CP vai ter contrato de serviço público. Dívida histórica pode ser reduzida em mais de metade

Miguel A. Lopes / Lusa

O contrato de serviço público entre o Estado e a CP deverá ser assinado antes de 3 de dezembro e prevê que a dívida da CP seja reduzida em mais de metade.

O contrato de serviço público entre o Estado e a CP, que se encontra na AMT, deverá ser assinado antes de 3 de dezembro, garantiu, esta sexta-feira, fonte oficial do Ministério das Infraestruturas e Habitação ao jornal Público.

O projeto desse contrato foi remetido ao regulador, para efeitos de parecer prévio vinculativo, no final do ano passado. Depois da análise do contrato e da sua fundamentação, “foram solicitados, em fevereiro de 2019, diversos esclarecimentos”, informou a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes numa carta enviada ao diário, em setembro.

Na altura, a entidade respondia a uma notícia que referia que o processo estava “encalhado” naquele órgão, considerando a expressão abusiva. “Nesta data [24 de setembro], não foi ainda rececionada informação adicional quanto ao referido processo, embora exista informação pública de que o mesmo está em andamento”, adiantou na altura.

O jornal procurou saber por que estava o processo atrasado. Por parte da CP – Comboios de Portugal, fonte oficial da empresa disse que esta respondeu às mais de cem perguntas que foram feitas pela AMT relativas ao projeto do contrato de serviço público.

No entanto, segundo o Público, o mesmo ainda não terá acontecido por parte das tutelas das Finanças e das Infraestruturas. Ambos os ministérios “estão a ultimar a nova versão do contrato, em consequência dos pedidos de esclarecimento formulados pela AMT, aos quais são dadas todas as respostas, devendo ambos ser remetidos a esta autoridade nos próximos dias”, disse fonte oficial do gabinete de Pedro Nuno Santos, ao diário, assegurando que o contrato será assinado antes de 3 de dezembro.

Se o contrato for assinado antes desta data, cumpre o calendário imposto por Bruxelas sobre a necessidade de os estados membros terem definidas regras com os operadores incumbentes sobre os serviços a prestar no transporte ferroviário de passageiros num quadro de liberalização desse mercado no qual se espera a entrada de novos operadores (supostamente privados).

No caso da CP, o Público apurou que o contrato com o Estado prevê reduzir em mais de metade o endividamento histórico da empresa, um valor que é atualmente de cerca de dois mil milhões de euros e cujo serviço de dívida esmaga os resultados anuais da empresa.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

PSD não vai fazer coligação com o Chega para as autárquicas (mas não exclui aliança pós-eleitoral)

O PSD não vai fazer coligação com o Chega, partido liderado por André Ventura, antes das autárquicas. Porém, não exclui diálogo e uma possível aliança depois disso. O semanário Expresso escreve este sábado que a direção …

Marcelo promulga diploma sobre sistema nacional de gás (mas alerta para os custos)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou esta sexta-feira o diploma que estabelece o funcionamento do sistema nacional de gás, mas chamou à atenção para as observações do regulador, nomeadamente quanto aos custos …

UE avança com sanções contra Bielorrússia. Candidata da oposição apela a "massivas manifestações"

Os chefes de diplomacia da União Europeia (UE) acordaram esta sexta-feira impor sanções ao regime de Minsk na sequência das eleições presidenciais de domingo passado, visando os responsáveis pela alegada fraude nos resultados e pela …

Estratégia para abrandar envelhecimento pode estar escondida nos golfinhos

Uma equipa de investigadores está a estudar o envelhecimento em golfinhos da marinha norte-americana para tentar aprender estratégias para aplicar em humanos. Como os golfinhos envelhecem de maneira semelhante aos humanos, uma equipa de investigadores está …

Anãs negras, explosões na escuridão e um grito final. Astrónomo explica como o Universo vai acabar

Há muito tempo que os astrónomos estudam como será o fim do cosmos. Um novo estudo concluiu que o Universo dará um último grito antes de tudo escurecer para sempre. As leis conhecidas da física sugerem …

A NASA tem estado a disparar lasers para a Lua. Finalmente, recebeu uma resposta de volta

A NASA esteve nos últimos anos a disparar raios laser em direção ao Lunar Reconnaissance Orbiter, nave que está desde 2009 em órbita da Lua. Agora, pela primeira vez, o satélite respondeu. O Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) …

Ljubomir Stanisic rescindiu contrato “de forma unilateral” com a TVI

A caminho da SIC, o apresentador rescindiu o contrato com a estação de Queluz, avança a TVI. Ljubomir Stanisic tinha contrato até dezembro de 2020. “O Chef Ljubomir Stanisic rescindiu hoje [esta sexta-feira], unilateralmente, o contrato …

Netflix tem uma nova funcionalidade. Os cegos e os surdos agradecem

A nova funcionalidade da Netflix permite alterar a velocidade de reprodução dos seus filmes e séries. Esta é uma novidade bem recebida por espetadores cegos e surdos. A Netflix tem uma nova funcionalidade que permite que …

Cientistas transformam tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade

Uma equipa de investigadores descobriu como converter o pigmento vermelho dos tijolos num plástico condutor de eletricidade. Esse processo permitiu transformar os tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade. Esses supercapacitores de tijolo podem ser …

Primeiro Museu do Godzilla abre no Japão (e os visitantes podem entrar na boca do monstro)

O primeiro Museu do Godzilla do mundo está agora aberto no Japão e tem uma estátua enorme do icónico monstro, em cuja boca se pode entrar de slide. De acordo com a Newsweek, atualmente, os visitantes …