Coelho tirou bandeira do Estado Islâmico da cartola e incomodou Marcelo

Gregório Cunha / Lusa

Deputado do PTP, José Manuel Coelho, exibe bandeira do grupo terrorista Estado Islâmico no Parlamento da Madeira para incómodo de Marcelo Rebelo de Sousa

O deputado madeirense José Manuel Coelho voltou a fazer das suas, desta vez com uma bandeira do grupo terrorista Estado Islâmico, e conseguiu deixar Marcelo Rebelo de Sousa incomodado.

Tudo se passou no Salão Nobre do Parlamento da Madeira, no âmbito do Dia da Região que tem como convidado especial o Presidente da República. Após ter feito o seu discurso, o segundo da cerimónia, José Manuel Coelho exibiu uma bandeira do Estado Islâmico, provocando bastante desconforto na sala.

O Diário de Notícias refere o “mal-estar” entre os elementos presentes no Salão Nobre e nota que “Marcelo Rebelo de Sousa não escondeu o incómodo”.

O deputado do Partido Trabalhista Português (PTP) justificou o desfraldar da bandeira islâmica como “um grito de alerta” em “protesto contra os fundamentalismos” dos tribunais madeirenses, conforme cita o DN.

José Manuel Coelho ainda acusou juízes e magistrados de estarem ao “serviço da oligarquia laranja” e de perseguirem aqueles que denunciam a “corrupção” na Madeira.

Não é o primeiro episódio caricato protagonizado pelo deputado do PTP, que já tirou a roupa em pleno plenário do Parlamento madeirense.

Também já foi vestido de recluso para a Assembleia e, noutras ocasiões, levou para o Parlamento um relógio de cozinha pendurado ao pescoço e uma bandeira nazi.

Marcelo Rebelo de Sousa está na Madeira no âmbito das comemorações dos 40 anos da autonomia do Arquipélago.

SV, ZAP

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. ninguém põe esse maluco na linha. É vergonhoso para o nosso Pais a figura ridicula que esse animal faz perante o Presidente da republica.

  2. Isto é o que dá terem acabado com os hospitais para malucos, soltaram-nos todos agora temos que os aturar já não dão conta deles

  3. Com a aprendizagem os cursos de formação do Alberto durante tantos anos, quem não aprende a ofender tudo e todos. Não fazer nada contra isto não é democracia, é permissividade reles e laxismo bacoco.

  4. Não é a mesma coisa aparecer em cuecas ou trazer bandeiras ideológicas sinistras. Às vezes não percebo o que vai na cabeça de quem escreve notícia….

  5. Compreendo a atitude de José Manuel Coelho e o que simbolicamente representa todavia, reconheço que exibir um símbolo de uma organização tão sinistra, não tem justificação nem nexo de causalidade e por isso, desvalorizou os argumentos. Os que adjetivam JMCoelho, também não acrescentam valor a uma crítica que se deseja civilizada, são corpos estranhos numa sociedade que se deseja evoluída/esclarecida expurgada de insultos e de falta de respeito.

  6. e ninguem o para nas parvoices. nao ha respeito pelo simbolo da nação (presidente da republica. isto é uma afronta. acho que devia ser punido por causa do que fez (pena de 8 a 12 anos de cadeia). acho que so batendo com os costados na cadeia é que ele aprende. esta passou dos limites

  7. O TIRIRICA continua a divertir-se à nossa conta, agora até já serve a bandeira do DAESCH só lhe restará mesmo uma bomba ás costas com um detonador que poderia utilizar numa das ilhas Desertas onde ficaria muito bem estilhaçado.

RESPONDER

Uniforme da II Guerra Mundial encontrado num pacote "cheio de história"

Um uniforme de piloto da Força Aérea Real (RAF), usado na II Guerra Mundial, foi descoberto embrulhado num pacote feito de folhas de jornais e vai agora a leilão. De acordo com a cadeia televisiva CNN, …

Primeiro motociclo voador do mundo pode alcançar uma velocidade de quase 490 km/h

A empresa Jetpack Aviation concluiu os testes referentes ao projeto Speeder, para o desenvolvimento de uma aeronave que faz descolagens e aterragens na vertical. Segundo a companhia, o veículo, que se assemelha a um motociclo, …

Scarlett Johansson processa Disney por estreia de "Viúva Negra" no streaming

A atriz norte-americana processou a Disney, esta quinta-feira, por violação do contrato, na sequência do lançamento digital do filme "Black Widow" na plataforma de streaming, adiantando que o seu salário estava dependente das receitas de …

Incidente com módulo russo fez EEI mudar de posição

A Estação Espacial Internacional (EEI) perdeu, esta quinta-feira, o controlo de orientação e saiu da posição configurada, na sequência de um incidente com o módulo russo Nauka. A situação, que se prolongou durante 47 minutos, aconteceu …

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …