Coreia do Sul organizou um espetáculo de luzes para agradecer e incentivar o uso de máscara

A Coreia do Sul tem sido dos países com maior sucesso no combate à pandemia de covid-19. Com receio de uma segunda vaga, o Governo organizou uma forma incomum de agradecer aos profissionais de saúde na linha de frente e de lembrar aos cidadãos as medidas preventivas: um espetáculo de luzes.

De acordo com o France24, o evento aconteceu na sexta-feira passada e contou com 300 drones num espetáculo de 10 minutos. Os veículos aéreos não tripulados foram programados para formar imagens acima do rio Han, que atravessa a capital sul-coreana.

A exibição foi organizada pelo Ministério da Terra, Infraestrutura e Transporte e teve como objetivo agradecer aos profissionais de saúde da linha de frente e lembrar aos cidadãos as medidas preventivas, como a lavagem de mãos e o uso de máscara.

O espetáculo começou com mensagem que lembravam aos cidadãos para usar máscaras, lavar as mãos e ter em conta as regras sociais de distanciamento, antes de partilhar uma mensagem de gratidão a médicos, enfermeiras e outras equipas médicas.

No final do espetáculo, os drones formaram um contorno da Península Coreana sobreposta com a mensagem: “Anime-se, República da Coreia”.

Apesar de ser uma forma incomum de tentar melhorar o moral público, os relatórios sugerem que os cidadãos da Coreia do Sul estão com dificuldades em aspetos de prevenção contra o novo coronavírus, particularmente o uso de máscaras – uma tarefa desafiadora nos verões quentes da capital sul-coreana.

A Coréia do Sul foi um dos primeiros países a exigir o uso de máscaras nos transportes coletivos e nos voos. O histórico do país no combate ao vírus tem sido excecional, incluindo testes em massa desde o início e uso generalizado de máscaras.

Embora o uso de máscaras não tenha se tornado uma questão politizada na Coreia do Sul, como nos Estados Unidos, os relatos de incidentes de “fúria de máscaras” no país estão a aumentar, com a polícia a registar 840 lutas, principalmente em transportes públicos, quando certos indivíduos não estão a utilizar máscara.

No final de junho, as autoridades de saúde da Coreia do Sul admitiram que estão a enfrentar uma “segunda onda” de casos de contágio de covid-19 no país, indicando que um fim de semana prolongado no início de maio marcou o início desse período.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

EUA extraditam pai e filho acusados de ajudar Ghosn a fugir do Japão

Dois norte-americanos, pai e filho, procurados por ajudar o ex-presidente da Nissan, Carlos Ghosn, a escapar do Japão numa caixa, foram entregues à custódia japonesa esta segunda-feira. De acordo com o jornal britânico The Guardian, Michael …

Até à Páscoa "as coisas devem ficar como estão", diz António Lacerda Sales

O Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, admitiu, em entrevista ao SAPO24, que foram cometidos erros desde o início da pandemia e defendeu que até à Páscoa "as coisas devem ficar como estão". Um …

Trabalhar no Interior. Benefícios fiscais tiveram impacto de 27 milhões (e programa deve ser prorrogado)

Os benefícios fiscais previstos no Programa de Valorização do Interior (PVI) tiveram um impacto de cerca de 27 milhões de euros em 2020, revelou o Ministério da Coesão Territorial, destacando a aprovação de projetos …

Regulador da aviação trava construção do aeroporto do Montijo

O parecer negativo das câmaras do Seixal e da Moita e a não emissão por Alcochete levaram a Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) a recusar emitir um parecer prévio de viabilidade do aeroporto do …

França aprova vacina da AstraZeneca para maiores de 65 anos. Única dose das vacinas reduz hospitalização nos mais idosos

O Governo francês alargou a idade de toma da vacina da AstraZeneca, que estava reservada para pessoas entre os 50 e os 64 anos. A partir de agora, pessoas com até 75 anos também vão …

OMS diz que é prematuro e "não realista" pensar-se que a pandemia acaba este ano

O diretor executivo do Programa de Emergências em Saúde da OMS diz que é prematuro pensar-se que a pandemia termina até ao fim do ano, mas que é possível é reduzir as hospitalizações e as transmissões …

A escolha de Moedas para Lisboa (ou de como Marcelo puxou os cordelinhos no PSD)

Rui Rio foi forçado a confirmar o nome de Carlos Moedas como candidato do PSD à Câmara de Lisboa depois de ter havido uma fuga de informação para a imprensa. E há quem especule que …

Duterte demite embaixadora no Brasil filmada a agredir funcionária

Esta segunda-feira, Rodrigo Duterte anunciou ter assinado a demissão da embaixadora das Filipinas no Brasil, Marichu Mauro. O Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, demitiu a embaixadora no Brasil, depois de esta ter sido filmada a agredir …

Portugal tem menos de 2 mil internados pela primeira vez desde outubro. Há mais 38 óbitos e 691 novos casos de covid-19

Portugal registou esta terça-feira 691 novos casos de infeção por covid-19 e mais 38 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde, nas …

Marcelo falou com Presidente de Israel sobre vacinação e relações bilaterais

O Presidente da República falou por telefone com o seu homólogo israelita, Reuven Rivlin, sobre a pandemia de covid-19, o processo de vacinação, as relações bilaterais e a situação geopolítica global O Presidente da República, Marcelo …