Constâncio garante que não esteve na reunião que aprovou posição de Berardo no BCP

Manuel de Almeida / Lusa

Vítor Constâncio na comissão parlamentar de inquérito à recapitalização e gestão da CGD

Vítor Constâncio garantiu este sábado que não participou na reunião do Conselho de Administração do Banco de Portugal (BdP) que autorizou a participação qualificada do investidor Joe Berardo no Banco Comercial Português (BCP).

Numa nota enviada à Lusa, o ex-vice-presidente do Banco Central Europeu, que à data dos factos liderava o BdP, diz que recebeu essa informação da instituição que liderou. “Recebi hoje do Banco de Portugal a informação de que não participei na Reunião do Conselho de Administração de 21 de Agosto de 2007, que decidiu não objetar à participação superior a 5% da Fundação Berardo no capital do Banco Comercial Português”.

Este facto, ainda segundo a mesma nota de Vítor Constâncio, “prova como as decisões de uma instituição não devem ser pessoalizadas”. Para Constâncio, o não ter participado na reunião demonstra também que não autorizou “pessoalmente” a “operação de compra de ações bem como a operação de crédito e o levantamento de elevado montante de fundos, que, aliás, já tinha sido legalmente concedida pela CGD meses antes”.

“Reitero, portanto, que a decisão que foi tomada pelo Conselho do BP [Banco de Portugal] não implicou, nem um aval à concessão desse crédito que já tinha sido legal e autonomamente decidido pela CGD [Caixa Geral de Depósitos], nem um julgamento sobre a natureza da operação”, conclui o economista.

Os esclarecimentos de Vítor Constâncio surgem depois de na sexta-feira o jornal Público ter revelado documentos, a que posteriormente a Lusa também teve acesso, que mostram que a operação de entrada de Joe Berardo no BCP tinha sido autorizada pelo BdP, mesmo sabendo que as verbas necessárias para essa operação provinham de um crédito de 350 milhões de euros contraídos junto da CGD.

Segundo esses documentos, dois membros da supervisão bancária do BdP, Carlos Nunes e Virgílio Mendes, assinaram uma carta em que se pode ler que “o Conselho de Administração do Banco de Portugal, em sessão de 21 de agosto de 2007, deliberou não se opor à detenção por parte da Fundação José Berardo de uma participação qualificada superior a 5% e inferior a 10% no capital social do Banco Comercial Português SA e inerentes direitos de voto”.

É essa reunião realizada em 21 de agosto que Vítor Constâncio vem agora dizer que não participou.

Numa cópia do extrato da ata da referida reunião, a que a Lusa teve acesso, pode confirmar-se que a mesma foi presidida pelo vice-governador José de Matos, tendo estado ainda presentes, o vice-governador Pedro Duarte Neves, e os administradores Manuel Sebastião e Silveira Godinho e ainda, em representação do Conselho de Auditoria, Sérgio Nunes.

Em 2015, segundo uma auditoria da EY à Caixa Geral de Depósitos (CGD), a exposição do banco público à Fundação José Berardo era de 268 milhões de euros, depois de uma concessão de crédito de 350 milhões de euros para compra de ações no BCP, dando como garantia as próprias ações, que desvalorizaram consideravelmente e geraram grandes perdas para o banco.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Portanto ele não esteve lá mas aprovou, ainda é pior!Demonstra a falta de responsabilidade deste nem sei o que lhe chame!

  2. Nunca compreendi como é que esta nulidade chegou a vice-governador do BCE. Por cá tinha feito um péssimo trabalho enquanto governador do BP. Ficará para a história seguramente como o pior governador de sempre do BP. E depois mandam-no para o BCE?!!!!

RESPONDER

O Cometa 67p tem companhia. É uma mini-lua

A nave Rosetta não era o único objeto em redor do Cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko em 2015, de acordo com uma descoberta feita recentemente. No início deste ano, o astrofotógrafo espanhol Jacint Roger estava a “passar os olhos” …

Buraco negro supermassivo poderá "engolir" todo o Universo

A descoberta recente de um buraco negro supermassivo deu aos astrónomos uma nova perspetiva sobre a força potencial destes objetos celestes.  Em entrevista ao Express UK, o cientista David Whitehouse afirma que o Universo poderá, …

Tarantino diz que "Bruce Lee era um tipo arrogante". Filha do ator acha que cineasta deve pedir desculpar

A filha de Bruce Lee, Shannon Lee, disse à revista Variety que Quentin Tarantino "podia pedir desculpa ou dizer 'Eu realmente não sei como o Bruce Lee era. Apenas escrevi para o meu filme. Mas …

Fotógrafo entrou na morgue, tirou fotografias ao corpo de Marilyn Monroe e escondeu-as num cofre

Um famoso fotógrafo tirou fotografias do cadáver nu de Marilyn Monroe e escondeu-as, sem nunca revelá-las ao público. A informação é avançada pelo filho do fotógrafo Leigh Wiener, Devik Wiener, que afirma que o seu pai …

Receber o coração de um porco para transplante pode estar prestes a ser possível

Num futuro muito próximo, os seres humanos poderão receber transplantes de coração de porcos, considera o cirurgião britânico Terence English, de 87 anos, que em 1979 realizou o primeiro transplante cardíaco bem sucedido do Reino …

Elon Musk quer largar bombas nucleares em Marte

https://vimeo.com/354701570 Elon Musk quer bombardear o "planeta vermelho" para torná-lo habitável para a raça humana. Pode parecer contraditório, mas a ideia do fundador da Tesla e da SpaceX até poderia resultar. Bombardear Marte para tornar o planeta …

Mosca negra. A praga que alastra pelo Rio Tejo

Há uma praga a multiplicar-se pelos rios espanhóis, incluindo o Tejo, que está a levar milhares de pessoas às urgências dos hospitais e a afectar os produtores de animais. Trata-se da mosca negra que prolifera …

Descoberta mensagem em garrafa com 50 anos no Alaska. Autor foi descoberto na Rússia

Tyler Ivanoff estava à procura de lenha na costa do Alaska quando encontrou algo muito “maior”: uma garrafa com uma história: tinha 50 anos e uma mensagem no interior. "Estava à procura de lenha. Deparei-me por …

Portugal usa 4 vezes mais luz por candeeiro do que a Alemanha. É o país europeu com mais poluição luminosa

Portugal é o pior país da Europa em poluição luminosa, no que respeita ao fluxo luminoso per capita e fluxo luminoso por produto interno bruto (PIB). Esta é uma das conclusões de um artigo publicado na …

Colunista britânico agredido em Londres. Atacantes seriam ativistas de extrema-direita

O colunista britânico Owen Jones, considerado um dos mais influentes comentadores de esquerda no Reino Unido, foi agredido este sábado num bar em Londres, onde se encontrava a celebrar o seu aniversário. De acordo com o …