Correos Express “passa a perna” aos CTT. Empresa quer conquistar Portugal para ter oferta ibérica na Ásia

A empresa espanhola concorrente dos CTT está a monopolizar as entregas ibéricas. Em 2019, comprou 51% da unidade de transporte expresso do grupo logístico Rangel e quer ter centros de distribuição em todo os distritos de Portugal.

As fronteiras entre Portugal e Espanha são irrelevantes quando vistas a milhares de quilómetros de distância pelos gigantes do comércio eletrónico asiático.

Assim, a Correos Express, a empresa de entrega de correio expresso do operador postal público espanhol, a Correos, percebeu que havia uma “necessidade de mercado” por satisfazer.

“Até agora não havia um operador que oferecesse, com garantias e com homogeneidade, a Península Ibérica”, referiu Juan Hermida, diretor-geral da unidade portuguesa, ao Público.

Em 2019, através de um “processo de venda rápido e fácil”, a Correos Express comprou 51% de uma parte do negócio expresso do grupo logístico Rangel, que manteve 49% das ações. O negócio fez-se por 11 milhões de euros.

Hermida recorda que “a partir daí começámos um processo de integração da Correos Express Portugal nos sistemas informáticos da Correos Express Espanha”, dotando a empresa de aplicações informáticas e de software para distribuição.

O responsável afirma que no final deste ano ficará “concluído o primeiro plano de investimentos, que consistiu em mudar as instalações e em ganhar capacidade para a distribuição logística”, garantindo “proximidade com os destinatários finais”.

Automatizámos várias plataformas, principalmente o Porto de Lisboa, e atualmente temos uma capacidade de processamento de sete mil pacotes hora”. O passo seguinte será “quadruplicar esta capacidade, com incorporação de mais classificadores” de encomendas.

Segundo o Público, a empresa dispõe atualmente de nove centros de distribuição e tem como objetivo ter estas infra-estruturas “em todos os distritos de Portugal continental” e “assegurar presença” nos Açores e Madeira.

Juan Hermida desvenda que para “breve” está prevista a inauguração das plataformas de Braga e Viseu, conta o gestor, reconhecendo a “dificuldade em encontrar espaços” adequados em Portugal e “em particular nos grandes núcleos urbanos”.

A proposta comercial da Correos é a de entregar encomendas em qualquer ponto da Península Ibérica em 24 horas, “a um custo otimizado”, sendo que a empresa garante que consegue “pôr um pacote desde Barcelona ou Lérida no Algarve em menos de 24 horas”, refere.

Contudo, nem sempre o trabalho é fácil. Se a Península Ibérica é vista de fora como uma entidade única, as diferenças entre os dois países fazem-se sentir nas margens de negócio, assume Hermida. “São dois países com muitas coisas similares, mas totalmente distintos noutras; no final, acaba por haver um equilíbrio”, refere.

Tendo em conta o contexto pandémico, o gestor explica que a situação fez disparar as compras online num país que ainda “não estava maduro, como o mercado espanhol” e “colocou os volumes de negócio em níveis que eram só previsíveis em 2023 e 2024”.

“A principal dificuldade” no período inicial da crise de saúde pública “foi a contratação de pessoal de distribuição”, ainda que não tenha tido grande impacto.

Em novembro de 2019, a Correos Express Portugal antecipou, em comunicado, que a faturação desse ano iria atingir os 27 milhões de euros.

Juan Hermida diz agora que “o volume de facturação em 2020 não é representativo da realidade da empresa dado o contexto pandémico” e o facto de “não se encontrar consolidada no mercado nacional”.

Sem adiantar números, refere que em maio de 2021 o volume de negócios teve um “crescimento de 98% face ao período homólogo do mês anterior.

Se nos primeiros meses da crise de saúde pública o comércio online disparou, “em Abril, e sobretudo Maio”, o mercado começou “a normalizar”.

De acordo com as estatísticas da Anacom, o tráfego de encomendas cresceu 20% em 2020, mas, no primeiro trimestre de 2021, o crescimento face ao período homólogo foi de 48,7%.

A empresa espera, no futuro, “quando o nível de maturidade o permita”, introduzir novas soluções informáticas para ajudar as empresas “a crescerem e consolidarem-se no mercado online”, inclusive através da criação de um marketplace para pequenos negócios.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Astrónomo amador descobre mais uma lua de Júpiter

Kai Ly revisitou dados captados em 2003 pelo Telescópio Canadá-França-Havai (CFHT) e descobriu uma nova lua na órbita de Júpiter, que ganhou o nome provisório de EJc0061. Segundo a União Astronómica Internacional (IAU), Júpiter tem 79 …

Nova tecnologia microondas permite "ver" através das paredes

Investigadores do US National Institute of Standards and Technology (NIST), nos Estados Unidos, desenvolveram um novo sistema de radar que pode produzir imagens em tempo real de objetos que se encontram atrás de paredes ou …

Pizza para Itália e salmão para a Noruega. Emissora pede desculpa por imagens usadas nos Jogos Olímpicos

O canal de televisão sul-coreano MBC pediu desculpa publicamente após usar imagens para representar países durante a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Fotos de pizza para a comitiva italiana, de salmão para a …

"Quanto mais cedo, melhor". A dona da Marlboro apoia a proibição dos cigarros até 2030

O CEO da Philip Morris Internacional, dona da Marlboro, apoia a proibição da venda de cigarros, mas os activistas anti-tabaco já acusaram a empresa de hipocrisia por tentar comprar uma farmacêutica enquanto lucra com o …

Bezos e Branson não são astronautas, clarifica Administração da Aviação norte-americana

Dúvida instalou-se depois dos voos que levaram os dois bilionários ao espaço. Novas diretrizes da Administração Federal de Aviação vêm esclarecer.  Após os voos que os tornaram nos primeiros turistas espaciais, Jeff Bezos e Richard Branson …

Soldados afegãos buscam refúgio no Paquistão após perderem postos na fronteira

Quase meia centena de soldados afegãos buscaram asilo no Paquistão após perderem para os Talibãs o controle das posições militares na fronteira, informou o exército paquistanês esta segunda-feira. Centenas de soldados do exército afegão e oficiais …

Portugal ultrapassa Estados Unidos em população com vacinação completa

EUA vivem atualmente um planalto no seu processo de vacinação, com pouco mais de meio milhão de cidadãos a serem vacinados diariamente. Desaceleração no ritmo de inoculações é atribuída a motivações pessoais da população e …

Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração …

Novo Banco. Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4.900 milhões de euros, foi "uma fraude …

BCP prevê saída de mais de 800 trabalhadores e admite despedimento coletivo

O presidente do BCP disse esta segunda-feira que deverão sair do banco mais de 800 trabalhadores, abaixo da meta inicial de 1.000, mas que depende dos funcionários que aceitarem rescindir e mantém a possibilidade de …