Começou descida da sonda europeia Schiaparelli em direção a Marte

A sonda europeia Schiaparelli iniciou no domingo uma descida de três dias em direção a Marte e a sonda científico TGO que a transportou está de boa saúde, depois de ter dado, por um breve período, preocupações aos engenheiros.

ExoMars

“Tudo regressou à ordem”, declarou Jocelyne Landeau-Constantin, do Centro Europeu de Operações Espaciais (ESOC), em Darmstadt, na Alemanha, citada pela AFP.

Durante uma hora, os engenheiros deixaram de receber os dados telemétricos que permitiam acompanhar o estado de saúde da sonda, explicou Michel Denis, diretor de operações do voo da ExoMars 2016, o programa de exploração robótica de Marte, uma colaboração entre as agências espaciais europeia (ESA) e russa (Roscosmos).

“Não posso dizer que não estava preocupado, mas nós nunca perdemos a ligação com a sonda. E estamos treinados para situações bastante piores”, comentou.

A sonda europeia e russa TGO (Trace Gas Orbiter) deve mudar de trajetória durante a noite para se afastar de Marte, porque se não colidiria com o planeta, e entrará na quarta-feira em órbita em torno do planeta vermelho.

A TGO está de boa saúde, resistiu bem” à separação, acrescentou Michel Denis.

Após uma viagem de sete meses para chegar a Marte, a Schiaparelli separou-se às 14h42 TMG (15h42 de Lisboa) da TGO, e tudo está a correr bem também para a Schiaparelli, que está a emitir sinal, disse Denis.

Aterrar em Marte é um desafio tecnológico para a Europa, que quer provar que domina este exercício difícil.

Até agora, apenas os Estados Unidos conseguiram pousar no planeta vermelho engenhos que conseguiram funcionar.

Trata-se da segunda vez que a Europa tenta aterrar em solo marciano, depois de há 13 anos a sonda europeia Mars Express ter lançado uma mini-sonda Beagle 2, que nunca deu sinal de vida.

Só em 2015 é que as imagens de uma sonda norte-americana permitiram constatar que a Beagle 2 tinha efetivamente aterrado, mas que os seus painéis solares não estavam todos destacados.

O grande voo da Schiaparelli é a primeira etapa da ExoMars, uma ambiciosa missão científica europeia e russa em duas partes, que visa procurar indícios de vida atual e passada em Marte.

A sonda TGO será encarregada de “cheirar” a atmosfera marciana para detetar vestígios de gases como o metano, que poderão indicar a presença de uma forma de vida presente no planeta. Começará a trabalhar no início de 2018.

Em 2020, a Europa e a Rússia enviarão para Marte um grande ‘rover’ que beneficiará da evolução tecnológica da Schiaparelli e realizará perfurações no solo para tentar encontrar vestígios de vide bacteriana passada.

Ambas com componentes ‘made in Portugal’, a TGO e a Schiaparelli, batizada em honra do astrónomo italiano do século XIX, percorreram quase 500 milhões de quilómetros desde o seu lançamento em março por um foguetão russo Proton-M a partir de Baïkonur, no Cazaquistão.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Depois de um conselho nacional tenso, líder do CDS reúne-se com a bancada parlamentar

O líder do CDS vai reunir-se, esta quinta-feira, com os cinco deputados centristas para dialogarem sobre a articulação entre a direção e a bancada parlamentar. Tal como recorda o jornal Público, esta reunião de trabalho acontece depois …

Enquanto Flamengo afasta regresso de Jorge Jesus, o "Galo" vem ao ataque

O treinador benfiquista afasta o cenário de uma saída precoce do Estádio da Luz. O Flamengo rejeita o regresso de Jorge Jesus, enquanto o Atlético Mineiro manifesta o seu interesse. Jorge Jesus foi categórico: "Não vou …

"Ihor gritava como um cão atropelado". Seguranças contam nova versão em tribunal

O segurança Manuel Correia testemunhou esta quarta-feira que “ouviu gritos” de Ihor Homeniuk vindos de uma sala do SEF no aeroporto de Lisboa e que encontrou um dos inspetores com um pé em cima da …

Dos pés de Cancelo para a cabeça de Bernardo Silva. City ganha na Champions com um golo 100% português

Os internacionais portugueses João Cancelo e Bernardo Silva foram fundamentais para a vitória do Manchester City sobre o Borussia Monchengladbach (2-0), na primeira mão dos oitavos da Liga dos Campeões, com ação direta nos dois …

"População não interiorizou a gravidade da situação". Depois de Siza, Cabrita aponta o dedo aos portugueses

Num relatório sobre a aplicação do decreto do estado de emergência na segunda quinzena de janeiro, Eduardo Cabrita justifica o fecho das escolas e o fim das vendas ao postigo, culpando a população pelas decisões …

Esta época há menos 500 clubes. "É o drama absoluto", diz presidente da FPF

Esta época há menos 500 clubes em comparação com a temporada transata. O presidente da FPF, Fernando Gomes, classifica a situação de "drama absoluto". A pandemia de covid-19 e a consequente interrupção das competições foi um …

Psicólogos no recrutamento e mudanças na formação. IGAI quer acabar com discriminação na polícia

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) quer envolver psicólogos no processo de recrutamento de novos polícias e rever os currículos de formação para acabar com práticas discriminatórias nas forças de segurança. As alterações no processo de …

Coleção de joias da era Viking é encontrada na Ilha de Man. É "excecionalmente rara"

Uma coleção de joias da era Viking foi encontrada na Ilha de Man, entre Inglaterra e a Irlanda, em novembro de 2020 e foi agora classificada como tesouro. Os especialistas acreditam que os artefactos, descobertos …

“As brasileiras são mercadoria". Professor da UP suspenso por comentários machistas e xenófobos nas aulas

Após uma denúncia que reuniu assinaturas de mais de uma centena de alunas, o professor auxiliar Pedro Cosme da Costa Vieira foi suspenso pelo período máximo de 90 dias, da Faculdade de Economia da Universidade …

Houve buzinão na Luz (mas sem "carinho"). Jesus culpa covid-19 pela crise do Benfica

Algumas dezenas de adeptos protestaram junto ao Estádio da Luz com um buzinão, entre gritos de "Rua Vieira" devido aos maus resultados do Benfica. Antes disso, Jorge Jesus tinha apelado a um "buzinão de carinho" …