Comunidade Vida e Paz ajudou 420 pessoas por dia no ano passado

Comunidade Vida e Paz

Em 2019, a Comunidade Vida e Paz apoiou cerca de 420 pessoas em situação de sem-abrigo por dia e distribuiu 138 mil refeições. Além disso, a organização ajudou regularmente 26 famílias carenciadas, entre 78 adultos e 33 crianças.

De acordo com o relatório de atividades e contas da instituição, relativo ao ano passado, os 602 voluntários – distribuídos por quatro equipas que faziam diferentes itinerários pela cidade de Lisboa e no bairro 6 de Maio, na Amadora – distribuíram refeições em cem locais diferentes.

“Em 2019, a Comunidade acompanhou, diariamente, uma média de 420 pessoas, a quem forneceu 138 mil ceias, tendo registado uma ligeira diminuição em relação ao ano anterior, onde foram apoiadas, diariamente, 430 pessoas e distribuídas 140 mil ceias”, refere o documento.

Através do Programa Municipal para as pessoas em situação de sem-abrigo, a equipa técnica esteve no centro da cidade de Lisboa, principalmente nas freguesias de Arroios e Santo António, onde identificou 128 e 43 casos, respetivamente.

“Foram acompanhadas um total de 239 pessoas e destas 60 foram encaminhadas para diferentes entidades como Centros de Alojamento, Hospitais e Comunidades Terapêuticas”, diz a Comunidade Vida e Paz, que faz referência ao facto de 128 casos serem pessoas de nacionalidade estrangeira.

Estas pessoas tinham problemas do foro psicológico (58 casos), questões legais, familiares e financeiras (54), e também problemas de adição – 39 eram toxicodependentes e outros 27 alcoólicos. A equipa técnica da Amadora acompanhou 58 pessoas, entre 14 mulheres e 44 homens, enquanto a equipa técnica da Loures apoiou 73 pessoas sem-abrigo, das quais 12 mulheres e 61 homens.

O apoio às famílias carenciadas “prevê a satisfação das suas necessidades básicas” e, portanto, foram-lhes fornecidas refeições e bens alimentares, além de vestuário, mobiliário e eletrodomésticos. Esta ajuda chegou a 26 agregados familiares, o que corresponde a 111 pessoas, das quais 73 adultos e 33 crianças, o mesmo número que em 2018.

“Relativamente às características das famílias acompanhadas observamos que 50% eram famílias monoparentais e 25% famílias alargadas, com três gerações a viver na mesma habitação, com baixos rendimentos e com situação de desemprego”, lê-se no relatório.

Segundo o relatório, a Comunidade Vida e Paz investiu perto de 204 mil euros em 2019, sendo que 78% foi financiado através de apoios e candidaturas e os restantes 22% por via de auto-financiamento, e que esse valor significa uma taxa de execução de 42% em relação aos cerca de 482 mil euros do total de investimentos desse ano.

Ao contrário do que aconteceu nos dois últimos anos, a Comunidade Vida e Paz conseguiu, em 2019, obter resultados líquidos positivos de mais de 12.300 euros.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …

Os novos iPhones não trazem carregador. Apple poupa muito nos custos, mas não no ambiente

A Apple decidiu vender os seus novos iPhones sem carregador ou auscultadores, alegando que a alteração tem em conta o ambiente, uma vez que serão utilizados menos produtos na embalagem dos telemóveis, mas os especialistas …

Caça ao tesouro secular. Lendária ilha pode esconder Santo Graal, manuscritos de Shakespeare e jóias reais

Perto da Nova Escócia, no Canadá, há uma lendária ilha com misteriosos túneis e estranho artefactos. Há quem acredite que esconde o Santo Graal, os manuscritos de Shakespeare e um tesouro de um capitão. Porém, …

Aprender "baleiês" pode evitar choque de navios com o animal

Uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma nova ideia para salvar as baleias-azuis em migração das colisões com navios. Durante a época de migração das baleias-azuis, os animais enfrentam sérios …

Afinal, os carros elétricos não são a melhor resposta para combater as alterações climáticas

Os carros elétricos, surgem como alternativas mais sustentáveis aos veículos a gasolina ou gasóleo, podem não ser a melhor forma de combater as alterações climáticas no âmbito dos transportes, de acordo com um novo estudo. …

Seria Jesus um mágico? Há arte romana que parece sugerir que sim

Em alguma arte antiga, Jesus é retratado a fazer milagres com algo na mão que parece ser uma varinha. Investigadores sugerem que se trata de um cajado, que era usado como símbolo de poder. Segundo a …

Nem todos os clubes estão a afundar – alguns estão a prosperar durante a pandemia

Nem todos os clubes estão a sofrer às mãos desta pandemia de covid-19. Alguns deles têm conseguido bons resultados financeiros apesar da crise. A covid-19 provou ser um adversário devastador para o desporto profissional em todo …

Kibus: o aparelho que vai revolucionar a forma como os nossos cães se alimentam

Ter cães como melhores amigos pode ser muito benéfico, mas também traz a sua dose de trabalho e responsabilidades. Levar ao veterinário, dar banho, levar a passear, brincar, dar de comer... No fundo é como …