com a Secretaria de Estado para a Cidadania e Igualdade, tem promovido formas alternativas ao telefone e ao 112 para dar o alerta e o contacto com amigos e familiares. A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) pediu especial atenção aos vizinhos, que podiam alertar.

As denúncias feitas por terceiros – familiares, amigos ou vizinhos – aumentaram em relação ao ano passado. Do total de 476 participações de violência doméstica feitas no segundo estado de emergência, 129 foram apresentadas “por terceiros” – uma subida de cinco pontos em relação a 2019.

Avaliado apenas o período de 03 e 17 de abril, as participações caíram 29% em relação às mesmas duas semanas de 2019. Em média, foram 32 queixas por dia. Os dados mostram ainda que a maior parte das vítimas (81.5%) são mulheres, a maior parte dos agressores (85%) são homens, como aconteceu também em 2019 e nos anos antes desse.

Álcool na estrada, furtos e carteiristas

Em relação à criminalidade geral, entre 13 de março e 17 de abril de 2019 houve 17.458 denúncias de crime e 2.786 detenções. No mesmo período deste ano, houve 7.852 situações e 1.104 detenções.

Os crimes de condução com taxa de alcoolémia igual ou superior a 1,2 gr/l caíram 82,9% entre 13 de março e 17 de abril, em comparação com o ano passado. Em 2019, nessas cinco semanas, foram detidas 1.007 pessoas com uma taxa de álcool criminosa no sangue, enquanto este ano foram 172.

Os furtos por carteirista diminuíram 91,9% e o mesmo aconteceu com os “furtos por oportunidade”, que caíram 82,5%. O MAI destacou ainda a queda nos crimes de “ofensa à integridade física voluntária simples”, que baixou 67,2%, e o “furto em veículo motorizado”, que caiu 58%.

Alguns crimes, porém, dispararam. É o caso das burlas por fraude bancária – que, segundo o MAI, está agora nos 67,6% – e os de desobediência – cresceram 94,3% entre 13 março e 17 de abril, em comparação com o ano passado.

Nos crimes que mais aumentaram constam ainda “outros roubos” (mais 114,3%), “outros crimes de perigo comum” (20%) e a “resistência e coação sobre funcionário” (12,8%).

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há 49 escolas com surtos ativos de covid-19

Cerca de meia centena de escolas têm surtos ativos de covid-19, avançou esta quarta-feira a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, que fez um balanço positivo das primeiras semanas de aulas. "Neste momento, estão ativos 49 surtos …

Índia pode atingir os 600 milhões de casos de covid-19 em fevereiro, dizem especialistas

Mais de 600 milhões de indianos, mais da metade da população do país, provavelmente serão infetados com o novo coronavírus até fevereiro de 2021, segundo um painel de especialistas que aconselha o Governo do país. Segundo …

Ficheiro apreendido a Rui Pinto tinha número de telemóvel da procuradora

Um ficheiro de um dos dispositivos apreendidos ao criador do ‘Football Leaks’, Rui Pinto, contém o número de telemóvel da procuradora do Ministério Público (MP) envolvida no julgamento, Marta Viegas, confirmou a própria na 15.ª …

Rio anuncia vota contra no OE. "O PSD é mais responsável na oposição do que o PS no Governo"

O presidente do PSD anunciou esta quarta-feira o voto contra do partido na proposta de Orçamento do Estado para 2021, dizendo que esse é “o único voto coerente” e porque outra votação nem sequer “evitaria …

"A pandemia derrubou-me." "Pepe" Mujica, ex-Presidente do Uruguai, abandona a política

O ex-presidente uruguaio José "Pepe" Mujica disse que continuará a ser "conselheiro" dos companheiros de partido. José "Pepe" Mujica, ex-Presidente do Uruguai, renunciou esta terça-feira ao seu lugar no Senado e abandonou definitivamente a política ativa. …

Milhares de reclusos na Nigéria fugiram depois de invasões a prisões

De acordo com as autoridades nigerianas, cerca de 2000 presos fugiram de prisões na Nigéria, após os locais terem sido invadidos por multidões. Foi imposto um recolher obrigatório em resposta à agitação resultante de duas …

Manuel Maria Carrilho absolvido pela terceira vez do crime de violência doméstica

O ex-ministro Manuel Maria Carrilho foi esta quarta-feira novamente absolvido do caso de violência doméstica em que era suspeito de ter agredido a apresentadora de televisão Bárbara Guimarães. Em comunicado Manuel Maria Carrilho explica que o …

Maiores construtoras portuguesas juntam-se contra a "armada espanhola"

As duas maiores construtoras portuguesas, Mota-Engil e Teixeira Duarte, aliaram-se num consórcio, no âmbito de um concurso público lançado pela Infraestruturas de Portugal (IP), para tentar derrotar a concorrência espanhola. Habitualmente concorrentes na disputa pelas grandes …

Novo recorde: SNS24 recebeu mais de 23 mil chamadas só esta segunda-feira

O centro de contactos SNS24 bateu um novo recorde de atendimentos no dia 19 de outubro, com 23.373 chamadas atendidas, revelaram os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) ao Público. Os picos de chamadas …

Israel descobre túnel escavado desde a Faixa de Gaza

"O túnel, com várias dezenas de metros de comprimento, foi escavado em Khan Younès, no sul da Faixa de Gaza, e entra no território israelita", afirmou o porta-voz do exército, Jonathan Conricus, durante uma conferência …