Cinzas de Gandhi roubadas e fotografia vandalizada no dia do seu 150.º aniversário

Parte das cinzas de Mahatma Gandhi foram roubadas e uma fotografia foi vandalizada com tinta verde nesta quarta-feira, data de comemoração dos 150 anos do nascimento do ícone político, num memorial localizado na Índia central.

A BBC avança que, sobre a fotografia, é possível ler “traidor”. As cinzas, apenas uma parcela das totais divididas entre vários memoriais do país, estavam no memorial Bapu Bhawan desde 1948, ano do assassínio de Gandhi por um extremista hindu. Alguns líderes desta religião veem Gandhi como um traidor por ter apoiado a unificação islâmica-hindu.

Um gestor do memorial classificou a ação como “vergonhosa”. “Abri o portão do Bhawan durante a manhã porque era o aniversário de Gandhi. Quando retornei, às 23h, notei que os restos mortais de Gandhi tinham desaparecido e a sua fotografia tinha sido vandalizada”, explicou o gestor ao site indiano The Wire.

A polícia do estado de Madhya Pradesh está a fazer diligências no local para tentar descobrir quem foram os responsáveis pelo roubo e intervenção, citando um “prejuízo da integração nacional”.

O líder do Congresso Nacional Indiano, Gurmeet Singh, defendeu a utilização das imagens captadas pela câmara de segurança do local para identificar os alegados criminosos.

Mahatma Gandhi, nascido numa cidade do litoral ocidental, Porbandar, a 2 de outubro de 1869, foi o idealizador e fundador do moderno Estado indiano e o maior defensor do protesto não violento como meio de revolução. Gandhi formou-se em direito e foi um político e líder no movimento de independência da Índia, que era governada pelos ingleses.

Mahatma Gandhi foi o responsável pela mobilização não violenta pela luta da independência da Índia do Reino Unido, sendo por isso considerado o “pai da nação”. Ao mesmo tempo, extremistas hindus consideram-no como traidor do movimento depois da declaração de independência e a consequente criação do Paquistão em agosto de 1947.

Gandhi foi assassinado meses depois, em janeiro de 1948 por um extremista hindu. Após o fim de um jejum de 5 dias, Gandhi foi assassinado com três tiros pelo hindu Nathuram Vinayak Godse, no jardim de sua casa, onde estava a ser realizada uma grande reunião de orações. Godse terá matado Gandhi por ser contra a tolerância religiosa pregada pelo pacifista, que teria levado à criação do Paquistão, contra a qual era.

O cortejo fúnebre, realizado no dia seguinte, durou 5 horas, numa procissão acompanhada por milhões até o rio Yamuna, onde o corpo foi colocado numa jangada e incinerado, como manda a tradição hindu.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Provavelmente uma consequência do emergente “totalitarismo” hindu na Índia, como desenvolveu o Monde Diplomatique, há algum tempo.

  2. Consequências de um politico nunca ter a unanimidade toda do seu lado nem ser o único dono de toda a verdade, para mais num país tão dividido sobretudo por crenças religiosas.

RESPONDER

Descoberto novo tipo de matéria exótica no "coração" das estrelas de neutrões

Uma investigação levada a cabo por um grupo de cientistas da Finlândia encontrou fortes evidências da existência de matéria exótica de quarks no interior dos núcleos das maiores estrelas de neutrões. Em comunicado, os cientistas …

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ser "filhos" de um mesmo pai

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ter sido formados a partir de um outro asteróide de grandes dimensões, sugere uma investigação internacional. Simulações numéricas de grandes ruturas de asteróides, como as que ocorrem no cinturão de …

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …