Comer nozes pode reduzir o risco de doenças cardíacas

O consumo regular de nozes mostrou ser altamente benéfico no que toca à redução do risco de doenças cardíacas. Este fruto seco parece ter um efeito anti-inflamatório.

As nozes são um dos frutos secos mais nutritivos que podemos comer. Além de proteínas, hidratos de carbono e lípidos insaturados, são também ricas em zinco, potássio, fósforo, magnésio e vitamina B6.

Naquele que é o maior e mais longo estudo científico sobre os vários benefícios desta fruto seco, os investigadores descobriram que o seu consumo regular em adultos mais velhos pode diminuir o risco de doenças cardíacas, reduzindo a concentração de certos biomarcadores inflamatórios.

Os resultados do estudo publicado recentemente na revista Journal of the American College of Cardiology mostram que as pessoas na faixa etária dos 60 e 70 anos que consomem regularmente nozes podem ter uma inflamação menor, um fator associado a um risco menor de doenças cardíacas, comparativamente com aqueles que não comem nozes.

Neste estudo, mais de 600 idosos saudáveis consumiram entre 30 e 60 gramas de nozes por dia ou seguiram a sua dieta padrão, sem nozes, durante dois anos.

Dos dez marcadores inflamatórios mais conhecidos que foram medidos no estudo, seis foram significativamente reduzidos com a dieta de nozes. Entre esses marcadores destaca-se a interleucina-1β, uma potente citocina pró-inflamatória cuja inatividade farmacológica foi fortemente associada a taxas reduzidas de doenças cardíacas, explica o SciTechDaily.

“A inflamação aguda é um processo fisiológico decorrente da ativação do sistema imunológico por lesão, como trauma ou infeção, e é uma importante defesa do organismo“, começa por dizer Emilio Ros, autor principal do estudo.

“A inflamação de curto prazo ajuda-nos a curar feridas e a combater infeções, mas a inflamação que persiste com o tempo, causada por fatores como dieta inadequada, obesidade, stresse e tensão arterial alta, é prejudicial em vez de benéfica, principalmente no que diz respeito às doenças cardiovasculares”, acrescenta o investigador.

As descobertas deste estudo sugerem que as nozes são um alimento que pode diminuir a inflamação crónica, o que pode ajudar a reduzir o risco de doenças cardíacas.

Ros explica ainda que “as nozes têm uma mistura ideal de nutrientes essenciais […] que provavelmente desempenham um papel no seu efeito anti-inflamatório”.

Embora os resultados sejam altamente promissores, o estudo tem as suas limitações. Os participantes do estudo eram adultos mais velhos saudáveis com a opção de comer uma variedade de outros alimentos além das nozes.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ai-Da, a robô artista, foi detida no Egito antes da sua mais recente exposição

Ai-Da, a primeira robô artista ultrarrealista do mundo, foi detida pelas autoridades egípcias na alfândega por "questões de segurança". De acordo com o jornal The Guardian, está previsto que Ai-Da apresente o seu último trabalho na …

Albertina Museum, em Viena, na Áustria

Cansados de ver posts removidos por nudez, museus de Viena aderiram ao OnlyFans

Cansados de ver as obras de arte que partilhavam nas redes sociais removidas por serem demasiado "explícitas", vários museus austríacos decidiram abrir uma conta na plataforma mais liberal OnlyFans. No passado, tanto o Conselho de Turismo …

O pior desastre nuclear da história dos EUA pode ter sido fruto de uma brincadeira

O SL-1 era um reator nuclear experimental de baixa potência, localizado no Idaho, nos EUA, que tinha como objetivo fornecer energia a pequenas instalações militares remotas no início dos anos 1960. O reator acabou por ficar …

PJ deteve quarto suspeito da morte de jovem no metro das Laranjeiras

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, ao final da tarde desta quinta-feira, um quarto suspeito da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa. Durante a tarde de hoje, em conferência …

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, a ministra da Cultura, Graça Fonseca, e a ministra da Saúde, Marta Temido

Saúde, Trabalho e Cultura. As medidas aprovadas pelo Governo para facilitar a negociação do OE

Novo Estatuto do Serviço Nacional de Saúde, Agenda do Trabalho Digno e a versão final do Estatuto dos Profissionais da Cultura foram os grandes destaques da conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta …

Banido do Facebook, Donald Trump aposta na criação da sua própria rede social

Nova rede social deverá estar disponível a partir do início do próximo ano e é uma resposta do antigo presidente às empresas que o decidiram banir. O antigo Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump anunciou o …

Um cigarro aceso

"Fumar mata." Deputados britânicos querem que o aviso seja impresso em cada cigarro

Para desencorajar os fumadores, os deputados britânicos querem imprimir o slogan "Fumar mata" em cada cigarro de um maço de tabaco. Deputados britânicos apresentaram, no Parlamento, uma emenda à Lei de Saúde e Cuidados de Saúde …

Ludogorets 0-1 Braga | Horta bracarense dá frutos cedo

O Sporting de Braga conseguiu um importante triunfo por 1-0 na deslocação ao terreno do Ludogorets, no Grupo F da Liga Europa. A formação lusa não quis perder tempo e marcou logo aos sete minutos, por …

PJ admite mais pessoas envolvidas na morte de jovem no metro das Laranjeiras

A Polícia Judiciária (PJ) admitiu, esta quinta-feira, que estejam mais pessoas envolvidas na morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa. Os dados foram avançados esta tarde, em conferência de …

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo continua a "desejar e a esperar que haja uma possibilidade de o OE passar"

O Presidente da República afirmou, esta quinta-feira, que continua "a desejar e a esperar que haja uma possibilidade de o Orçamento passar" e considerou que os próximos dias, com reuniões partidárias até ao fim-de-semana, "são …