///

Comissário da PSP de Braga suspeito de ameaçar a família com arma de serviço

2

Tiago Petinga / Lusa

Alpoim Miranda, que chefia o Núcleo de Armas e Explosivos do Comando Distrital da PSP de Braga é suspeito de ameaçar a mulher e o filho com a arma de serviço. O comissário entregou, na terça-feira, as armas de fogo que tinha consigo.

Um membro da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Braga é suspeito de ter ameaçado a mulher e o filho com uma pistola de calibre de guerra, num quadro de alegadas situações de violência doméstica e, até coação física, dentro da residência familiar em Braga.

O comissário Alpoim Miranda, que chefia o Núcleo de Armas e Explosivos do Comando Distrital da PSP de Braga entregou, na terça-feira, aos seus superiores hierárquicos, ambas as armas de fogo que tinha consigo, uma de serviço e outra particular, estando a aguardar decisão de âmbito disciplinar, na sequência da participação policial do caso.

A situação ocorreu na segunda-feira, em Braga e, foi chamada a PSP, através de uma patrulha, que registou a ocorrência. Depois, foi dado conhecimento ao Ministério Público (MP), para eventual procedimento criminal.

A PSP deverá abrir um processo disciplinar ao comissário que está a ser investigado por violência doméstica. A queixa de violência doméstica seguiu para o MP de Braga, que deverá ouvir o suspeito e constituí-lo arguido, sujeitando-o a uma medida de coação.

Arlindo Jorge Alpoim Miranda prestou serviço no Comando Metropolitano da PSP do Porto e chefiou a Esquadra de Ponte de Lima (Comando da PSP de Viana do Castelo), antes de ingressar no Comando Distrital da PSP de Braga, onde chefiou a Esquadra de Trânsito.

O comissário encontra-se de férias e ainda não se sabe se vai continuar em serviço nas atuais funções ou se vai ser suspenso quando regressar.

  DR, ZAP //

2 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE