Cinzas de Gandhi roubadas e fotografia vandalizada no dia do seu 150.º aniversário

Parte das cinzas de Mahatma Gandhi foram roubadas e uma fotografia foi vandalizada com tinta verde nesta quarta-feira, data de comemoração dos 150 anos do nascimento do ícone político, num memorial localizado na Índia central.

A BBC avança que, sobre a fotografia, é possível ler “traidor”. As cinzas, apenas uma parcela das totais divididas entre vários memoriais do país, estavam no memorial Bapu Bhawan desde 1948, ano do assassínio de Gandhi por um extremista hindu. Alguns líderes desta religião veem Gandhi como um traidor por ter apoiado a unificação islâmica-hindu.

Um gestor do memorial classificou a ação como “vergonhosa”. “Abri o portão do Bhawan durante a manhã porque era o aniversário de Gandhi. Quando retornei, às 23h, notei que os restos mortais de Gandhi tinham desaparecido e a sua fotografia tinha sido vandalizada”, explicou o gestor ao site indiano The Wire.

A polícia do estado de Madhya Pradesh está a fazer diligências no local para tentar descobrir quem foram os responsáveis pelo roubo e intervenção, citando um “prejuízo da integração nacional”.

O líder do Congresso Nacional Indiano, Gurmeet Singh, defendeu a utilização das imagens captadas pela câmara de segurança do local para identificar os alegados criminosos.

Mahatma Gandhi, nascido numa cidade do litoral ocidental, Porbandar, a 2 de outubro de 1869, foi o idealizador e fundador do moderno Estado indiano e o maior defensor do protesto não violento como meio de revolução. Gandhi formou-se em direito e foi um político e líder no movimento de independência da Índia, que era governada pelos ingleses.

Mahatma Gandhi foi o responsável pela mobilização não violenta pela luta da independência da Índia do Reino Unido, sendo por isso considerado o “pai da nação”. Ao mesmo tempo, extremistas hindus consideram-no como traidor do movimento depois da declaração de independência e a consequente criação do Paquistão em agosto de 1947.

Gandhi foi assassinado meses depois, em janeiro de 1948 por um extremista hindu. Após o fim de um jejum de 5 dias, Gandhi foi assassinado com três tiros pelo hindu Nathuram Vinayak Godse, no jardim de sua casa, onde estava a ser realizada uma grande reunião de orações. Godse terá matado Gandhi por ser contra a tolerância religiosa pregada pelo pacifista, que teria levado à criação do Paquistão, contra a qual era.

O cortejo fúnebre, realizado no dia seguinte, durou 5 horas, numa procissão acompanhada por milhões até o rio Yamuna, onde o corpo foi colocado numa jangada e incinerado, como manda a tradição hindu.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Provavelmente uma consequência do emergente “totalitarismo” hindu na Índia, como desenvolveu o Monde Diplomatique, há algum tempo.

  2. Consequências de um politico nunca ter a unanimidade toda do seu lado nem ser o único dono de toda a verdade, para mais num país tão dividido sobretudo por crenças religiosas.

RESPONDER

O Lamborghini mais potente acelera dentro de água. É um iate com 4.000 cavalos

O resultado da primeira colaboração entre a a Lamborghini e os especialistas da Tecnomar é um iate de luxo, com 4.000 cavalos que recria a sensação de condução de um superdesportivo dentro de água. O mais …

Aproxima-se o lançamento do rover Perseverance

O rover Perseverance da NASA está a menos de um mês da data de lançamento prevista para 20 de julho. A missão de astrobiologia do veículo vai procurar sinais de vida microscópica passada em Marte, explorar …

Benfica 3-1 Boavista | Águias põem fim a quarentena caseira

O Benfica venceu na noite deste sábado o Boavista, naquele que foi o primeiro triunfo caseiro após a retoma da Liga. Poderá ter sido a redenção das águias? Após ter somado apenas dois triunfos, quatro desaires …

Cortina do abraço permite às famílias reencontrar os familiares num lar de São Paulo

Abraçar, tocar e até dançar. Uma cortina do abraço permite que filhos visitem seus pais residentes numa casa de repouso em São Paulo. O empresário Bruno Zani, autor da criação, pretende agora colocar a cortina …

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas com os amigos

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas não só com as suas progenitoras mas também com os seus pares, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Leeds, no Reino Unido. De acordo …

Entre uma "história de recusas" e uma “opção clara” pelos interesses do grande capital

A líder do BE disse hoje que a legislatura do Partido Socialista tem sido a “história das recusas” tanto sobre um acordo no final das eleições 2019, seja na recusa dum Orçamento Suplementar para lá …

Homem morre nos Estados Unidos depois de receber mais de 50 choques taser na sua detenção

Dos agentes da polícia da cidade de Wilson, no estado norte-americano do Oklahoma, foram nesta quarta-feira acusados de homicídio em segundo grau pela morte de um homem durante a sua detenção. De acordo com o …

TESS fornece novas ideias sobre um mundo ultra-quente

Medições do TESS (Transiting Exoplanet Survey Satellite) da NASA permitiram aos astrónomos melhorar bastante a sua compreensão do ambiente bizarro de KELT-9b, um dos planetas mais quentes conhecidos. "O factor de estranheza de KELT-9b é alto," …

Bill Gates elenca quatro pilares-chave para combater a pandemia

O co-fundador da Microsoft, Bill Gates, elencou quatro pilares que a sua fundação considera essenciais para combater a pandemia de covid-19, que já matou mais de 520 mil pessoas em todo o mundo. Segundo o norte-americano, …

Tesla já vale mais do que a Toyota, Disney e Coca-Cola

As ações da Tesla chegaram esta quarta-feira a um preço recorde de 1.120 dólares por ação, levando a empresa de Elon Musk a superar a cotação de mercado de grandes empresas como a Coca-Cola ou …