Coreia do Norte bombardeia unidade militar da Coreia do Sul

Rodong Sinmun / YONHAP

Kim-Jong-un, líder da Coreia do Norte

Kim-Jong-un, líder da Coreia do Norte

A Coreia do Norte bombardeou esta quinta-feira uma unidade militar sul-coreana localizada na secção ocidental da fronteira entre as duas Coreias, revelou a agência de notícias South Yonhap, citando fontes militares.

Pouco antes das 16:00 (07:00 em Lisboa), os sul-coreanos detetaram a trajetória de um míssil disparado de território norte-coreano, da secção ocidental da fronteira que divide a península coreana, disse um porta-voz à agência noticiosa francesa AFP.

Em resposta, a Coreia do Sul disparou dezenas de obuses contra a Coreia do Norte.

“Em resposta, o nosso exército disparou dezenas de obuses de 155 mm em direção ao local de onde as tropas norte-coreanas lançaram o míssil”, de acordo com um comunicado do ministério.

“Reforçamos o nosso nível de alerta e vigiamos atentamente os movimentos do exército norte-coreano”, acrescentou o texto.

Até ao momento, desconhece-se qual a unidade sul-coreana visada, ou mesmo se soldados sul-coreanos foram visados, e não foi assinalado qualquer impacto em território da Coreia do Sul.

Um representante das autoridades locais do município de Yeoncheon, a cerca de 60 quilómetros a norte de Seul, disse que os habitantes de várias aldeias fronteiriças receberam ordens para se protegerem em abrigos antiaéreos.

Os dois países atravessam novamente um novo momento de tensão, depois de, no início do mês, dois soldados sul-coreanos terem ficado gravemente feridos na explosão de minas colocadas na zona sul da fronteira coreana.

Após uma investigação, Seul concluiu que as minas foram colocadas por militares norte-coreanos, infiltrados em território sul-coreano, mas Pyongyang negou qualquer implicação no caso.

Na segunda-feira, 50 mil soldados sul-coreanos e três mil norte-americanos iniciaram manobras militares de larga escala, que simulam um ataque da Coreia do Norte.

Pyongyang classificou o exercício, que vai decorrer até 28 de agosto, como uma “declaração de guerra“.

Norte e Sul continuam tecnicamente em guerra, uma vez que a Guerra da Coreia terminou com a assinatura de um armistício que nunca foi substituído por um tratado de paz entre os dois vizinhos.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. DEIXA_MEEEE rirrr vai-la vaiii, quanto +++ em PAZ se fala ,mais gueera vai HAVENDO,começo a a creditar na VERDADEIRA,biblia,que segundo dizem ser a de JOÃO FERREIRA de ALMEIDA,-segundo dizem ,ois..iiii…
    Ocerto é que isto esta a ficar um CAOS ,mas segundo registo BIBLICOS,vai ser de determinada ESCALA,que vai ser rapido.a a GUEERA ,a 3ª,e PIFFF la vem de NOVO a era de NOÈ,que pareçe que vai ser SIMILAR…..
    Mas IDEOLOGIAS POLITICAS ,e de acordo com o comentário do VASCO, estou a aceitar tal INSANIDADE POLITICA E HUMANA de quem quer TOMAR CONTA do MUNDO,do PLANETA TERRA,que segundo dizem que são os.as MAÇONICOS.as,ILLUMINATYS, etcetc que estão a impor a N.O.M. (Nova Ordem Mundial), e dai um ou mais VÌRUS etc etc ja foram lançados.as e dai a INSANIDADE de grande parte de PODERES ,que estão querendo aniquilar este PLANETA,até ja querem CLONAR Humanos em 3D, vai la vai ,até BARRACA KUBATA abana,…..
    Na sei se hei-de rir +++ ou chorar,enfim SINAIS DOS TEMPOS MODENOS…

    a.g

RESPONDER

Prosecco ou prošek? A batalha da UE entre Itália e Croácia por causa de vinho

Prosecco é provavelmente o vinho italiano mais famoso, mas por trás da efervescência deste néctar, a Itália está numa grande disputa sobre se a Croácia pode vender um vinho de sobremesa com o nome de …

China vai limitar abortos. E nada tem a ver com saúde

A China vai reduzir o número de abortos realizados por motivos que não estejam relacionados com a saúde, anunciou o governo esta segunda-feira, avançando que serão também criadas medidas para evitar a gravidez indesejada. As autoridades …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: SL7, arte e paciência

Líder soma e segue. Leões e dragões vencem à justa. As frases e os números da semana. Visto da Linha de Fundo. Líder reina no castelo Vitória SC 1 (Bruno Duarte 78', g.p.) – SL Benfica …

"Atropelamento e fuga." Terra e Vénus cresceram como planetas rebeldes

Planetas como a Terra e Vénus, que residem dentro de Sistemas Solares, são fruto de repetidas colisões. Esta conclusão desafia os modelos convencionais sobre a formação de planetas. Investigadores do Laboratório Lunar e Planetário (LPL) da …

A origem do "Gigante de Segorbe" pode finalmente ter sido esclarecida

Um novo estudo revela que a origem do "Gigante de Segorbe" pode ser bastante mais complexa daquilo que se pensava. O "Gigante de Segorbe", como é conhecido, foi um indivíduo encontrado por arqueólogos numa necrópole islâmica …

Instagram suspende planos de uma versão da aplicação para crianças

Para já, a empresa ainda não fez se se trata de um abandono temporário ou definitivo. Tempestade mediática em torno da influência das redes sociais na saúde mental dos jovens, sobretudo raparigas, pode ter influenciado …

Com todos os votos contados, PS vence com pior resultado que em 2013 e PSD conquista 113 câmaras

PS continua a ser o partido com mais representação autárquica em Portugal, apesar de cair para números anteriores à liderança de António Costa. PSD recupera das hecatombes de 2013 e 2017. Quase 24 horas depois após …

Presidente sul-coreano admite proibir consumo de carne de cão

O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, admitiu, esta segunda-feira, a possibilidade de proibir o consumo de carne de cão, costume que se tornou "uma vergonha internacional", segundo fonte do seu gabinete. "Não terá chegado …

Pelo menos 24 países criaram novas leis para controlar o conteúdo na Internet, revela relatório

Autoridades de pelo menos 24 países, incluindo os Estados Unidos (EUA), estabeleceram novas regras que determinam o tratamento dos conteúdos por parte das plataformas 'online', concluiu um relatório da Freedom House. No seu relatório anual, intitulado …

Exames nacionais e provas de aferição deverão “retomar a normalidade” este ano

Depois de dois anos letivos condicionados pela pandemia da covid-19, o Governo está apostado em retomar, entre outras formas de avaliação, a obrigatoriedade de exames nacionais nas disciplinas de conclusão do ensino secundário. Os exames nacionais …