Clientes com certificado digital válido impedidos de entrar em restaurantes

Patrícia de Melo Moreira / AFP

Estão a ser reportados vários casos de clientes que, ao apresentarem o certificado digital para poderem entrar num restaurante, não conseguem fazê-lo porque o documento está a ser considerado inválido pelos dispositivos eletrónicos.

Segundo a rádio TSF, muitos restaurantes estão a queixar-se de erros na leitura dos certificados digitais, que, apesar de válidos, são dados como expirados pelos dispositivos eletrónicos.

“Muitos empresários têm-nos feito chegar este erro, que é um erro técnico e que nada tem a ver com a questão da validade do próprio certificado. Estamos a falar aqui, talvez, dos servidores, de algumas falhas de algoritmos dos programas informáticos. Isto são questões que nos ultrapassam, mas tem sido um verdadeiro terror“, explicou à rádio Daniel Serra, presidente da PRO.VAR (Promover e Inovar a Restauração Nacional).

O responsável lembrou que, desde que entrou em vigor a obrigatoriedade de apresentar o certificado digital ou um teste negativo para entrar nos estabelecimentos ao fim-de-semana, houve uma “debandada” de clientes.

Daniel Serra afirmou mesmo que “se observou um grande número de restaurantes a encerrar ao fim-de-semana”, algo que considera “impensável” durante a época alta, portanto, destacou que a medida se tem revelado “um pesadelo” para o setor.

Para resolver esta situação e tentar evitar mais prejuízos para os restaurantes, a PRO.VAR está a pedir ao Governo para que acabe com esta obrigatoriedade.

“Isto leva muitas vezes ao desespero dos clientes, afastando-os ainda mais dos restaurantes. Propomos que a obrigatoriedade seja retirada e transferida a responsabilidade para o próprio cliente”, declarou o presidente da PRO.VAR, também em declarações à TVI.

Entretanto, questionados pela TSF, os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde asseguraram que não receberam qualquer queixa relativa a estes problemas técnicos.

Na semana passada, depois do Conselho de Ministros, também foi publicada uma regra que informa que os restaurantes estão “expressamente proibidos” de guardar os comprovativos dos testes negativos dos clientes, bem como os seus dados pessoais.

Uma norma que também está a causar dúvidas no setor, que questiona como é que, em caso de fiscalização, se comprova que os clientes realizaram testes ou apresentaram os seus comprovativos.

À luz das regras em vigor, o serviço de refeições no interior dos restaurantes exige a apresentação de um certificado digital ou de um teste negativo ou, em alternativa, a realização de um teste à entrada do espaço. Esta exigência abrange todos os concelhos considerados em risco elevado ou muito elevado de infeção, a partir das 19h00 de sexta-feira e durante o fim-de-semana.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …