Concelho de Portalegre registou o seu primeiro caso (e revela “segredo” para combater pandemia)

Fotomovimiento

Um comportamento recatado e os habitantes sempre alerta com “o bicho” são apontados como os “segredos” que têm “protegido” Fronteira (Portalegre) da covid-19, que só esta semana registou o primeiro infetado desde o início da pandemia.

O único caso existente naquele concelho do distrito de Portalegre foi detetado na quarta-feira a uma jovem do concelho, mas que estuda em Évora.

Maria de Jesus é proprietária de um café no largo do município e, em declarações à agência Lusa, explicou que as pessoas que residem naquela vila alentejana estão “mais preocupadas” com a evolução da pandemia, não existindo movimento nas ruas e no comércio ao final do dia.

“As pessoas estão mais preocupadas, sente-se e vê-se de manhã, à hora de almoço e depois, para o lado da tarde, as pessoas deixam de aparecer, estão mais resguardadas“, disse.

Para a comerciante, o “segredo” do reduzido número de casos no concelho passa pelo pouco movimento existente e pelas “precauções” tomadas pelos habitantes.

“Não há muito movimento, mesmo no verão não houve aquele movimento que havia com as festas do verão, vários eventos que havia e não houve, e também acho que isso contribuiu para não haver casos”, acrescentou.

Já no centro da vila, António Ferreira, que também dirige um café, revela à Lusa que a população vai fazendo uma “vida normal”, tentando cumprir com as regras que os “comandantes disto” vão indicando.

O comerciante, que não se “queixa” da falta de clientes como sucedeu na “anterior crise financeira” alerta, no entanto, que este “bicho” [covid-19] impõe “um bocado respeito” e que “estamos a brincar com a morte”, perante um “inimigo invisível” que “mudou” o mundo.

O concelho de Fronteira tem cerca de três mil habitantes, a maioria da população é envelhecida e no lar da Santa Casa da Misericórdia todos os cuidados são poucos para que o “bicho” não entre naquele espaço.

“O que nós temos feito tem sido, ao fim e ao cabo, o que todas as outras instituições também fizeram: limitámos o acesso dos fornecedores, os nossos colaboradores têm sido estimáveis na colaboração, de eles próprios se prevenirem e evitarem os contágios, e isso julgo que é o fundamental. Quem trabalha com os idosos tenha o máximo de cuidado na sua vida social para que não transporte o vírus para dentro do lar”, explicou à Lusa o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Fronteira, Jaime Teles.

O responsável, que enalteceu a ação do município logo no início da pandemia, com a distribuição de equipamentos individuais de proteção e a colaboração que tem existido ao longo dos tempos entre as diversas entidades no combate ao vírus, relatou ainda que, no interior da instituição, com 70 utentes, o ambiente é “tranquilo”.

“Os lares hoje cada vez mais têm pessoas mais dependentes e algumas com algumas dificuldades já cognitivas, mas aqueles mais conscientes estão bem, nós temos tentado levar-lhes atividades com animação sociocultural para que se sintam bem e, portanto, o ambiente é tranquilo”, disse.

Jaime Telles explicou ainda que as visitas dos familiares e amigos aos utentes são efetuadas no exterior, permanecendo os visitantes num alpendre e os utentes “atrás de uma janela”.

Em declarações à Lusa, o presidente da Câmara de Fronteira, Rogério Silva, elogia o comportamento da população que desde o início e de forma célere “conseguiu assimilar” todo este problema, tendo sido “sensível” no acolhimento das recomendações que eram indicadas pelas autoridades.

Este comportamento, segundo o autarca, obteve resultados que “acabam por ter expressão”, uma vez que passados vários meses desde o início da pandemia só agora surgiu o primeiro caso naquela comunidade.

Eu creio que não há um segredo maior. Aquilo que nós fomos aprendendo ao longo do tempo é que é importante comunicar, é importante sensibilizar, é importante reforçar essa sensibilização, mas eu, sinceramente, aquilo que eu entendo e os resultados até agora de toda esta situação deve-se, essencialmente, ao comportamento de cada um de nós e, felizmente, a população de Fronteira tem assumido esse comportamento”, acrescentou.

Rogério Silva sublinha ainda que tem observado um “recato maior” por parte da população, que está a “combater um inimigo invisível” e que “conhece mal”.

Por último, o autarca apontou como um dos “segredos” para o reduzido número de casos no concelho a gestão efetuada pelo município neste processo, tendo a mesma passado pelo “grande contacto e a grande proximidade”, bem como pela “troca de informação” com as instituições de solidariedade social, bombeiros, agrupamento de escolas, forças de segurança e autoridades de saúde.

“Mantivemos sempre um contacto muito próximo e esse contacto muito próximo acabou por ter efeitos”, concluiu.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O titanossauro mais antigo do mundo foi descoberto na Patagónia

Ninjatitan zapatai viveu há aproximadamente 140 milhões de anos, no início do Cretáceo, na atual Patagónia, na Argentina. Segundo os cientistas, o novo espécime fóssil de tiranossauro pode ser o mais antigo do mundo. Com cerca …

Volvo prepara mudança estratégica e apresenta o seu novo modelo 100% elétrico: o C40 Recharge

A marca de automóveis sueca apresentou o seu novo modelo 100% elétrico: o C40 Recharge. O modelo representa mais um passo no caminho para a eletrificação total da Volvo, já que esta semana a marca …

Benfica 2-0 Estoril | Águia carimba presença na final

O Benfica venceu o Estoril Praia por 2-0, no Estádio da Luz, e apurou-se para a final da Taça de Portugal, a segunda consecutiva do emblema “encarnado”. Os comandados de Jorge Jesus confirmaram a superioridade …

Um reator nuclear pode ajudar a resolver o mistério do desaparecimento de Amelia Earhart

Uma equipa de investigadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos Estados Unidos, vai submeter uma folha de alumínio velha e gasta a um feixe de partículas do coração de um reator nuclear na esperança de …

Musk quer criar uma nova cidade no local de lançamento da SpaceX. Vai chamar-se Starbase

O empresário norte-americano Elon Musk está a tentar criar uma nova cidade chamada Starbase nas instalações de lançamento da SpaceX no Texas, nos Estados Unidos. As instalações da SpaceX no Texas estão localizadas em Boca Chica …

Chatbots: A tecnologia que "ressuscita" os mortos é cada vez mais uma realidade

Foi recentemente revelado que em 2017 a Microsoft patenteou um chatbot que, se construído, ressuscitaria digitalmente os mortos. Usando Inteligência Artificial e machine learning, o chatbot proposto traria o nosso ente querido de volta à …

Casal acertou no jackpot de 210 milhões de euros do Euromilhões (mas não registou o boletim)

Dois jovens britânicos pensaram que tinham ganho 182 milhões de libras (cerca de 210 milhões de euros), mas afinal o boletim não tinha sido registado por falta de dinheiro na conta online. Rachel Kennedy, de 19 …

A Islândia foi atingida por 17 mil terramotos na semana passada (e uma erupção pode estar iminente)

Mesmo para uma ilha vulcânica acostumada a tremores ocasionais, esta foi uma semana incomum para a Islândia. De acordo com o Escritório Meteorológico da Islândia, cerca de 17 mil terramotos atingiram a região sudoeste de …

Mulheres portuguesas trabalham mais uma hora e 13 minutos que os homens

As mulheres portuguesas trabalham em cada dia útil mais uma hora e 13 minutos do que os homens, entre trabalho pago e não pago, continuando a ter maior dificuldade em conciliar a profissão com a …

Três sismos acima de 7 na escala de Richter abalam a Nova Zelândia. Autoridades alertam para tsunami

A costa nordeste da Nova Zelândia foi esta quinta feira atingida por três sismos de magnitude acima de 7 na escala de Richter. A proteção civil emitiu um alerta de tsunami após o primeiro terramoto, …