Colômbia é o novo foco da covid-19 na América Latina

AlCortés / Flickr

A Colômbia registou, esta quarta-feira, um recorde diário de 380 mortes por covid-19 e tornou-se no novo foco da doença na América Latina após superar na véspera os dez mil casos em 24 horas.

O balanço feito pelas autoridades elevou o total de óbitos para 9454, e o de infeções para 276.055, após identificarem mais 8670 casos positivos.

Das mortes registadas pelo Ministério da Saúde, 125 ocorreram em Bogotá, principal foco da covid-19 no país.

O Brasil ultrapassou os 90 mil mortos e 2,5 milhões de pessoas infetadas pela covid-19, cerca de cinco meses após o novo coronavírus ser clinicamente detetado num paciente no país, em 26 de fevereiro.

Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Saúde brasileiro, nas últimas 24 horas foram registados 69.074 casos de infeção de covid-19 e 1595 óbitos. O país totaliza, assim, 90.134 mortes e 2.552.265 pessoas infetadas.

O número de óbitos confirmados estabelece um novo recorde para um único dia. Porém, este número foi alcançado de forma atípica, já que o estado de São Paulo, que lidera em número de infeções e óbitos, não divulgou dados na terça-feira, atualizando hoje os dados relativos a dois dias.

O Executivo brasileiro adiantou que 1.787.419 pessoas já são consideradas recuperadas e outras 675.712 estão sob acompanhamento.

Os Estados Unidos ultrapassaram as 150 mil mortes associadas à covid-19, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins.

Desde o início da pandemia, os Estados Unidos registaram mais de 4,38 milhões de casos de infeção, de acordo com relatórios em tempo real desta universidade, sediada em Baltimore.

A Califórnia, a quinta maior economia do mundo, com uma população de quase 40 milhões de habitantes, regista o maior número de infeções, com 473.500 casos. Seguem-se a Florida, com 451.413 casos positivos, e Nova Iorque, que foi o estado mais afetado nos Estados Unidos quanto a infeções e mortes no início da pandemia.

Nova Iorque contabiliza agora 412.878 infeções e 32.653 mortes devido ao novo coronavírus.

A Índia registou 775 mortes nas últimas 24 horas e, pela primeira vez, mais de 50 mil pessoas infetadas com o coronavírus, anunciaram as autoridades de saúde.

O aumento recorde de 52.123 casos elevou o total nacional para 1.583.792. O Ministério da Saúde indicou também que o número total de mortes subiu para 34.968. O número de recuperados na Índia ultrapassou um milhão.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

"Continua a pairar perigosamente". Relógio do Juízo final mantém-se a 100 segundos do Apocalipse

A Humanidade nunca esteve tão perto do Apocalipse, alertam os cientistas responsáveis pelo "Relógio do Juízo Final", que decidiram mantê-lo na mesma posição do ano passado, a 100 segundos da meia-noite. O relógio, que é uma …

A primeira bateria doméstica de hidrogénio armazena três vezes mais energia do que uma da Tesla

Para usar energia solar doméstica, é preciso gerar energia quando o Sol brilha e armazená-la quando não aparece. Para isto, as pessoas usam normalmente sistemas de bateria de lítio. Porém, a empresa australiana Lavo construiu …

Um oásis LGBTQ, Budapeste é posto à prova pelo populismo e pela pandemia

Budapeste é um oásis para a comunidade LGBTQ, mas a cena drag da capital húngara vê-se ameaçada pela pandemia de covid-19 e pelas políticas conservadoras e populistas de Viktor Orbán. Durante muitos anos, Budapeste desfrutou a …

Coreia do Sul "ressuscitou" voz de uma superestrela. Chovem preocupações éticas

Pela primeira vez em 25 anos, a distinta voz da superestrela sul-coreana Kim Kwang-seok será ouvida na televisão nacional. O famoso cantor folk morreu em 1996. De acordo com a CNN, a emissora nacional da Coreia …

Maioria dos países africanos só terá vacinação em massa a partir de 2023

A maioria dos países africanos só terá imunização em massa a partir de 2023, segundo previsão da The Economist Intelligence Unit, que admite que, com o evoluir da pandemia, muitos dos países mais frágeis possam …

Mulher que "morreu" com covid-19 aparece viva 10 dias após funeral

Uma mulher de 85 anos ficou infetada com covid-19 num lar na Galiza, em Espanha. A 13 de janeiro a família de Rogelia Blanco recebeu a informação do lar de que a mulher tinha falecido. …

Familiares de vítimas na China pressionadas a não falar com OMS

As autoridades chinesas estão a pressionar as famílias das primeiras vítimas da covid-19 para que não entrem em contacto com os investigadores da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Wuhan, segundo familiares dos falecidos. Mais de …

Falsas vacinas à venda na Internet são grande risco para a saúde

Embora milhões de pessoas tenham sido já vacinadas contra a covid-19 nos países ricos, proliferam as fraudes na Internet com fármacos falsos que representam um grande risco para a saúde, alertaram peritos das Nações Unidas. As …

Voto prévio no Senado aponta para absolvição de Trump

Na terça-feira, 45 dos 50 republicanos no Senado votaram contra a continuidade do julgamento ao ex-Presidente Donald Trump, considerando inconstitucional que um chefe de Estado que já terminou o mandato seja julgado no Congresso. De acordo …

Estudo revela que um terço dos inquiridos foi vítima de violência doméstica pela primeira vez na pandemia

Quinze por cento dos inquiridos num estudo sobre violência doméstica em tempos de covid-19 reportou a ocorrência deste crime na sua casa e um terço das vítimas disse ter sido agredida pela primeira vez durante …