A primeira companhia aérea a voar sem qualquer plástico a bordo é portuguesa

A companhia aérea portuguesa Hi Fly tornou-se a primeira no mundo a voar sem qualquer plástico a bordo. A viagem aconteceu no passado dia 26 de dezembro.

De acordo com o comunicado da companhia, o voo teve origem em Lisboa e destino em Natal, no Brasil, e contou com a presença de 700 passageiros. A companhia pretende realizar todas as ligações sem plástico: o que deve acontecer daqui a um ano, no final de 2019, segundo o que diz Paulo Mirpuri, presidente da Hi Fly.

“Estes voos de teste vão impedir que cerca de 350 quilogramas de plástico envenenem o nosso ambiente. Mais de 100 mil voos descolam todos os dias e, apenas durante o ano passado, os voos comerciais transportaram quase quatro mil milhões de passageiros. E é esperado que este número duplique dentro de 20 anos. Aqui, o potencial para marcar a diferença é enorme”, explicou Mirpuri em declarações ao Lonely Planet.

Para realizar o primeiro voo sem plástico à escala mundial, a Hi Fly substituiu vários objetos normalmente feitos de plástico, como copos, colheres, garrafas e escovas de dentes, por utensílios recicláveis feitos de bambu e embalagens de papel.

Também antes do voo, o presidente acrescentou: “Estamos obviamente bastante entusiasmados por sermos a companhia aérea pioneira no mundo nesta iniciativa.” “A nossa missão corporativa é baseada na sustentabilidade e trabalhamos lado a lado com a Fundação Mirpuri para garantir que as nossas práticas corporativas correspondam às nossas responsabilidades mais amplas para com o planeta.”

Pedro Ramos, o diretor-geral do operador turístico Alto Astral, a empresa que fretou os voos entre Lisboa e o Brasil, comentou a forte satisfação da sua empresa em participar neste importante evento do setor. “A Alto Astral está muito entusiasmada por estar envolvida nesta iniciativa e acreditamos que as futuras gerações agradecerão àqueles que estão já preparados para fazer a diferença agora”.

A opção das companhias aéreas por materiais reutilizáveis e sem plástico tem sido uma constante nos últimos anos, muito graças aos constantes alertas feitos pelos ambientalistas para os efeitos nocivos que o material, presente numa variedade enorme de objetos, tem.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Afinal comer um ovo por dia é mau outra vez

Afinal, comer um ovo por dia não é assim tão bom para a saúde como estudos recentes sugeriam. O maior consumo de ovos e colesterol pode aumentar o risco de doenças cardíacas e de morte …

Na Colômbia, há um "arco-íris líquido" que é descrito como a 8ª maravilha do mundo

Escondido nos confins da Serra da Macarena, na Colômbia, está o rio Caño Cristales. De dezembro a maio, o curso de água é como outro qualquer, apesar de estar rodeado de um dos ecossistemas mais …

Com uma nova interface neural, a telepatia já é possível

Uma equipa internacional de cientistas deu um passo adiante no desenvolvimento de interfaces neuronais para propor uma interface que envolve a transferência de informação entre as pessoas diretamente. As interfaces cérebro-computador podem melhorar as habilidades individuais …

Bombeiros profissionais ameaçam deixar de prestar serviço voluntário nas corporações

Os bombeiros voluntários das associações humanitárias admitem deixar de prestar serviço voluntário nas corporações, caso a Liga dos Bombeiros Portugueses continue por concluir o acordo coletivo de trabalho, que está em negociação há mais de …

Baleia encontrada morta nas Filipinas com 40 quilos de plástico no estômago

Uma baleia foi encontrada morta na sexta-feira, na costa sudeste das Filipinas, com 40 quilos de plástico no estômago, informou a imprensa local. O cetáceo, uma baleia-bicuda-de-cuvier, apareceu na sexta-feira à beira-mar no município de Mabini, …

Macron convoca reforços após novos confrontos de coletes amarelos

A nova manifestação de "coletes amarelos", no sábado, registou distúrbios violentos na capital francesa. Como resposta, o presidente francês Emmanuel Macron convocou um reforço das forças de segurança. O dia de sábado marcou mais um protesto …

Pedidos de nacionalidade portuguesa aumentaram 50% em dois anos

Nos últimos dois anos, o número de pedidos de nacionalidade portuguesa aumentou cerca de 50%, avança o jornal Público esta segunda-feira. Se em 2016 foram 117.629 os cidadãos estrangeiros que pediram a nacionalidade portuguesa, em 2018 …

Não há democracia na Coreia do Norte? "É uma opinião", diz Jerónimo

Jerónimo de Sousa evitou classificar o regime de Kim Jong-un em termos "de ser ou não ser" uma democracia. A Coreia do Norte é ou não uma democracia? "É uma opinião", respondeu Jerónimo de Sousa. Numa …

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …