Comer nozes todos os dias previne um monte de problemas

Uma enorme análise de todos os estudos recentes sobre o consumo de nozes mostra que as pessoas que comem pelo menos 20 gramas deste fruto seco todos os dias têm menos riscos de doenças cardíacas, cancro e outros problemas de saúde.

Segundo o estudo, uma mão cheia de nozes por dia – cerca de 20 gramas – diminui em 30% a probabilidade de vir a ter doenças cardíacas, em 15% o risco de cancro e o risco de morte no geral em 22%. Além disso, essa quantidade está associada à redução em 50% dos riscos de morte por doenças respiratórias e 40% menos probabilidade de desenvolver diabetes.

Esta análise foi realizada por investigadores da Imperial College London, no Reino Unido, e pela Norwegian University, na Noruega, e foi publicada na revista BMC Medicine.

Os investigadores analisaram 29 estudos publicados em todo o mundo, que envolveram 819 mil participantes, sendo que 12 mil eram casos de doenças cardíacas coronárias, nove mil de derrame e 18 mil de doenças cardiovasculares e cancro. Desses participantes, 85 mil morreram durante os estudos.

Enquanto havia variação entre as populações estudadas, como entre homens e mulheres, pessoas a viver em regiões diferentes ou voluntários com diferentes fatores de risco, os cientistas descobriram que o consumo de nozes trouxe benefícios para a maioria.

“Em estudos de nutrição, a maioria da pesquisa é feita tendo em conta a mortalidade associada a doenças de coração, derrame e cancro, mas agora começamos a ver dados sobre outras doenças”, diz Dagfinn Aune, um dos autores da pesquisa.

O estudo incluiu não só as nozes, mas também as avelãs ou amendoins que, na verdade, são um tipo de legume ou vagem.

O que torna estes frutos secos tão saudáveis é o facto de serem ricos em fibra, magnésio e gordura poli-insaturada, benéficos para diminuir doenças cardíacas e níveis de colesterol.

“Algumas nozes, como a noz comum e a noz pecan, são ricas em antioxidantes, que podem diminuir o risco de cancro. Apesar de serem ricas em gordura, também são ricas em fibra e proteína e há sinais de que podem ajudar a diminuir o risco de obesidade a longo prazo”, constata Aune.

O estudo também mostrou que consumir mais de 20 gramas de nozes por dia não aumenta os benefícios para a saúde.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • Caro XPTO,
      Obrigado pelo seu reparo. Sabemos bem o significado de nuts e walnuts.
      (e teria sido pior se tivéssemos dito que comer malucos faz bem à saúde)
      O artigo explicita com clareza que se trata de frutos secos. No título optámos por exemplificar com “nozes” a expressão “frutos secos”, como poderíamos ter dito “tremoços” se estivéssemos a falar de leguminosas.

Responder a Xpto Cancelar resposta

Em plena pandemia, houve cinco setores que conseguiram faturar mais do que em 2019

Apesar de a pandemia ter levado muitos setores da economia para os piores resultados de sempre, nem todos perderam faturação durante os meses de março a novembro da crise sanitária, algum conseguiram mesmo aumentar. Neste sentido, …

Pesadelo de Özil no Arsenal chega ao fim com transferência para o Fenerbahçe

O futebolista alemão Mesut Özil, dos ingleses do Arsenal, confirmou que vai assinar pelos turcos do Fenerbahçe, depois de vários meses sem jogar pelos 'gunners'. "Estou muito feliz e muito animado, por Deus me ter dado …

Palácio mais antigo da China é descoberto perto de antiga capital. Tem mais de 5000 anos

Um Palácio descoberto no sítio arqueológico de Shuanghuaishu, nos arredores da cidade de Zhengzhou, uma das oito capitais antigas da China, foi construído por volta de 3300 a.C., ou seja, tem atualmente cerca de 5.300 …

"Há exceções a mais". Marques Mendes defende que Governo deve reavaliar medidas de confinamento

No seu habitual espaço de comentário na SIC, no domingo à noite, Luís Marques Mendes falou sobre as novas medidas de confinanento e das eleições presidenciais. Depois de uma semana a bater recordes em números de …

O cenário "é de guerra" e o medo é de a perder. Temido admite que "estamos muito próximos do limite"

Após uma visita ao Hospital Garcia de Orta, que alertava no sábado para um "cenário de pré-catástrofe", Marta Temido admitiu que o Serviço Nacional de Saúde, os operadores sociais e privados estão em "extremo sobreesforço". Marta …

Discutir sobre temas controversos requer mais atividade cerebral do que concordar

Uma nova investigação da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, confirmou aquilo que o senso comum já vaticinava: discutir sobre temas controversos requer muito mais atividade cerebral do que simplesmente concordar. De acordo com a nova …

Estado de emergência vai manter-se até março. Marcelo admite confinar mais o país

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, esteve este domingo no Hospital Santa Maria, em Lisboa, onde admitiu confinar mais o país devido à pressão nos hospitais. Em declarações aos jornalistas, Marcelo Rebelo de Sousa, …

"São dores de crescimento". CNE admite problemas no voto antecipado, mas promete solução no futuro

Domingo foi dia de voto antecipado para 246.880 eleitores, um número recorde desde que esta modalidade foi introduzida no país. As longas filas e alguns ajuntamentos, numa altura em que o país vive um novo …

Costa convoca Conselho de Ministros extraordinário. Café ao postigo em risco (e ATL até 12 anos podem reabrir)

O Governo convocou um Conselho de Ministros extraordinário para decidir novas medidas de confinamento. Em cima da mesa estará a hipótese de acabar com o café ao postigo e a possível abertura dos ATL até …

Sérgio Oliveira, Luis Díaz e Evanilson testam positivo e vão falhar clássico

Os três jogadores azuis e brancos testaram positivo à covid-19, este domingo, e falham assim o jogo frente ao Sporting na meia-final da Taça da Liga. De acordo com o jornal A Bola, os jogadores do …