Costa é o líder europeu que melhor nota recebe pela gestão da pandemia

Julien Warnand / EPA

O primeiro-ministro português surge no topo da confiança dos cidadãos no que se refere à resposta dada pelos Governos de Portugal, Espanha, França, Itália, Reino Unido e Alemanha à crise de Covid-19. António Costa recebe 75% de aprovação contra apenas 27,7% do primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez.

Estes dados resultam de uma compilação feita pelo jornal espanhol ABC em torno de sondagens feitas em Portugal, Espanha, França, Itália, Reino Unido e Alemanha, para aferir a forma como a actuação dos líderes destes países está a ser avaliada pelos seus cidadãos.

António Costa é o líder que se destaca com 75% de aprovação, seguindo-se Giuseppe Conte (71%), o primeiro-ministro de Itália. Angela Merkel, a Chanceler da Alemanha, recebe 63% de aprovação.

O ABC repara que os números de Portugal “se situam muito longe do drama que se vive em Milão ou Madrid”, apontando, contudo, que “aumentam as suspeitas de que a informação oficial apenas representa a ponta do icebergue“. Apesar disso, os “cidadãos renovam a sua confiança no Governo socialista, tendo em vista que aprendeu com os erros dos seus homólogos de Espanha ou Itália“, refere o jornal.

Boris Johnson, o primeiro-ministro britânico, recebe 55% de aprovação, mesmo depois da forma como começou por desvalorizar a pandemia. Ele está infectado com coronavírus, mas continua a governar o país, e conseguiu aumentar a sua popularidade de 33%, antes da pandemia, para os 55% actuais.

Em sentido inverso, o primeiro-ministro de Espanha está com a popularidade em baixa. Pedro Sánchez consegue apenas 27,7% de aprovação.

Também o presidente de França, Emannuel Macron, está a corresponder mal às expectativas dos franceses, contando com apenas 39% de aprovação.

ZAP //

PARTILHAR

29 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns Sr. Primeiro Ministro,estou agradado com a actuação do governo, está a gerir bem a situação, bom trabalho!

    • Está a ser irónico… só pode!!!

      Num país em que não há testes e desse modo o número de infetados aparenta ser menor (apenas porque se desconhece o real número de infetados); num país em que há pessoas que são postas em confinamento obrigatório e depois não lhes fazem os testes finais; num país em que muitos nem sequer são assistidos após longas horas a ligar para a linha saúde24 (há relatos de pessoas que ligaram durantes dois ou três dias sem que lhes fosse dado seguimento); num país em que não foi dado particular cuidado aos lares; num país em que neste momento as empresas ainda não sabem com o que podem contar; num país em que a banca vai ganhar à grande com tudo isto com spreads de 1 a 3% mesmo indo buscar o dinheiro a taxas negativas e tendo o capital praticamente todo garantido pelo Estado; num país em que não há máscaras nem equipamentos de proteção para médicos e enfermeiros (veja o elevado nº de profissionais infetados neste momento); num país em que as duas tontas (a da dgs e a pseudo-ministra da saúde) dizem um dia uma coisa e no dia imediatamente a seguir o seu contrário; num país em que o estado não quis saber da capacidade produtiva nacional instalada que poderia produzir praticamente tudo aquilo que necessitamos (apenas agora se lembrou disso); num país que teimou em não encerrar as fronteiras (fê-lo muito tardiamente e sabendo-se o que estava a acontecer em Espanha…); num país em que se não fosse o Presidente da República não haveria estado de emergência (o governo manteria tudo como estava); e…

      Bem sei que o povo não é muito exigente mas penso que também não é assim tão estúpido para perceber que se não fosse a vontade do povo português neste momento ainda teríamos as escolas abertas e andava tudo por aí normalmente. Basta ver o que se passa com as máscaras. Todos sabem que deverão ser usadas. Pois o governo e a dgs continuam a não recomendar o seu uso. Uma vez mais o povo está a frente de quem governa e adota o uso da máscara. E faz bem. Perante um bando de incompetentes tem de ser o povo sereno a ajuizar e a tomas as decisões corretas.

      Como comecei por referir… boa ironia!

      E já agora digo-lhe uma coisa que desconhece: em breve as aulas serão retomadas. Não porque não exista risco de contágio mas porque o estado está a ficar sem dinheiro e não aguenta mais o atual cenário. Isto é, vão ser tomadas já no início de maio medidas que não se encontram justificadas por questões de saúde mas apenas por critérios economicistas. E sei muito bem do que falo e do que anda a ser debatido.

      • Ventura, és tu?!
        .
        Se a ministra e e directora da DGS são tontas, tu és o quê?
        Tu, que claramente não sabes sequer o que se passa em Portugal, como sabes o que se passa nos outros países comparados?!
        Imagino como estaria o país se fosse governado por iluminados como tu!…

      • Excelente comentário! Alguém com capacidade para discernir corretamente o que por aqui se passa.
        Só lamento que alguns optem pelo profundo desconhecimento da realidade do país como este comentador de futebol dado pelo nome de Eu! É confrangedor ver o quão tacanho pode ser a mente humana.

      • Nenhum País está isento deste contagio. Nenhum Governo é irreprochavél, face a uma Pandemia desta envergadura, nota-se no entanto nas diferentes atitudes de vários Governos, que portugal (mal ou bem), enfrenta esta guerra com uma atitude Cívica apreciável e de certa forma exemplar, reconhecida por alguns dos seus Pares da U.E. Pode discordar da minha analise, mas por enquanto não estamos em situações dramáticas de certos outros Países, esperando que a População Portuguesa continue a respeitar todas as medidas de precaução aconselhadas e impostas por as Autoridades competentes !… Pense bem …. não se trata de uma simples constipação !…. Quanto a falhas, claro que as há, e temos todo o direito e dever de as apontar, mas não se esqueça que a maior solução está nas mãos de nós todos !… Bem haja !

        • E o que nos tem salvado tem sido mesmo a conduta responsável de cada um de nós. Pelo governo, neste momento, ainda não estaríamos no estado de emergência que no fundo lhe foi imposto pelo presidente da república. E, pelo governo, continuaremos todos a andar sem máscara. E tudo o resto…

          • É… o povo é que e responsável porque, pelos incompetentes do governo, andava tudo na praia e na borga… e tudo o resto!…
            E por eles, até os médicos e enfermeiros andavam em máscara… eles querem é matar tudo!…
            Enfim, vives numa realidade paralela e acreditas mesmo nas mentiras que inventas!
            Outro Ventura que só atrapalha e inventa estorias e polémicas para entreter o mais limitados…

            • Pensava que não era possível alguém ser assim tão lerdo. Mas lá está, há sempre mais um carneiro a surpreender-me todos os dias.
              Quanto ao resto o colega não terá percebido que não temos muitos casos porque também não fazemos muitos testes; não temos equipamentos de proteção para médicos e enfermeiros; o governo só decretou o estado de emergência porque tal lhe foi imposto pelo PR; o governo encerrou muito tarde as fronteiras; o governo desprezou a capacidade produtiva nacional; o governo baralhou os apoios e a única coisa que garantiu até ao momento foi um belo negócio para a banca… e por aí fora.
              Enfim, és apenas um palerma. E nada mais do que um palerma obcecado pelo futebol e que quando sai desse domínio só diz disparates. És no fundo um taberneiro.

      • concordo plenamente sem dúvida muito bem escrita essa analogia certíssima a verdade está ai nua e crua certamente não agrada a muita gente instalada que teêm dificuldade em aceitar os graves erros de governação gente incompetente são responsáveis pela perda de vidas que poderiam ter se salvo por tudo tardar vão continuar a errar ao ponto de tornar novamente incontrolável esta pandemia espero que não temos no País pessoas muito mal formadas só contam com o umbigo delas os outros que se lixem depois veêm aplaudir com se ouvesse algo a aplaudir ficaram todos mal na fotografia quem sofre com tudo isto São toda as pessoas que estão na linha da frente arriscando suas vidas para ajudar os outros mesmo confirmando que DGS ANDA A TAPAR BURACOS PROMETENDO O QUE NÃO TEÊM pondo as vidas dos proficionais de saúde em perigo a verdade vem vindo a conta gotas ao tono sempre a muito custo chega até a ser Ridiculo mas um dia vão ser responsabilizados deviam ter feito melhor tinham todas as condições para preparar atempadamente com que tivessem material para o primeiro combate mas a reação foi que não era nada não chegava ao País

  2. Mas pagar o que deve às empresas portuguesas é melhor não… Batam palmas pelo concurso público que foi aberto para enfermeiros a pagar 6.42€ por hora. Isto para os meter na linha da frente da pandemia. A falta geral de equipamento básicos nos hospitais. Estão à espera que os privados continuem a fabricar e doar material? Este governo é uma vergonha, repugnante

    • Admitindo que o governo seja mau, para não o contradizer o Pereira, e outros mais que por aqui andam a querer impor a sua politica, aonde é que o Pereira vai buscar um governo que não seja muito pior que este?

      • Parece que ainda há poucos dias compararam a situação em Portugal com a da República Checa, pois tinham realidades muito parecidas relativas no início do surto da Covida 19 (n.º de habitantes parecido, início do surto na mesma altura…) e por lá as coisas estão muito melhores…
        A questão que coloco é: haverá países que, estando na situação em que Portugal estava, conseguiram fazer pior? Eu não conheço.

RESPONDER

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …

Covid-19. México investiga mercado negro de atestados de óbito falsos

As autoridades da Cidade do México anunciaram que estão a investigar um suposto mercado negro de atestados de óbito relacionado com a covid-19, no dia em que o país registou 625 mortes nas últimas 24 …

Astrónomos descobrem "réplica" do Sol e da Terra a três mil anos-luz

O que diferencia esta descoberta de outros exoplanetas parecidos com a Terra é que a sua estrela tem uma semelhança impressionante com o nosso Sol. Entre os dados da missão Kepler, uma equipa de investigadores identificou …

Sem romarias e festas, milhares de famílias estão a entrar em falência

Milhares de famílias cujo rendimento depende das romarias e festas populares estão a atravessar sérias dificuldades económicas. Os prejuízos ultrapassam os 50 milhões de euros. A suspensão das festas populares e romarias religiosas em todo o …

Corpo de Maria Velho da Costa ficou 11 dias na morgue. Filho critica MP e fala em "massacre psicológico"

Os restos mortais da escritora Maria Velho da Costa, que faleceu a 23 de Maio, ficaram no Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, durante 11 dias, sem que a família tivesse conhecimento de que já …

"Vocês são uns ingratos". Vieira arrasa equipa após empate com o Tondela

Luís Filipe Vieira foi ao balneário falar com os jogadores após o empate com o Tondela. O presidente benfiquista mostrou-se irritado e acusou os futebolistas de ingratidão. Depois do empate do SL Benfica com o CD …

Costa tirou o tapete ao seu "super-ministro" (que é cada vez mais candidato a líder do PS)

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, já foi um peso-pesado do Governo de António Costa, mas o primeiro-ministro desautorizou-o na discussão sobre o futuro da TAP, num claro sinal de que a "lua-de-mel" entre os …

Há dois candidatos na calha para suceder a Centeno. Siza Vieira fora da corrida

Pedro Siza Vieira era apontado como o favorito a suceder a Mário Centeno na pasta das Finanças, mas recusou essa possibilidade. Nelson de Souza e João Leão são agora os dois principais candidatos. Com a saída …