“Violação grosseira dos direitos das crianças”. Menores retirados às famílias têm de cumprir isolamento de 14 dias

A Provedoria da Justiça recebeu esta segunda-feira uma queixa da Associação AjudAjudar em relação a uma orientação da Direção-Geral da Saúde (DGS) que prevê que crianças e jovens em perigo retirados às famílias tenham de cumprir um isolamento de 14 dias.

O jornal Público avança que a queixa pela Associação AjudAjudar e apresentada à Provedoria da Justiça relaciona-se com uma orientação da Direção-Geral da Saúde (DGS) que prevê que crianças e jovens em perigo retirados às famílias tenham de entrar sozinhos nas casas de acolhimento e ficar em isolamento durante 14 dias, mesmo que apresentem um teste à covid-19 com resultado negativo.

A orientação em causa aplica-se a crianças e jovens em risco que sejas retirados às famílias que os maltratam ou negligenciam. A fase inicial, a reunião de acolhimento numa instituição, deve ser feita por telefone e e-mail.

As crianças que forem acolhidas devem ser testadas “uma vez que se trata de uma situação de institucionalização em espaço fechado com muitos conviventes”. Depois, mesmo que o teste apresente um resultado negativo, a criança deve ficar em isolamento 14 dias já que pode estar “em fase de incubação”.

Apenas as crianças e jovens que sejam acolhidas com outro membro da mesma família, como um irmão, poderão fazer o isolamento acompanhadas.

Em relação aos bebés, em que o afastamento social é muito difícil e não há controlo de esfíncteres, o cuidador deve utilizar máscara cirúrgica, bata, luvas descartáveis e um avental impermeável.

A Associação AjudAjudar considera a medida inconstitucional e que põe “severamente em causa os direitos das crianças”. Em declarações ao Público, uma das responsáveis da associação explicou que se está perante uma “violação grosseira dos direitos das crianças e dos jovens mais desprotegidos” e que foi apresentada a queixa porque pretendem que a “DGS passe a emitir orientações específicas para as casas de acolhimento, que deixe de equiparar crianças e jovens a idosos“.

Também a DGS reconhece que “colocar em isolamento uma criança recém-chegada é uma decisão muito difícil” e “extremamente penalizadora para uma criança”. Porém, segundo a DGS, não implementar estas medidas “pode atentar contra o interesse das outras crianças e dos profissionais e voluntários que trabalham na instituição”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas criam material de "auto-reparação" mais resistente do mundo (e é perfeito para ecrãs de telemóveis)

Investigadores do Instituto Indiano de Educação e Investigação Científica (IISER, na sigla em inglês) podem ter encontrado o material perfeito para fazer os ecrãs de smartphones: transparente, resistente e que a capacidade de se "auto-curar" …

"A bitcoin vai criar a paz mundial"

A rainha das moedas digitais, se não construir a paz no planeta, vai ajudar na pacificação entre os seres humanos. É a opinião de Jack Dorsey. É o centro de atenções de muitos investidores, é o …

"Burrolandia". Parque temático de burros no México está a tentar salvar estes animais

Um parque temático de burros no México serve de santuário a estes animais que estão aos poucos a desaparecer no país. "O burro ajudou o homem por muito tempo. É hora de retribuirmos o favor", …

Uma mão robótica que joga Super Mario Bros na Nintendo? Sim, existe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, imprimiu em 3D peças para criar uma mão robótica capaz de jogar Super Mario Bros na Nintendo.  A mão robótica é totalmente montada com circuitos …

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …

Caso Ihor. IGAI pede expulsão do ex-diretor de fronteiras do SEF

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) já entregou ao ministro Eduardo Cabrita o relatório final do processo disciplinar contra o inspetor coordenador do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) António Sérgio Henriques, que propõe a …