CP só usou um décimo da verba destinada para investimentos

A CP dispõe de 44 milhões de euros para investir durante este ano, mas ainda só gastou 4,7 milhões de euros no primeiro semestre deste ano – ou seja, executou 10,6% da verba total prevista no Orçamento de Estado.

A notícia é avançada nesta terça-feira pelo Jornal de Notícias, que recorre a dados da Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO), que revelam que a evolução da despesa total parece também estar condicionada.

Apesar da tendência de subida do número de passageiros nos últimos anos, a análise da UTAO à execução orçamental até ao mês de junho indica que a Comboios de Portugal está a gastar cada vez menos e em várias frentes.

A empresa tem uma meta de 44 milhões de euros de investimentos para este ano. A ser utilizada a totalidade da verba, representará uma subida de 132% face a 2017.

No entanto, no primeiro semestre do ano, o investimento caiu mais de 10%. Segundo a UTAO, em 2017, ocorreu algo semelhante: a CP teria 19 milhões de euros para investir, mas só aplicou 27% da verba.

Estes números surgem em plena crise ferroviária, na qual já foram suprimidas várias linhas e reduzidos horários. Alguns passageiros  Na terça-feira, o jornal Público noticiou mesmo que a administração da CP estará de saída da empresa, estando já o Governo à procura de uma equipa substituta.

Contenção de despesa

O JN aponta ainda que a contenção também domina a evolução da despesa total da CP: o grau de execução foi de apenas 38% na primeira metade deste ano. A UTAO diz que do orçamento autorizado gastou-se apenas 167 milhões de euros entre janeiro e junho.

Esta taxa de execução é inferior à do programa orçamental do Planeamento e Infraestruturas (44,1%), no qual a CP está inserida, ou mesmo à execução da Infraestruturas de Portugal (46,8%).

Este corte na despesa da empresa ferroviária já é um problema antigo: em 2010 a CP cortou 7,6% na despesa e em 2011 reduziu 5,9%.

No ano seguinte, a redução foi de 5,4%. Depois de dois anos de expansão, 2015 é marcado por um novo corte pronunciado de quase 7%.

O Governo tem recebido fortes críticas da oposição, com vários grupos com assento parlamentar a pedir esclarecimentos sobre a alegada falência na CP.

Apesar disso, o secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme d’Oliveira Martins, rejeitou que a empresa esteja “em situação de colapso”, considerando que a oposição PSD/CDS-PP está “a criar um caso que não existe de todo”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não será tempo de se começarem a responsabilizar AS PESSOAS que administram mal a coisa pública?
    Enquanto isso não acontecer, mantém-se o “jogo das cadeiras” e a brincadeira no recreio continua…

RESPONDER

Jovem que abandonou bebé no lixo esteve 13 anos institucionalizada em Cabo Verde

A jovem que abandonou o filho recém-nascido no lixo, em Lisboa, esteve institucionalizada durante 13 anos em Cabo Verde. A sua mãe está agora a lutar pela guarda da criança. Numa entrevista ao programa Sexta às …

Último debate. Boris defendeu o Brexit e Corbyn falou da Saúde (pelo menos 15 vezes cada um)

No debate televisivo, transmitido pela BBC, o último antes das eleições da próxima quinta-feira, Boris Johnson defendeu que é o melhor preparado para concretizar o Brexit e terminar com o impasse no processo, prometendo ainda …

No São José, há um doente numa cama 9 meses depois de ter alta. Não tem para onde ir

O Centro Hospitalar Lisboa Central tem diariamente uma média de 70 camas ocupadas com doentes que já deviam ter saído do hospital e há atualmente um caso que espera há nove meses por uma solução. Em …

Rio diz ser preocupante "notória desvalorização" que PS faz do ministro das Finanças

O líder do PSD disse, esta sexta-feira, ser preocupante a "notória desvalorização" que o Governo tem feito do ministro da Finanças, apontando como exemplo as novas regras de contratação nas PPP. "Temos assistido nos últimos dias …

Morreu a indiana que foi queimada quando ia a caminho do tribunal

A suposta vítima de violação, que foi incendiada a caminho de uma audiência de tribunal, morreu, esta sexta-feira, num hospital de Nova Deli. A mulher foi atacada por um grupo de homens na cidade de Unnao, no …

André Ventura avança com castração química para quem abusa de menores

André Ventura, líder e deputado único do partido Chega, entregou esta sexta-feira na Assembleia da República um projeto de lei que cria a pena acessória de castração química, agravando a moldura penal para os abusadores …

Centeno com apoios de peso para recandidatura ao Eurogrupo

Ao que tudo indica, o ministro das Finanças não deverá ter grande oposição em Bruxelas caso queira um segundo mandato como presidente do Eurogrupo. De Bruxelas chegam notícias de que Mário Centeno já terá apoios para …

Bruno Lage: "Respeito as opiniões, mas sou eu o treinador"

O Benfica venceu com uma goleada, esta sexta-feira, no terreno do Boavista (4-1) e aumentou provisoriamente para cinco pontos a vantagem sobre o FC Porto na liderança do campeonato. No final do jogo, o treinador do …

Homem fez-se passar por assessor de Marcelo para roubar donativos para Pedrógão

Um homem fez-se passar por assessor de Marcelo Rebelo de Sousa tentar enganar os donos do Grupo Solverde e da Casa Ermelinda Freitas, pedindo dinheiro para as vítimas de Pedrógão Grande, que foi devorada pelas …

PCP quer referendo à regionalização em 2021

O líder parlamentar comunista anunciou, esta sexta-feira, a entrega no Parlamento de um projeto de resolução com o calendário da criação das regiões administrativas em 2021, incluindo um referendo entre abril e junho daquele ano. "PS, …