Cinema oferece bilhetes a extremistas alemães para verem “A Lista de Schindler”

Um cinema na Alemanha vai oferecer bilhetes grátis a militantes de extrema-direita para assistirem ao filme “A lista de Schindler”, de Steven Spielberg, que recria a história de um empresário que salvou centenas de judeus do Holocausto.

Uma sala de cinema em Hachenburg, uma cidade no oeste da Alemanha, decidiu oferecer bilhete grátis para uma sessão do filme “A lista de Schindler”, bastando que os candidatos aos bilhetes provem ser militantes do partido Alternativa para a Alemanha (AfD), um movimento de extrema-direita, e se apresentem no dia 27 de janeiro, dia dedicado à memória das vítimas do nazismo.

A organização desta iniciativa, no momento em que o filme comemora 25 anos de estreia, explicou numa página da Internet que pretende dar “máxima visibilidade à projeção do filme e fazê-lo chegar ao maior número possível de pessoas“.

Ao dar bilhetes gratuitos a militantes do Alternativa para a Alemanha, a organização diz que “não quer argumentar que são nazis”, mas apenas criar um espaço de diálogo aberto aos simpatizantes do nazismo, para que compreendam o fenómeno da segregação.

A direção do AFD já manifestou inquietação sobre a iniciativa e o líder da organização no estado da Renânia, Uwe Junge, já protestou na rede social Twitter contra um gesto que considera pretender “colocar o AfD como sendo nacional-socialista”.

A oferta de bilhetes gratuitos ganhou o apoio dos social-democratas de centro-esquerda, cujo presidente Hendrik Hering é presidente do parlamento estadual. Hering considera que é uma boa ideia “desafiar um partido cujos membros questionam ou desprezam a cultura da lembrança”.

Por outro lado, o responsável de centro-direita de Hachenburg, Stefan Leukel, está preocupado em “trazer os membros do partido para uma discussão sem definir os termos do debate”.

Nas eleições gerais de 2017, o AfD obteve 12,6% dos votos e tornou-se a primeira formação de extrema-direita com assento no Bundestag – a câmara baixa do Parlamento – desde a década de 1950, tendo também tido resultados significativos nas eleições regionais de 2018.

O filme “A lista de Schindler” regressa em janeiro às salas de cinema, 25 anos após a sua estreia, por vontade de Steven Spielberg, o realizador, que escolheu o dia 27 de janeiro para recordar a história do empresário Schindler (1908-1974) que ajudou centenas de judeus a escapar aos campos de concentração nazis.

O filme foi um sucesso e recebeu de sete Óscars, incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor, como também muitos outros prémios (incluindo 3 Globos de Ouro e 7 BAFTAs). Em 2007, o American Film Institute elegeu Schindler’s List como o oitavo melhor filme americano da História. É considerado pela crítica especializada como um dos melhores filmes já feitos.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Tspiras vence moção de confiança com margem mínima

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, viu esta quinta-feira o parlamento aprovar um voto de confiança, dias depois de ter terminado a coligação que viabilizava o seu Governo. Com 151 votos favoráveis, dos 300 parlamentares, Tsipras viu …

Parlamento discute a legalização da canábis para fins recreativos

A legalização da canábis para uso recreativo é debatida esta quinta-feira no Parlamento, com BE e PAN a apresentarem projetos de lei idênticos, discordando apenas quanto aos locais de venda. O Bloco de Esquerda (BE) defende …

Estátua de diabo "alegre demais" divide moradores em Espanha

Uma estátua que representa o diabo foi criticada por ser "alegre demais" por moradores da cidade de Segóvia, em Espanha. A escultura de bronze, que ainda não foi instalada, foi criada em homenagem a uma lenda …

"Incapacidade e incompetência". Fenprof pede a Costa que substitua ministro da Educação

A Federação Nacional de Professores (Fenprof) defendeu esta quarta-feira que o primeiro-ministro substitua o ministro da Educação, devido à sua "incapacidade e comprovada incompetência política" para dirigir as negociações de recuperação de tempo de serviço …

Bombeiros protestam contra a proposta do Governo

De acordo com o sindicato, a proposta do Governo "significa uma desvalorização enorme na carreira". Além disso, critica a ideia de haver uma carreira única de sapadores e municipais nivelada por baixo. Bombeiros municipais e sapadores …

Há uma parte da Antártida que está a encolher (mas não era suposto)

Quando os cientistas falam sobre o derretimento da Antártida, geralmente estão a referir-se à Antártida Ocidental, onde gigantescos glaciares costeiros estão a derramar grandes quantidades de água. Mas, do outro lado das montanhas transantárticas a leste, …

A cor dos olhos pode explicar porque é que as pessoas ficam tristes no inverno

Tempo mais frio e noites mais longas fazem algumas pessoas sentir-se tristes. A isso, dá-e o nome de Transtorno Afetivo Sazonal (TAS). Embora o TAS seja uma forma reconhecida de depressão clínica, os especialistas ainda estão …

Há vida pós-LHC. CERN planeia acelerador de partículas dez vezes mais potente

O futuro da Física de Partículas começa a ganhar forma. O CERN (Laboratório Europeu de Física de Partículas) detalhou esta terça-feira os seus planos para o novo acelerador de partículas que irá suceder o Grande …

DARPA quer construir robôs conscientes usando cérebros de insetos

A DARPA quer construir robôs conscientes usando cérebros de insetos, uma forma de criar novos modelos de inteligência artificial eficientes, que poderiam ser usados para explorar a própria consciência. Ao contrário dos humanos, os insetos operam …

Bombas de Wendell e Bruno Fernandes apuram Sporting para meias da Taça

Remates de Wendell e de Bruno Fernandes decidiram o jogo a favor da equipa 'leonina', que na próxima fase da competição defronta o Benfica, numa eliminatória disputada a duas mãos. Numa primeira parte marcada pelo domínio …