Cortejo fúnebre de Mandela vai percorrer ruas de Pretória durante três dias

Nelson Mandela (foto: John Isaac / ONU)

Nelson Mandela (foto: John Isaac / ONU)

O cortejo fúnebre do antigo presidente sul-africano Nelson Mandela vai percorrer as ruas da capital Pretória durante três dias consecutivos, anunciou hoje o governo sul-africano, encorajando a população a acompanhar o percurso.

“Cada manhã, quando os restos mortais deixarem a casa mortuária para serem expostos ao público, as ruas serão abertas”, disse a porta-voz do governo, Neo Momodu.

“Encorajamos [as pessoas] a colocarem-se ao longo do percurso quando o corpo passar pelas ruas de Pretória” até à sede do governo, indicou Neo Momodu, diretora do Gabinete de Comunicação e Informação governamental.

 

Forças Armadas mobilizadas para ajudar nos preparativos do funeral

As Forças Armadas Sul-Africanas estão a mobilizar parte do seu efetivo para participar nos preparativos do funeral do antigo presidente Nelson Mandela, falecido na quinta-feira aos 95 anos.

Os militares e civis, “cujas unidades têm missões de apoio logístico” devem interromper as férias e cancelar todos as saídas para se apresentarem “nas respetivas unidades, bases ou casernas até à meia-noite”, refere um comunicado das Forças Armadas Nacionais Sul-Africanas (SANDF, na sigla em inglês).

O governo decretou uma semana de luto nacional e a realização de funeral de Estado para o herói da luta contra a segregação racial na África do Sul, que será sepultado a 15 de dezembro em Qunu (no sul).

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …

Sob o nariz dos militares norte-coreanos, ex-ginasta salta muro de 3 metros e foge para a Coreia do Sul

Um homem norte-coreano que queria escapar da sua terra natal deu um salto de quase três metros num muro no início deste mês. O salto, que ocorreu sob os narizes dos soldados, trouxe-o para a …

Islândia quer tornar-se um refúgio para o teletrabalho. Mas não é para todos

A Islândia fez uma série de alterações no seu programa de vistos de trabalho remoto para cidadãos foram do espaço Schengen, tendo como objetivo tornar-se num destino atraente para os trabalhadores que procuram escapar dos …