Cisão no PSD da Guarda, com líder da concelhia a avançar como independente

António Pedro Santos / Lusa

O presidente do Partido Social Democrata (PSD), Rui Rio, durante a conferência de imprensa para apresentar a proposta de Projeto de Lei do partido sobre descentralização, em Lisboa, 16 de setembro de 2020.

O presidente da Comissão Política Concelhia da Guarda do PSD, Sérgio Costa, demitiu-se do cargo e anunciou hoje que é candidato independente à liderança da autarquia nas eleições autárquicas deste ano.

“A partir deste momento, sou um homem livre. Apresentarei a demissão dos órgãos concelhios ao PSD nacional, deixarei de ser militante do PSD e apresentarei uma plataforma independente que ir-se-á candidatar à Câmara Municipal da Guarda”, disse Sérgio Costa numa conferência de imprensa realizada numa unidade hoteleira da cidade.

O demissionário líder social-democrata tem sido vereador sem pelouros no executivo municipal liderado por Carlos Chaves Monteiro, que o PSD escolheu para ser candidato nas eleições autárquicas deste ano – num acordo que envolve também o CDS. Agora, estarão os dois na corrida.

“Passarei a ser, a partir de agora, o vereador independente do executivo municipal. Encabeçarei esta plataforma de cidadãos independentes, abrangente a toda a sociedade guardense. Esta candidatura não é contra ninguém, é sim pela Guarda, pelo futuro da Guarda”, afirmou.

Sérgio Costa disse que nas eleições autárquicas deste ano, com a sua candidatura, a Guarda “vai ter um grupo de cidadãos independentes que, pela primeira vez, será inclusivo”. “Todos terão oportunidade de fazer ouvir a sua voz e as suas ideias. Todas as ideologias políticas democráticas serão bem-vindas. Da esquerda à direita, todos terão, finalmente, oportunidade de pertencer a um único partido: o partido da Guarda”, promete.

No encontro com os jornalistas, o agora candidato independente, lembrou que a comissão política concelhia social-democrata aprovou por unanimidade o seu nome para ser apresentado à distrital e à direção nacional, mas, “num golpe de teatro”, a distrital apresentou o nome de Carlos Chaves Monteiro como sendo o candidato do PSD à Câmara Municipal da Guarda.

O candidato independente disse, ainda, que a sua candidatura “não é contra ninguém”, mas sim “pelo futuro da Guarda”. “Será um movimento independente. Um verdadeiro movimento independente, como nunca houve na Guarda”, rematou.

O PSD candidata o atual autarca Carlos Chaves Monteiro, que substituiu Álvaro Amaro na presidência da Câmara da Guarda quando este foi para o Parlamento Europeu, e o PS candidata Luís Couto, atual diretor do Estabelecimento Prisional da Guarda.

No atual executivo municipal o PSD tem a maioria, com cinco eleitos, e o PS tem dois elementos.

Este ano, as autárquicas ainda não têm data, mas, segundo a lei, ocorrem entre setembro e outubro.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mayflower 2.0: um navio autónomo pilotado por IA está a refazer a viagem do original

Quatro séculos e uma pandemia depois de o Mayflower original ter zarpado do porto de Southampton, numa jornada histórica para a América, outro veículo pioneiro com o mesmo nome partiu para refazer a mesma viagem. O …

Halterofilista neozelandesa será a primeira atleta transgénero a competir nos Jogos Olímpicos

A neozelandesa Laurel Hubbard, de 43 anos, classificou-se para os Jogos Olímpicos de Tóquio na categoria acima de 87kg feminina (super pesadas) do levantamento de peso, tornando-se a primeira atleta transgénero a participar na competição. "Estou …

República Checa 0-1 Inglaterra | Serviços mínimos valem topo

A Inglaterra, que tinha assegurado o apuramento na segunda-feira, garantiu o primeiro lugar do Grupo D do Euro 2020, ao vencer a República Checa por 1-0, com um golo madrugador, no mítico estádio de Wembley. Num …

Croácia 3-1 Escócia | Croatas de trivela rumo aos oitavos

A Croácia, liderada pelos ‘craques’ Luka Modric e Ivan Perisic, qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer por 3-1 a Escócia, que eliminou, num Grupo D conquistado pela Inglaterra. Os …

Asteroide tem nome de astrofísico português Nuno Peixinho

O astrofísico português Nuno Peixinho dá nome a um asteroide, descoberto em 1998 e que tem pouco mais de 10 quilómetros de diâmetro, anunciou esta segunda-feira o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), …

"É inaceitável". Ana Mendes Godinho critica situações de trabalho temporário que "duram décadas"

A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, insistiu esta terça-feira na relevância do combate à precariedade, sinalizando a intenção de restringir o trabalho temporário. "Tem de haver mecanismos mais fortes para combater a segmentação do mercado …

Hitler expulsou os soldados judeus há oito décadas. Agora, um rabino junta-se ao exército alemão

No início da Segunda Guerra Mundial, Hitler expulsou os judeus das Forças Armadas na década de 1930. Agora, Zsolt Balla irá assumir o cargo de rabino-chefe do exército alemão. Mais de 80 anos depois, aquilo que …

Rio critica Governo após "justa indignação" de Merkel

O presidente do PSD acusou esta terça-feira o Governo de estar a fazer Portugal passar “por uma vergonha desnecessária”, considerando que depois da “vexatória desconsideração” do Reino Unido, os portugueses têm que “ouvir a justa …

Amazon acusada de destruir milhões de itens não vendidos todos os anos

A Amazon foi acusada de destruir milhões de itens não vendidos todos os anos, segundo uma investigação da Newsweek, publicada na segunda-feira. "Uma investigação da ITV News num dos centros de distribuição da Amazon no Reino …

Enquanto o mundo lutava contra uma pandemia, a Guiné declarava o fim do segundo surto do Ébola

No passado sábado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou o fim do segundo surto de Ébola na Guiné-Conacri, que vitimou mortalmente 12 pessoas. "Tenho a honra de declarar o fim do Ébola na Guiné", disse …