Coelho tirou bandeira do Estado Islâmico da cartola e incomodou Marcelo

Gregório Cunha / Lusa

Deputado do PTP, José Manuel Coelho, exibe bandeira do grupo terrorista Estado Islâmico no Parlamento da Madeira para incómodo de Marcelo Rebelo de Sousa

O deputado madeirense José Manuel Coelho voltou a fazer das suas, desta vez com uma bandeira do grupo terrorista Estado Islâmico, e conseguiu deixar Marcelo Rebelo de Sousa incomodado.

Tudo se passou no Salão Nobre do Parlamento da Madeira, no âmbito do Dia da Região que tem como convidado especial o Presidente da República. Após ter feito o seu discurso, o segundo da cerimónia, José Manuel Coelho exibiu uma bandeira do Estado Islâmico, provocando bastante desconforto na sala.

O Diário de Notícias refere o “mal-estar” entre os elementos presentes no Salão Nobre e nota que “Marcelo Rebelo de Sousa não escondeu o incómodo”.

O deputado do Partido Trabalhista Português (PTP) justificou o desfraldar da bandeira islâmica como “um grito de alerta” em “protesto contra os fundamentalismos” dos tribunais madeirenses, conforme cita o DN.

José Manuel Coelho ainda acusou juízes e magistrados de estarem ao “serviço da oligarquia laranja” e de perseguirem aqueles que denunciam a “corrupção” na Madeira.

Não é o primeiro episódio caricato protagonizado pelo deputado do PTP, que já tirou a roupa em pleno plenário do Parlamento madeirense.

Também já foi vestido de recluso para a Assembleia e, noutras ocasiões, levou para o Parlamento um relógio de cozinha pendurado ao pescoço e uma bandeira nazi.

Marcelo Rebelo de Sousa está na Madeira no âmbito das comemorações dos 40 anos da autonomia do Arquipélago.

SV, ZAP

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. ninguém põe esse maluco na linha. É vergonhoso para o nosso Pais a figura ridicula que esse animal faz perante o Presidente da republica.

  2. Isto é o que dá terem acabado com os hospitais para malucos, soltaram-nos todos agora temos que os aturar já não dão conta deles

  3. Com a aprendizagem os cursos de formação do Alberto durante tantos anos, quem não aprende a ofender tudo e todos. Não fazer nada contra isto não é democracia, é permissividade reles e laxismo bacoco.

  4. Não é a mesma coisa aparecer em cuecas ou trazer bandeiras ideológicas sinistras. Às vezes não percebo o que vai na cabeça de quem escreve notícia….

  5. Compreendo a atitude de José Manuel Coelho e o que simbolicamente representa todavia, reconheço que exibir um símbolo de uma organização tão sinistra, não tem justificação nem nexo de causalidade e por isso, desvalorizou os argumentos. Os que adjetivam JMCoelho, também não acrescentam valor a uma crítica que se deseja civilizada, são corpos estranhos numa sociedade que se deseja evoluída/esclarecida expurgada de insultos e de falta de respeito.

  6. e ninguem o para nas parvoices. nao ha respeito pelo simbolo da nação (presidente da republica. isto é uma afronta. acho que devia ser punido por causa do que fez (pena de 8 a 12 anos de cadeia). acho que so batendo com os costados na cadeia é que ele aprende. esta passou dos limites

  7. O TIRIRICA continua a divertir-se à nossa conta, agora até já serve a bandeira do DAESCH só lhe restará mesmo uma bomba ás costas com um detonador que poderia utilizar numa das ilhas Desertas onde ficaria muito bem estilhaçado.

RESPONDER

Ana Gomes espera "verdadeiro Portugal Leaks" com Rui Pinto a colaborar com a justiça

A antiga eurodeputada Ana Gomes considerou que “é um verdadeiro Portugal Leaks” que se pode esperar a partir de agora, depois de Rui Pinto aceitar colaborar com a justiça portuguesa. O criador do Football Leaks e …

Exames nacionais adiados. Terceiro período arranca a 14 de abril (mas à distância)

Esta quinta-feira, António Costa falou ao país para anunciar que o 3.º período irá recomeçar no dia 14 de abril, mas sem aulas presenciais. Os exames nacionais do ensino secundário foram adiados para julho e …

TAP. Estado equaciona reformas antecipadas sem penalizações

O Jornal Económico escreve esta quinta-feira que o Estado pondera avançar com reformas antecipadas sem penalizações na TAP, visando assim diminuir o impacto da pandemia de covid-19 na companhia aérea portuguesa. Apesar de a empresa ter …

Santa Maria ganha 40 camas para os cuidados intensivos

A maior unidade hospitalar do país reforçou capacidade dos Cuidados Intensivos para os doentes infetados, passando das atuais 80 camas para cerca de 120. O Hospital Santa Maria, em Lisboa, vai quadruplicar a sua capacidade …

"Isto é criminoso". Estivadores dizem que há risco de portos pararem

"Da forma como estamos a trabalhar nos portos, corremos o risco de todo o contingente ficar parado, porque não há nenhum cuidado em termos de criar equipas rotativas", garantiu o líder sindical. O presidente do Sindicato …

Demitiu-se o diretor do serviço de cirurgia e transplantação do Curry Cabral

Américo Martins demitiu-se esta quarta-feira por ter visto impedida a proposta de reorganização com circuitos independentes no hospital. O diretor do Serviço de Cirurgia Geral e Transplantação do Hospital Curry Cabral, Américo Martins, demitiu-se esta quarta-feira …

Bancos impedidos de cobrar comissões por operações digitais. Acesso a jogos online limitados

Os bancos vão ficar impedidos de cobrar comissões por operações de pagamento através de plataformas digitais dos prestadores de serviços, segundo uma proposta do PEV com alterações do PS aprovada no Parlamento. O projeto de lei …

Pessoas assintomáticas devem usar máscara, diz Centro Europeu de Controlo de Doenças

Num relatório divulgado na quarta-feira, o Centro Europeu de Controlo de Doenças (ECDC) referiu que as máscaras podem reduzir a propagação do novo coronavírus de pessoas assintomáticas, recomendando a sua utilização. De acordo com o Público, …

Portugal ultrapassa as 400 vítimas mortais. Cordão sanitário em Castro Daire equacionado

Portugal regista esta quinta-feira 409 mortos associados à covid-19, mais 29 do que na quarta-feira, e 13.956 infetados (mais 815), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Trata-se de um aumento de 6% …

"Em segundo plano". OM alerta para falta de resposta para doentes prioritários não covid-19

A Ordem dos Médicos (OM) alertou esta quinta-feira para a falta de resposta aos doentes prioritários não covid-19, que diz estarem a ser relegados para segundo plano, em áreas que “não podem esperar” como a …