A Coca-Cola oferece 1 milhão de dólares a quem acabar com o açúcar

Um milhão de dólares, ou 850 mil euros – é o que a Coca-Cola paga a quem a ajudar a superar um dos seus maiores problemas: o açúcar. O desafio foi anunciado a semana passada em comunicado no site oficial da empresa.

A Coca-Cola diz que o concurso é um apelo a que investigadores e cientistas tentem encontrar um “composto de origem natural, seguro e com baixa ou nenhuma caloria, que crie a sensação de gosto de açúcar quando usado em bebidas e alimentos”.

O site do desafio The Coca-Cola Company Sweetener Challenge realça que o composto a criar não pode ser “à base de stevia, nem extraído de uma espécie de planta protegida”.

O prazo de envio de propostas termina no dia 18 de janeiro de 2018. A 21 de fevereiro, a marca vai anunciar os dez semifinalistas. Posteriormente, a 11 de abril, serão revelados os três finalistas, e o vencedor será conhecido no dia 3 de outubro de 2018.

Esta hercúlea tarefa é um dos maiores problemas enfrentados pela indústria alimentar, que movimenta anualmente mais de 4 biliões de euros.

De acordo com a Quartz, as pesquisas de mercado mostram que actualmente os norte-americanos consomem 15% menos refrigerantes do que há 15 anos, principalmente por causa de preocupações com a saúde. Tanto as vendas da Coca-Cola como da sua maior rival, a Pepsi, estão em queda nos últimos dez anos no país.

Mas nem todos partilham do entusiasmo que o prémio gerou na comunidade científica. “Achei o valor do prémio um pouco baixo”, diz em entrevista à Quartz Ross Colbert, analista de bebidas da multinacional financeira Rabobank. “Acredito que quem conseguir encontrar a solução pode facilmente ganhar milhões com isso“.

“Que uma empresa como a Coca-Cola tenha recorrido a um concurso público como este mostra bem a pressão a que a indústria dos refrigerantes tem estado submetida nos últimos anos”, diz Colber. “Mas encontrar um substituto saudável para o açúcar é algo como procurar o Santo Graal.”

A associação das bebidas açucaradas a problemas de saúde como a diabetes estão a mudar os hábitos dos consumidores. Com efeito, tem havido não apenas uma tendência de troca dos refrigerantes por outro tipo de bebidas – por exemplo, água – como há um cada vez maior apoio dos contribuintes a medidas de taxação das bebidas açucaradas.

Avatar ZAP // Ciberia

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Ahahaa! Se é como a Coca Cola diz, que a Coca Cola Zero tem todo o sabor mas sem açucar, porque não retira o açucar das suas receitas (havendo apenas um tipo de Coca Cola) e deixa de se preocupar com isso???? 😛

  2. Podiam usar xylitol. Ótimo para os ossos e dentes, já que os ingredientes da coca-cola provocam desmineralização, principalmente de cálcio.

  3. Mas eu já os contactei sobre a forma de acabarem com a o açucar na Coca-Cola, começam a vender as garrafas vazias, e toda a gente fica a ganhar. Só não sei é se lhes enviei o meu nib correto para a transferência. Vou aguardar. Os tipos da Danone também não me pagaram nada quando lhes sugeri a forma de venderem iogurte com 0% de calorias, que era também venderem as embalagens vazias. Enfim, mal agradecidos.

  4. A escolha do título “A Coca-Cola oferece 1 milhão de dólares a quem acabar com o açúcar” é infeliz. Querem que se descubra um produto que substitua o açúcar, não a sua destruição. Sendo açúcar o mel, a lactose, a frutose, etc., seria uma tarefa hercúlea acabar com o açúcar!

  5. A STEVIA é saudável, sem calorias e mais doce que o açúcar. É precisamente o melhor substituto da cana do açúcar. Não sei porque a Coca-cola rejeita essa solução. Se eventualmente a Stevia ela está em extinção (o que duvido) é porque a indústria alimentar continua a preferir utilizar a cana do açúcar. Mas comecem agora a plantar a Stevia e daqui a uns anos estará tão abundante como a cana do açúcar e resolve-se o problema dos malefícios do açúcar. STEVIA !!

RESPONDER

PSD reúne-se com generais contra a lei do Governo para reforma das Forças Armadas

Os sociais-democratas vão receber os mais altos representantes dos oficiais generais na reserva que têm criticado publicamente a proposta de lei do governo para reformar o comando superior das Forças Armadas que visa reforçar o …

Duplicou percentagem de pessoas que recusam a vacina contra a covid-19

Entre 16 de março e 18 de abril, a percentagem de pessoas que respondeu "não" ao SMS da vacinação contra a covid-19 duplicou. Até domingo, dia 18 de abril, as autoridades de saúde enviaram quase 855 …

Esqueletos em jarros gigantes desenterrados em necrópole da Córsega

Uma equipa de arqueólogos desenterrou mais de 40 túmulos datados de meados do primeiro milénio d.C. Os trabalhos de escavação decorreram na comuna de Île-Rousse, na Córsega, em pleno Mar Mediterrâneo. A descoberta da necrópole da …

Oposição sobe salários dos técnicos de diagnóstico à revelia do Governo

Esta terça-feira, os deputados da oposição de um grupo de trabalho na Assembleia da República aprovaram mudanças na carreira dos Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica e aumentaram a tabela salarial contra o PS e …

Portugal vai recomendar uso da vacina da Johnson & Johnson a maiores de 60 anos

Depois de a Agência Europeia do Medicamento (EMA) ter concluído que os benefícios da vacina da Johnson & Johnson superam os riscos, Portugal deverá usá-la em maiores de 60 anos. Esta terça-feira, a Agência Europeia do …

Uma epidemia de coronavírus pode ter atingido a Ásia há 25 mil anos

Um novo estudo sugere que um antigo coronavírus, ou um patógeno intimamente relacionado, desencadeou uma epidemia no leste asiático há cerca de 25 mil anos. David Enard, geneticista evolucionário da Universidade do Arizona, em Tucson, analisou …

Superliga Europeia está oficialmente suspensa após 48 horas de vida

Os criadores da Superliga Europeia de futebol revelaram esta terça-feira à noite, em comunicado, que pretendem remodelar aquela competição, depois de os seis clubes ingleses terem anunciado o seu abandono. “Apesar da anunciada partida dos clubes …

Enriquecimento injustificado. Depois do ralhete de Marcelo, todos os partidos admitem mexer na lei

O Partido Socialista insistia que a lei que visa criminalizar quem não declara acréscimo de rendimentos já existe. Agora, depois do apelo do Presidente da República, já admite que há "aperfeiçoamentos" a fazer. Na segunda-feira, o …

Plano de testagem em massa. Pessoas assintomáticas ou sem exposição também vão ser testadas

O Instituto de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA) divulgou, esta terça-feira, o plano de promoção da operacionalização da estratégia de testagem em Portugal. De acordo com o jornal Público, a estratégia de testagem em Portugal vai …

Fim das moratórias teve "impacto reduzido". Possibilidade de extensão é "muito escassa"

Faria de Oliveira, presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), disse no Parlamento que o fim das moratórias teve um "impacto muito reduzido" nas famílias no mês de março, tendo registado um número "muito baixo" …