Coreia do Sul vai criar robôs de guerra à imagem e semelhança de humanos e animais

Chris.Jeriko / Flickr

A Coreia do Sul revelou estar a desenvolver robôs de combate que imitem a forma, os movimentos e demais características dos seres vivos. Seul quer criar máquinas de guerra à imagem e semelhança de animais e humanos. 

De acordo com os militares sul-coreanos, os biorrobots vão assemelhar-se tanto a seres humanos como a animais, como insetos, aves, cobras e até criaturas marinhas.

“Robôs biométricos vão mudar as regras do jogo em guerras futuras. Espera-se que as tecnologias relacionadas com estes robôs possam ter grandes efeitos em toda a indústria de defesa”, disse Park Jeong-eun, porta-voz do Defense Acquisition Program Administration sul-coreana, citada pelo Yonhap.

De acordo com a agência de Seul, vários problemas de engenharia poderiam ser resolvidos  recorrendo a estes robôs, graças às suas características animais otimizadas ao longo de milhões de anos de evolução. Assim que estiverem “alistados” no Exército, estas máquinas poderão ser utilizadas em operações de busca, salvamento ou reconhecimento.

A DAPA prevê que estes robôs, especificamente os insetos biónicos e robôs humanoides,  entrem em ação até 2024. Com base no sucessos da tecnologia, a Coreia do Sul poderia inserir no exército outros biorrobots inspirados noutros animais.

Apesar de os avanços e das benefícios que esta tecnologia sul-coreana poderá trazer, várias organizações manifestaram-se já contra este tipo de máquinas de combate.

Em março passado, um grupo de médicos assinou uma carta aberta, na qual exigiam que estes desenvolvimento de robôs fosse vetado, uma vez que esta tecnologia poderia matar seres vivos sem qualquer supervisão.

Também o multimilionário e CEO da Tesla, Elon Musk, e o físico Stephen Hawking, que faleceu no ano passado, alertaram também para os perigos do desenvolvimento da inteligência artificial. No entender dos especialistas, estas tecnologias podem mesmo vir a exceder a inteligência humana, começando a agir contra a sua programação.

O bilionário chinês e co-fundador da Alibaba, Jack Ma, acredita, por sua vez, que a enorme quantidade de avanços tecnológicos no mundo poderá desencadear um novo conflito global, deixando a Humanidade mais perto da III Guerra Mundial.

“Esta é a terceira revolução tecnológica – já nos estamos a aproximar”, alertou o empresário, no fim de janeiro, no Fórum Económico Mundial em Davos, na Suíça.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Continuamos a tentar acabar com o mundo….
    Para quê isto se não estivermos à espera de fazer uma guerra?
    E para quê?
    Porque o humano não sabe fazer mais nada senão construir para destruir.

  2. Bem visto, Telma!

    “Judgment day is inevitable! You have just posponed it!” (In Terminator – Judgement Day)

    E, já agora, um preciosismo: biometria não é o conceito adequado. biometria (etimologicamente) remete para leitura de corpos biológicos. Claramente não é esse o tema da notícia. Na falta de melhor: autómatos.

RESPONDER

ESA prepara-se para intercetar pela primeira vez um cometa puro

A Agência Espacial Europeia (ESA) desenvolveu um projeto que visa intercetar um cometa puro - um corpo celeste que nunca passou pelo Sistema Solar -, quando este se aproximar da órbita da Terra em meados …

Astrónomos encontraram uma nova (e surpreendente) cratera em Marte

Marte não se "magoa" facilmente mas, quando acontece, o resultado pode ser quase comparado a uma obra de arte. Uma cratera, descoberta em abril pela sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO), é a prova disso. Notável não só …

Elon Musk alerta: Civilização pode colapsar daqui a 30 anos

De acordo com Elon Musk, uma "bomba populacional" vai surgir nas próximas décadas, quando uma população mundial cada vez mais idosa chocar com a queda das taxas de natalidade em todo o mundo. Esta não é …

O mundo árabe está menos religioso. Mas continua homofóbico

Há cada vez mais árabes que dizem não ter religião. Esta é a principal conclusão de uma grande sondagem feita a mais de 25 mil cidadãos de países árabes pelo centro de pesquisa Arab Network …

Tina morreu durante 27 minutos e foi ressuscitada 8 vezes. Quando acordou, escreveu "é real"

Uma mulher norte-americana entrou em paragem cardíaca em fevereiro de 2018 quando se preparava para fazer uma caminhada com o seu marido Brian. Depois de desmaiar, Brian ressuscitando-a duas vezes antes de os paramédicos chegarem para …

"Homem-árvore" pede que as suas mãos sejam amputadas

Abul Bajandar, um homem de 28 anos do Bangladesh conhecido como "Homem-árvore" devido às incomuns verrugas que nascem nos seus membros, pediu que as suas mãos fossem amputadas para aliviar as dores insuportáveis.  Bajandar sofre de …

EUA. Senadores republicanos do Oregon fogem para não aprovar lei ambiental

Senadores estaduais do Oregon, nos Estados Unidos (EUA), encontram-se a monte desde quinta-feira para não votarem uma lei ambiental. Procurados pela polícia, voltaram este domingo a faltar a uma sessão legislativa, impedindo que haja quórum …

O planeta enfrenta um "apartheid climático"

O planeta está confrontado com um “'apartheid' climático”. De um lado, os ricos que se podem adaptar melhor às alterações climáticas, e do outro, os pobres que vão sofrer mais, disse esta segunda-feira um especialista …

Governo repõe 40 horas semanais para trabalhadores do CNB. Greve mantém-se

A partir de 1 de julho, os trabalhadores da Companhia Nacional de Bailado (CNB) voltarão às 40 horas semanais, numa uniformização laboral com os trabalhadores do Teatro Nacional de São Carlos. A decisão foi comunicada, esta …

Nova espécie de planta fóssil descoberta em Gondomar

Annularia noronhai foi encontrada no meio da cidade de Gondomar. Tem 300 milhões de anos, é um parente muito afastado da cavalinha e diz muito sobre o clima da época. Uma nova espécie de planta já …