Crianças ajudaram a redesenhar uma cidade para reduzir poluição

(dr) Sean Peacock

Investigadores colaboraram com escolas primárias para os seus alunos darem ideias práticas para reduzir a poluição atmosférica e o aquecimento climático na cidade de Newcastle, no Reino Unido.

A poluição do ar tem um efeito particularmente prejudicial nas crianças. Como ainda estão a crescer, respiram mais rápido que os adultos. Elas também vivem mais perto do chão, onde os gases mais poluentes dos veículos se acumulam. Poluição do trânsito tem sido associada a problemas com o desenvolvimento do cérebro, crescimento, condições respiratórias, cancro e 300 mil mortes de crianças em todo o mundo.

As próprias crianças estão longe de ignorar o assunto. A recente greve climática estudantil mostra que os jovens estão a tentar forçar a poluição e a crise climática para o topo da agenda política.

As greves mostram-nos que as crianças exigem uma plataforma para desafiar a poluição. Incapazes de expressar as suas preocupações na escola, são forçadas a tomar ações radicais. E se em vez disso houvesse uma maneira de trabalhar com crianças no combate à poluição atmosférica e à mudança climática?

Sean Peacock, investigador de Planeamento Urbano na Universidade de Newcastle, procura maneiras pelas quais podemos dar às crianças as ferramentas, as habilidades e a confiança para promover mudanças nas cidades em que vivem. Com a ajuda de professores e dos seus colegas universitários inventaram o Sense Explorers, uma série de aulas para serem ensinadas nas escolas primárias.

Poluição atmosférica em Newcastle

A população de Newcastle é relativamente pequena, com pouco mais de 260 mil habitantes. No entanto, várias áreas da cidade têm níveis ilegais de poluição atmosférica. O culpado? Carros, autocarros e camiões, todos emitindo concentrações perigosas de gases poluentes, como o dióxido de nitrogénio.

As crianças com quem Peacock conversou preocupam-se com o meio ambiente e queriam que isso mudasse para melhor – mas têm poucos meios para influenciar essa mudança. Nas aulas do Sense Explorers, não ensinam apenas crianças sobre questões ambientais – permitem que elas aprendam por si mesmas o que podem fazer para melhorar o ambiente local.

Primeiro, foram levadas para as ruas do bairro delas. Com a ajuda de algumas ferramentas digitais, incluindo um kit básico que os investigadores construíram, recolheram dados sobre a poluição atmosférica.

Compilaram os dados recolhidos e compararam com os dados oficiais. Quando os investigadores pediram que as crianças explicassem o que poderia estar a causar os picos nos gráficos, sugeriram que seriam os pais que estacionavam em marcha lenta, o trânsito em hora de ponta e o fumo das fábricas locais.

(dr) Sean Peacock

A cidade do futuro

Quando questionados sobre o que poderiam fazer para mudar isto, as crianças propuseram várias coisas, incluindo carros movidos a energia solar, pontes separadas para pessoas e veículos, túneis para manter o trânsito subterrâneo, entre outras. Muitas de suas ideias para combater a poluição poderiam ser implementadas agora mesmo.

Estas ideias não poderiam ficar na gaveta de um professor ou decorar uma parede. Os investigadores trabalharam com quatro turmas em três escolas diferentes e os políticos locais vieram ao encontro de todos para ouvir e se comprometerem com as suas ideias.

As escolas são os lugares perfeitos para incentivar as crianças a tornarem-se ativistas ambientais. É onde as crianças aprendem sobre o futuro, o que ele tem para elas e como elas podem melhorá-lo. Devemos mostrar-lhes o que podem e devem fazer para tornar as suas cidades menos poluídas.

Planeadores urbanos e políticos muitas vezes hesitam em trabalhar com crianças, mas não deviam. Mais agora do que nunca, precisam das ideias originais que só as crianças podem trazer.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ao que chegou a era da estupidez, meu Deus. São todos os dias nas notícias, estupidez após estupidez, após estupidez…

    Agora os adultos precisam de ir perguntar a crianças como é que se soluciona a poluição. Raios os abrasassem com tanta estupidez. O problema não é falta de saber como se resolvem os problemas ambientais. O problema é falta de vontade política para o fazer. Como é que é possível estar-se a mandar areia para os olhos das pessoas com estas cretinices?!

RESPONDER

"Charlie" é o robô peixe-gato da CIA que permitiu pesquisas subaquáticas (e já realizou missões secretas)

De várias formas e tamanhos, os robôs têm sido sido muitas vezes usados por muitas entidades para trabalhos de pesquisa e investigação. A CIA não é exceção e por isso desenvolveu um peixe robótico chamado …

Possível obra de Banksy surge na parede de uma famosa prisão. Pode representar Oscar Wilde

Um graffiti possivelmente pintado pelo famoso artista de rua Banksy apareceu durante a noite no lado de fora de uma parede da prisão de Reading, no Reino Unido. Na madrugada desta segunda-feira, a obra foi avistada …

Na tentativa de tirar a selfie perfeita com um elefante, indiano acaba morto pelo animal

No passado domingo, dia 28 de fevereiro, um homem de 21 anos morreu enquanto tentava tirar uma selfie com um elefante. O animal andou a pairar por zona residencial e anteriormente já tinha matado uma …

Milhares de professores vacinados antes de médicos. Presidente do México acusado de fazer política com a vacinação

Milhares de professores do ensino público que lecionam nas zonas mais rurais do México foram vacinados contra o novo coronavírus antes dos profissionais de saúde que combatem a pandemia na mesma região. De acordo com …

Passageiros com documentos e teste de covid-19 falsificados detetados pelo SEF

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, no domingo, no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, três cidadãos portadores de documentação falsa, dois dos quais na partida de um voo com destino à República da …

Coronadiktatur, Gesichtskondom, Fussgruss. Os alemães inventaram milhares de palavras novas sobre a pandemia

O confinamento de quase quatro meses na Alemanha não colocou restrições ao seu idioma de palavras multissilábicas. Os alemães inventaram mais de 1.200 novas palavras para descrever as regras e realidades da vida em tempo …

Ordem coordena vacinação de 4000 médicos "deixados para trás"

A Ordem dos Médicos vai vacinar cerca de quatro mil médicos que trabalham em hospitais e clínicas privadas e que, por algum motivo, não foram vacinados na altura devida. De acordo com um comunicado da ordem, …

A mais recente turbina eólica chama-se Wind Catcher e é portátil

Uma empresa dinamarquesa decidiu inovar e desenvolver uma turbina eólica portátil. O Wind Catcher é mais leve, mais poderoso e mais fácil de usar do que qualquer outro sistema de energia eólica no mercado. O Wind …

Spike Lee vai produzir série documental para o 20.º aniversário dos atentados de 11 de setembro

O realizador Spike Lee está a preparar uma série documental para estrear no 20.º aniversário dos atentados do 11 de Setembro, um "retrato sem precedentes" dos nova-iorquinos e da capacidade de recuperação depois da destruição …

Guru de investimentos, Warren Buffett, assume ter cometido um "erro"

O bilionário norte-americano Warren Buffett, considerado o "guru" dos mercados de investimento, assumiu ter cometido um erro quando adquiriu, em 2016, a Precision Castparts por 32,1 mil milhões de euros. Na carta que escreve anualmente para …