Pessoas que espalham ódio na Internet tendem a ser psicopatas

Os utilizadores da Internet que publicam comentários de ódio sobre outras pessoas tendem a ter traços psicopáticos. Por outro lado, os cientistas não encontraram uma correlação entre essa prática e narcisismo ou maquiavelismo.

Estes utilizadores são diferentes dos chamados “trolls”. Os autores do novo estudo descrevem estes internautas como pessoas que publicam comentários a expressar “atitudes negativas e ofensivas” em relação às inadequações percebidas por outros, “mas não incluindo críticas construtivas”.

Enquanto isso, os trolls foram identificados em projetos anteriores como aqueles que se comportam de uma forma “enganosa, destrutiva ou perturbadora num ambiente social na Internet sem nenhum objetivo instrumental aparente“. Vários estudos já identificaram fortes correlações entre “trolling” e os três atributos da chamada Tríade Negra: psicopatia, narcisismo e maquiavelismo, além do sadismo.

Neste último estudo, publicado em março na revista científica Frontiers in Psychology, os investigadores analisaram os comentários do Facebook relacionados com o fraco desempenho dos atletas polacos nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 em Pyeongchang.

Os utilizadores que tinham publicado opiniões sobre esse assunto foram convidados a preencher uma série de questionários projetados para revelar traços de personalidade como psicopatia, narcisismo, maquiavelismo, inveja, frustração e satisfação com a vida.

No questionário, de acordo com o IFLScience, participaram 94 utilizadores da Internet, 46 dos quais tinham publicado comentários considerados odiosos. Exemplos de declarações de ódio incluem: “Ela desacredita o nosso país e faz isso pelo dinheiro dos contribuintes, devolva o meu dinheiro!” e “Representar o nosso país sendo tão feio deve ser banido”.

Depois de analisar as respostas dos participantes aos questionários, os autores do estudo escreveram que “altas pontuações na subescala Psicopatia eram preditores significativos de comentários de ódio online”, embora nenhuma das outras características pudesse ser usada para prever com segurança publicações online odiosas.

Enquanto isso, os participantes que não apresentavam tendências psicopáticas tendiam a ser mais filosóficos e medidos nos seus comentários, publicando declarações como: “Está tudo bem, mantemos os dedos cruzados, da próxima vez será melhor!”

ZAP //

PARTILHAR

19 COMENTÁRIOS

    • é muito fácil rolular pessoas e saber o estado psiquico delas, sem ao menos conhecer as pessoas, os defeitos que normalmente enchergamos nos outros é juntamente aquelas que carregamos dentro de nós mesmos.

      Cada caso é um caso, é muito fácil também ser um robo dizer amém pra tudo, ser um maria vai com as outras e agir como um gado que vai pacificamente em fila para o matadouro, educação vem de berço sim e essa deve ser mantida, só que tem coisas que não da para aturar senão acaba sendo conivente, mas cada cada caso é um caso,

      é que eu penso, me desculpe quem pensar diferente e não é pessoal e não sou dono da verdade e nem pretendo ser, porque ninguém é o dono da verdade absoluta, pois podemos mudar a qualquer hora

  1. Oh “Eu!”, estás a ver como quem te avisava tinha razão!
    Esperemos que agora vás finalmente ao médico.

      • Ganda maluco!
        Confirmas o que está na notícia?
        Uma coisa sei: não deves ter vida própria e deves ocupar a mente com um ódio ininterrupto, pelo menos é isso que transparece por aqui.

            • O gajo já não vê é nada… e há muito tempo. O problema do Eu! é mesmo a cabeça que não dá para mais.

            • A mim essa personagem faz-me lembrar aquela anedota da pessoa que vai em contra-mão na auto-estrada e ouve na rádio a avisarem para terem cuidado porque há um condutor em contra-mão. Ao que o condutor que vai em contra-mão exclama para ele próprio:
              -Só um condutor em contra-mão?! Eu já vi umas dezenas deles?

              Enfim, cada um vê o que quer… ou o que consegue…
              Já agora, depois deste estudo tb seria interessante publicarem outro acerca das pessoas que sistematicamente fazem questão de ficar com a última palavra. Eu tenho um palpite de que os casos estão relacionados…
              Ficarei à espera de novas evidências…

  2. Efectivamente un questionário a 94 utilizadores da Internet, chega para tais conclusões. Portanto se discordo de algo, mesmo utilizando termos aceitáveis, sou qualificado de Psicopata.

  3. Com todo o respeito, mas discordo da afirmação, não é uma verdade absoluta, pelo menos não na totalidade dos casos, se é verdade que existe discurso de ódio por parte de pessoas que são de facto violentas, porque um psicopata é alguém que tem um comportamento por norma violento, violência verbal e sobretudo física,também não é menos verdade que também existam pessoas que não sendo psicopatas, por vezes também proferem discurso odioso contra outrem, portanto não podem ser feitas generalizações, cada caso é efectivamente um caso, as generalizações são perigosas, não me levem a mal, mais do que apontar o dedo e rotular, há que sensibilizar, consciencializar, o que faz falta na sociedade de hoje é diálogo, compreensão,respeito mútuo, ouvir as pessoas, falta pedagogia para que as pessoas corrijam os seus comportamentos,além disso ninguém é dono da verdade absoluta, todos nós cometemos erros e todos temos momentos de raiva ainda que momentânea, se vamos a rotular tudo e todos , o mundo passa a ser um lugar insuportável para todos.Mais uma vez com todo o respeito , não devemos generalizar, e os estudos são o que são ,nem sempre representam de forma fidedigna as situações, há algum tempo saiu um estudo que sugeria que não havia pessoas totalmente heterossexuais, se assim fosse a raça humana correria perigo de extinção, porque as minorias, com todo o respeito que elas merecem, até ver, não são capazes de procriar, não é fisiologicamente possível um homem engravidar outro, por exemplo, pelo menos até que se prove o contrário, com todo o respeito pelas minorias que são pessoas tão dignas e válidas como qualquer outra pessoa.Portanto, não devemos generalizar, muito obrigado boa tarde!

  4. Enganei-me. Até se parte deste assunto para se chegar à extraordinária conclusão de que um casal de homossexuais não pode gerar descendência.

    • Por favor, não me interprete mal , eu tenho o máximo respeito pelas minorias, apenas dei o exemplo para contextualizar um estudo levado a cabo por um grupo de cientistas britânicos, nunca foi minha intenção diminuir quem quer que fosse, apenas quis dizer que os estudos realizados nem sempre são representativos da generalidade da população.Desculpe se não fui suficientemente esclarecedor, boa noite!

RESPONDER

Ex-Benfica Garay acusa Valência de "campanha difamatória"

Ezequiel Garay acusou o Valência de levar a cabo uma "campanha difamatória" contra si. "Dói ver estas coisas quando estão a prejudicar os que amas", disse o argentino. O ex-jogador do SL Benfica Ezequiel Garay cumpre …

O maior salto em cinco anos. Dívida pública atingiu recorde em abril

A dívida pública aumentou para 262,1 mil milhões de euros em abril, o valor mais alto desde 1995, segundo os dados divulgados pelo Banco de Portugal. A dívida pública aumentou para o valor recorde de 262,1 …

Diabéticos e hipertensos. PSD quer debater alteração que retirou estes doentes de regime excecional

O PSD pediu a apreciação parlamentar do decreto-lei que retirou doentes hipertensos e diabéticos do regime excecional de proteção relativo à covid-19. A apreciação parlamentar permite que a Assembleia da República debata, altere e, no limite, …

Norte sem contágios por covid-19. Grande Lisboa regista 96,5% dos novos casos

Portugal regista hoje 1.424 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que no domingo, e 32.700 infectados, mais 200, segundo o boletim da Direcção-Geral de Saúde (DGS). 193 dos novos casos são na área …

Aviões deixam de ter lotação reduzida a partir desta segunda-feira

Os aviões deixam, a partir desta segunda-feira, de ter a lotação de passageiros reduzida a dois terços, mas o uso de máscara comunitária é obrigatório. O Governo alinhou, assim, as regras nacionais pelas regras europeias no …

Marcelo pede que não se passe do "8 para o 80" e alerta para imagem do país

O Presidente da República reiterou hoje o apelo à população para que não se passe “do 8 para o 80” nas medidas de prevenção da covid-19, alertando para os riscos da imagem do país “cá …

Só metade das crianças deverá voltar ao pré-escolar esta segunda-feira

As crianças em idade pré-escolar regressam esta segunda-feira aos jardins de infância, que voltam a funcionar com novas regras, depois de encerradas durante mais de dois meses, devido à pandemia da covid-19. Apesar do regresso, que …

Dois astronautas (e um dinossauro de peluche) chegaram à EEI à boleia da SpaceX

Para além dos astronautas Doug Hurley e Bob Behnken, seguia a bordo da Crew Dragon um dinossauro de peluche com lantejoulas. E há uma explicação para isso. Este sábado, o foguetão Falcon 9, da SpaceX, fez …

Pescadores já podem capturar sardinha, mas recuo no consumo é uma preocupação

Os pescadores voltam a poder capturar sardinha, a partir desta segunda-feira, e até 31 de julho, com limites diários e semanais, segundo um despacho publicado em Diário da República. De acordo com o diploma, assinado pelo …

Madeirense contesta quarentena obrigatória em Tribunal (e há uma sentença que lhe dá razão)

Uma cidadã madeirense que chegou no domingo à Madeira e recusa cumprir quarentena num hotel entregou um pedido de ‘habeas corpus’ no Juízo de Instrução Criminal do Tribunal do Funchal. A acompanhar o pedido está …