Cinzas de Gandhi roubadas e fotografia vandalizada no dia do seu 150.º aniversário

Parte das cinzas de Mahatma Gandhi foram roubadas e uma fotografia foi vandalizada com tinta verde nesta quarta-feira, data de comemoração dos 150 anos do nascimento do ícone político, num memorial localizado na Índia central.

A BBC avança que, sobre a fotografia, é possível ler “traidor”. As cinzas, apenas uma parcela das totais divididas entre vários memoriais do país, estavam no memorial Bapu Bhawan desde 1948, ano do assassínio de Gandhi por um extremista hindu. Alguns líderes desta religião veem Gandhi como um traidor por ter apoiado a unificação islâmica-hindu.

Um gestor do memorial classificou a ação como “vergonhosa”. “Abri o portão do Bhawan durante a manhã porque era o aniversário de Gandhi. Quando retornei, às 23h, notei que os restos mortais de Gandhi tinham desaparecido e a sua fotografia tinha sido vandalizada”, explicou o gestor ao site indiano The Wire.

A polícia do estado de Madhya Pradesh está a fazer diligências no local para tentar descobrir quem foram os responsáveis pelo roubo e intervenção, citando um “prejuízo da integração nacional”.

O líder do Congresso Nacional Indiano, Gurmeet Singh, defendeu a utilização das imagens captadas pela câmara de segurança do local para identificar os alegados criminosos.

Mahatma Gandhi, nascido numa cidade do litoral ocidental, Porbandar, a 2 de outubro de 1869, foi o idealizador e fundador do moderno Estado indiano e o maior defensor do protesto não violento como meio de revolução. Gandhi formou-se em direito e foi um político e líder no movimento de independência da Índia, que era governada pelos ingleses.

Mahatma Gandhi foi o responsável pela mobilização não violenta pela luta da independência da Índia do Reino Unido, sendo por isso considerado o “pai da nação”. Ao mesmo tempo, extremistas hindus consideram-no como traidor do movimento depois da declaração de independência e a consequente criação do Paquistão em agosto de 1947.

Gandhi foi assassinado meses depois, em janeiro de 1948 por um extremista hindu. Após o fim de um jejum de 5 dias, Gandhi foi assassinado com três tiros pelo hindu Nathuram Vinayak Godse, no jardim de sua casa, onde estava a ser realizada uma grande reunião de orações. Godse terá matado Gandhi por ser contra a tolerância religiosa pregada pelo pacifista, que teria levado à criação do Paquistão, contra a qual era.

O cortejo fúnebre, realizado no dia seguinte, durou 5 horas, numa procissão acompanhada por milhões até o rio Yamuna, onde o corpo foi colocado numa jangada e incinerado, como manda a tradição hindu.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Provavelmente uma consequência do emergente “totalitarismo” hindu na Índia, como desenvolveu o Monde Diplomatique, há algum tempo.

  2. Consequências de um politico nunca ter a unanimidade toda do seu lado nem ser o único dono de toda a verdade, para mais num país tão dividido sobretudo por crenças religiosas.

RESPONDER

Euro 2020: seleções da casa em desvantagem na primeira jornada

Nove seleções jogaram no seu país, até agora. Mas somente três ganharam o respetivo jogo. Portugal contribuiu para estragar as festas caseiras. Num Europeu estranho e inédito, que decorre em muitos países, muitas seleções jogam em …

Tribunal europeu condena Portugal a indemnizar recluso por falta de internamento psiquiátrico

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou o Estado português a pagar uma indemnização de 14 mil euros a um recluso por ter cumprido pena de prisão sem internamento psiquiátrico a que tinha sido condenado. A …

França acaba com máscara no exterior (e Espanha vai pelo mesmo caminho)

Em França, o uso de máscara na rua deixa de ser obrigatório a partir de quinta-feira. Espanha deverá seguir o mesmo caminho "em breve". O uso de máscara no exterior deixa de ser obrigatório em França …

Swissport em Lisboa para tentar comprar a Groundforce

O acionista maioritário da Groundforce, que está a tentar vender a sua participação na empresa de handling, encontra-se agora a negociar com os suíços da Swissport. Depois de o fundo espanhol Atitlan se ter afastado e …

BdP prevê taxa de desemprego de 7,2% e crescimento económico de 4,8%

O Banco de Portugal (BdP) prevê que a taxa de desemprego atinja 7,2% em 2021, recuando para 7,1% em 2022 e 6,8% em 2023, e que o emprego cresça 1,3% este ano. No Boletim Económico de …

Finlândia 0-1 Rússia | Miranchuk recoloca russos na corrida

A anfitriã Rússia conseguiu hoje uma determinante vitória na luta pelo apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao bater a Finlândia por 1-0, em São Petersburgo. No primeiro jogo da segunda jornada …

Nove militares da GNR acusados de tortura

O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR dos crimes de tortura e outros tratamentos cruéis, degradantes ou desumanos e sequestro agravado. O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR, …

Costa garante que Lisboa terá o mesmo tratamento que os outros concelhos

Esta quarta-feira, num dia em que Portugal registou 1.350 novos casos ( 928 dos quais na região de Lisboa e Vale do Tejo), o primeiro-ministro afirmou que a capital terá o mesmo tratamento que os …

Salgado disposto a pagar à massa falida do GES para ficar isento de cumprir pena

Ricardo Salgado está disposto a pagar à massa falida do GES para ser dispensado de cumprir pena no processo que o irá julgar por três crimes de abuso de confiança, segundo a contestação da defesa …

PJ detém 12 pessoas por suspeitas de corrupção na Câmara de Loures

Entre os detidos pela Polícia Judiciária (PJ) estão dois empreiteiros, um arquiteto, um empresário ligado a uma obra particular e oito fiscais. Através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção e no âmbito de inquérito dirigido …