CP vai ter contrato de serviço público. Dívida histórica pode ser reduzida em mais de metade

Miguel A. Lopes / Lusa

O contrato de serviço público entre o Estado e a CP deverá ser assinado antes de 3 de dezembro e prevê que a dívida da CP seja reduzida em mais de metade.

O contrato de serviço público entre o Estado e a CP, que se encontra na AMT, deverá ser assinado antes de 3 de dezembro, garantiu, esta sexta-feira, fonte oficial do Ministério das Infraestruturas e Habitação ao jornal Público.

O projeto desse contrato foi remetido ao regulador, para efeitos de parecer prévio vinculativo, no final do ano passado. Depois da análise do contrato e da sua fundamentação, “foram solicitados, em fevereiro de 2019, diversos esclarecimentos”, informou a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes numa carta enviada ao diário, em setembro.

Na altura, a entidade respondia a uma notícia que referia que o processo estava “encalhado” naquele órgão, considerando a expressão abusiva. “Nesta data [24 de setembro], não foi ainda rececionada informação adicional quanto ao referido processo, embora exista informação pública de que o mesmo está em andamento”, adiantou na altura.

O jornal procurou saber por que estava o processo atrasado. Por parte da CP – Comboios de Portugal, fonte oficial da empresa disse que esta respondeu às mais de cem perguntas que foram feitas pela AMT relativas ao projeto do contrato de serviço público.

No entanto, segundo o Público, o mesmo ainda não terá acontecido por parte das tutelas das Finanças e das Infraestruturas. Ambos os ministérios “estão a ultimar a nova versão do contrato, em consequência dos pedidos de esclarecimento formulados pela AMT, aos quais são dadas todas as respostas, devendo ambos ser remetidos a esta autoridade nos próximos dias”, disse fonte oficial do gabinete de Pedro Nuno Santos, ao diário, assegurando que o contrato será assinado antes de 3 de dezembro.

Se o contrato for assinado antes desta data, cumpre o calendário imposto por Bruxelas sobre a necessidade de os estados membros terem definidas regras com os operadores incumbentes sobre os serviços a prestar no transporte ferroviário de passageiros num quadro de liberalização desse mercado no qual se espera a entrada de novos operadores (supostamente privados).

No caso da CP, o Público apurou que o contrato com o Estado prevê reduzir em mais de metade o endividamento histórico da empresa, um valor que é atualmente de cerca de dois mil milhões de euros e cujo serviço de dívida esmaga os resultados anuais da empresa.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Marselha 0-2 FC Porto | Dragão vence e abre porta dos "oitavos"

Basta apenas um ponto para que o FC Porto carimbe uma vaga nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Na noite desta quarta-feira, os “dragões” venceram o Marseille por 2-0 – com os contributos de Zaidu …

Mais de 100 mil crianças morreram com VIH e 320 mil ficaram infetadas. A pandemia pode piorar o cenário

De acordo com um relatório da UNICEF, a cada 100 segundos uma criança ou jovem com menos de 20 anos foi infetado pelo VIH no ano passado. Com os novos dados, o número total de …

Animação mostra como foram construídas as pontes do século XIV

Construir uma ponte sobre a água parece uma tarefa complicada e a verdade é que, apesar dos inúmeros avanços tecnológicos, os fundamentos pouco alteraram desde os tempos medievais. A Ponte Carlos tem 618 anos, mas não …

Médicos sem Fronteiras deixam hospital da Venezuela devido a restrições

A Médicos sem Fronteiras (MSF) vai se retirar de uma colaboração com um hospital venezuelano que visa tratar pacientes com covid-19 devido a restrições na entrada de especialistas no país, informou a organização na terça-feira. A …

O novo amplificador de guitarra tem maior capacidade de encaixe (e é mais poderoso)

Em 2016, o engenheiro eletrónico Chris Prendergast lançou um projeto Kickstarter para o amplificador de guitarra portátil JamStack. Este encaixava-se num pino de correia e emitia sons gerados por um smartphone. Agora foi lançada a …

Etiópia. Comissão de direitos humanos denuncia massacre de 600 civis na região de Tigré

A organização independente que investiga acusações de violência contra civis na Etiópia corroborou o relatório da Amnistia Internacional que denunciou a chacina de pelo menos 600 pessoas na região de Tigré, no Norte do país. Segundo …

A Torre de Londres foi palco de várias experiências estranhas com animais

Antigamente, os humanos tinham algumas teorias muito estranhas sobre vários animais e, infelizmente, nem um pouco do bom senso que os impediria de as testar. Segundo o site IFLScience, Plínio, o Velho, era um desses exemplos. …

Grupo hacker português reivindica ataque a 61 sites do Brasil este ano

O grupo do hacker português que assumiu publicamente o recente ataque cibernético ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil admitiu ter invadido 61 sites brasileiros este ano, segundo o jornal O Estado de São Paulo. O …

PCP e PEV vão abster-se na votação final do Orçamento do Estado

O PCP e o PEV anunciaram, esta quarta-feira, que vão abster-se na votação final global do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), que está agendada para esta quinta-feira na Assembleia da República. O Partido Comunista vai …

Economia e tecnologia. Quem irá vencer a guerra comercial? EUA não facilitam, mas China já prepara plano para 2025

A atual guerra comercial entre a China e os Estados Unidos começou depois do atual presidente norte-americano, Donald Trump, anunciar a 22 de março de 2018 uma lista de tarifas superiores a 60 mil milhões …