Impasse no Reino Unido. Corbyn não abdica das suas linhas vermelhas (e May também não)

Andy Rain / EPA

O líder do Partido Trabalhista britânico, Jeremy Corbyn

Chumbado o acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia pelos deputados, de forma esmagadora, Theresa May convidou líderes e representantes para tentar encontrar uma solução passível de ser aprovada no Parlamento.

Mas nem a primeira-ministra, nem o líder da oposição parecem dispostos a abdicar das suas “linhas vermelhas”. Jeremy Corbyn recusa mesmo iniciar conversas sem ter garantias de que um divórcio sem acordo não consta nos planos do executivo.

A posição irredutível do líder do Partido Trabalhista já tinha sido apresentada na quarta-feira, na Câmara dos Comuns, no seguimento da rejeição da moção de censura que apresentou ao Governo. Não só a reforçou num discurso em Hastings, como suplicou aos deputados do Labour que a respeitem, através de uma carta.

“O convite de May para conversas com os líderes partidários não passa de uma encenação, não é um esforço sério para encarar a nova realidade”, defendeu Corbyn. “Por isso repito o que já tinha dito à primeira-ministra: gostaria muito de falar com ela – mas o ponto de partida para qualquer conversa sobre o Brexit tem de passar pela exclusão da ameaça de uma desastrosa saída sem acordo”, insistiu.

Na carta enviada aos deputados trabalhistas, explica o Público, Corbyn lançou o repto: “Peço aos colegas que respeitem esta condição e que se abstenham de conversar com o Governo enquanto um no deal não for retirado de cima da mesa”.

Quando esta missiva foi revelada, os deputados trabalhistas Hilary Benn e Yvette Cooper encontravam-se reunidos com o ministro conservador David Lidington. À saída da reunião, condenaram a “teimosia” de Corbyn, apesar de concordarem com as suas exigências.

“Corbyn apenas está a demonstrar que a primeira-ministra não é a única pessoa a ser teimosa”, disse Benn. “O Governo tem de excluir o no deal. Esse é o primeiro passo. O segundo é a primeira-ministra mudar as suas linhas vermelhas”, acrescentou.

Do lado do Governo, há uma forte resistência à negociação de alguns dos pontos-chave da sua estratégia, como o comprovaram os representantes dos Liberais-Democratas, do Partido Nacional Escocês, do Partido Verde ou do Plaid Cymru galês.

“A primeira-ministra foi totalmente clara sobre a importância de o Reino Unido ter uma política comercial independente e acredita que é fundamental honrar o resultado do referendo. E mantém-se firme na defesa desses princípios”, afirmou o representante do Governo, confirmando a indisponibilidade de May para reconsiderar a sua posição sobre um segundo referendo e sobre a manutenção do Reino Unido numa união aduaneira com a UE.

O Governo revelou mesmo um relatório no qual argumenta ser impossível organizar um novo referendo em menos de um ano.

Ministros de May ameaçam demitir-se

Mas os impasses também acontecem dentro do próprio Governo. De acordo com o The Telegraph, há pelo menos 20 ministros – de um total de 28 – a ameaçar uma demissão em bloco por divergências com a primeira-ministra em relação ao Brexit.

A primeira-ministra terá proibido os membros do seu executivo que envidassem esforços para garantir, junto dos deputados na Câmara dos Comuns, que uma uma saída sem o acordo com a UE fosse chumbada.

Um grupo de cinco ministros encarregou-se de entregar pessoalmente essa mensagem à primeira-ministra ao dirigirem-se ao número 10 de Downing Street.

Esta tomada de posição surge depois de, na manhã de quinta-feira, ter surgido uma gravação em que o ministro das Finanças, Philip Hammond, dizia a um grupo de líderes e representantes de importantes empresas, como a Tesco ou a Amazon, que uma saída sem acordo seria impedida pelos deputados na Câmara dos Comuns.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Fã descobriu morada de estrela pop nos reflexos nos olhos de uma selfie e atacou-a

A influencer japonesa Ena Matsouk que integra uma banda pop do país foi atacada sexualmente por um fã, depois de este ter descoberto onde é que morava através de uma selfie que ela publicou nas …

Comer bem melhora ativamente os sintomas de depressão

Uma nova investigação, levada a cabo por cientistas da Universidade Macquarie, na Austrália, sugere uma conexão casual entre a dieta e a depressão. Uma equipa de cientistas da Universidade Macquarie, na Austrália, realizou um estudo controlado …

Presidente da China promete esmagar o corpo e quebrar os ossos aos separatistas

O Presidente da China, Xi Jinping, afirmou que "quem tentar atividades separatistas em qualquer lugar da China acabará com o corpo esmagado e os ossos quebrados", de acordo com a edição digital desta segunda-feora do …

Ucrânia 2 vs 1 Portugal | Adeus ao primeiro em dia de CR700

O primeiro lugar do Grupo B já não foge à Ucrânia. Portugal foi a Kiev dominar e atacar muito, com 24 remates e diversas oportunidades, mas esbarrou no guarda-redes Andriy Pyatov – tal como no …

Primeira protagonista feminina de Astérix é parecida com a ativista Greta Thunberg

Como sempre, a saída de um novo álbum de Astérix, o grande herói da banda desenhada franco-belga, está rodeado de um grande segredo. Aliás, não poderia ser de outro modo pois é também um irredutível …

O Fortnite, um dos jogos mais populares do mundo, foi "engolido" por um buraco negro e desapareceu

O Fortnite, que já é considerado um dos jogos mais populares da atualidade, desapareceu durante o fim-de-semana. Agora, o que surge no ecrã dos jogadores, depois do fim da temporada X, é apenas um buraco …

Kais Saied eleito Presidente da Tunísia com 72,71% dos votos

O professor universitário Kais Saied, um estreante no mundo da política, foi eleito Presidente da Tunísia com 72,71% dos votos na segunda volta das presidenciais antecipadas de domingo, anunciou esta segunda-feira a instância eleitoral (Isie). De …

Série SpongeBob acusada de "violência", "racismo" e de perpetuar o "colonialismo"

A série infantil SpongeBob foi acusada de perpetuar o "racismo" e o "colonialismo" junto dos mais novos. A crítica é feita por uma professora da Universidade de Washington. No fundo do mar, a vida parece feliz. …

Neymar pára quatro semanas devido a lesão na coxa

O futebolista do Paris Saint-Germain Neymar (PSG) vai ficar afastado da competição nas próximas quatro semanas, após ter contraído uma lesão na coxa ao serviço da seleção brasileira, informou esta segunda-feira o clube francês no …

Vitor Baía e Villas-Boas voltam a abordar o futuro como potenciais sucessores de Pinto da Costa no FC Porto

André Villas-Boas foi entrevistado pela rádio France 3 e voltou a falar do sonho de ser presidente do FC Porto. Já Vitor Baía diz estar em paz em relação ao que poderá acontecer quando Pinto …