/

Coreia do Norte diz que se tornou inevitável bombardear os EUA

10

(dv) CIA PAK / UN / EPA

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Norte, Ri Yong Ho

O ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano, Ri Yong Ho, declarou este sábado na Assembleia-Geral da ONU que é inevitável que a Coreia do Norte atinja o território americano com os seus mísseis, depois de Donald Trump ter chamado ‘homem foguete’ a Kim Jong Un.

A escalada de tensão entre a Coreia do Norte os Estados Unidos, e a troca de insultos entre Kim Jong-un e Donald trump, que Ri Yong Ho qualifica como Mr Evil President, o “Sr. Presidente do Mal”, conheceu este sábado um novo episódio com o discurso do ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano na Assembleia Geral das Nações Unidas.

Durante a sua intervenção, Ri Yong Ho afirmou que depois de o Trump ter chamado “Rocket man” a Kim Jong-un, se tornou inevitável lançar mísseis sobre os EUA. “Através de uma luta tão prolongada e árdua, estamos finalmente a poucos passos da conclusão da força nuclear”, acrescentou Ri Yong Ho.

Ri Yong Ho advertiu que a Coreia do Norte está a entrar na “fase final” de criação de um sistema nuclear, que considera uma “medida de autodefesa” para evitar que os Estados Unidos possam realizar “uma invasão militar”.

O chefe da diplomacia norte-coreana classificou de “injustas” as sanções impostas pelo Conselho de Segurança a Pyongyang pelos seus ensaios balísticos e nucleares, tendo afirmado que não desviariam do seu “caminho para desenvolver a sua potência nuclear”.

A declaração do ministro norte-coreano surge também no dia em que um esquadrão de bombardeiros nucleares norte-americanos fez um voo de reconhecimento perto da costa da Coreia do Norte, no limite do território norte-coreano, para enviar “uma mensagem clara” a Pyongyang, informou o Pentágono.

Foi no ponto mais setentrional da zona desmilitarizada que uma aeronave ou um bombardeiro americano voou pela costa norte-coreana no século XXI, demonstrando o quão sério nós levamos o comportamento perigoso da Coreia do Norte“, referiu a porta-voz do Pentágono, Dana White, em comunicado citado pela agência francesa AFP.

  ZAP //

10 Comments

  1. Não percebo estes gajos da Coreia do Norte. O que é que acham que vão ganhar em ter bombas nucleares de longo alcance? O que ganham é que deixam de querer negociar com a Coreia do Norte e ainda se arriscam a levar eles com um bombardeamento. O pior é que vai haver danos colaterais.

  2. A Coreia do Norte até poderá arrasar a Casa Branca, porque os misseis vão ser certamente lançados a partir de plataformas secretas dentro dos próprios EUA, mas Portugal e o mundo deviam era estar preocupados com o vasto armamento nuclear dos EUA a disposição do presidente Trump. Meus amigos está aberta a corrida as armas!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.