Cinema oferece bilhetes a extremistas alemães para verem “A Lista de Schindler”

Um cinema na Alemanha vai oferecer bilhetes grátis a militantes de extrema-direita para assistirem ao filme “A lista de Schindler”, de Steven Spielberg, que recria a história de um empresário que salvou centenas de judeus do Holocausto.

Uma sala de cinema em Hachenburg, uma cidade no oeste da Alemanha, decidiu oferecer bilhete grátis para uma sessão do filme “A lista de Schindler”, bastando que os candidatos aos bilhetes provem ser militantes do partido Alternativa para a Alemanha (AfD), um movimento de extrema-direita, e se apresentem no dia 27 de janeiro, dia dedicado à memória das vítimas do nazismo.

A organização desta iniciativa, no momento em que o filme comemora 25 anos de estreia, explicou numa página da Internet que pretende dar “máxima visibilidade à projeção do filme e fazê-lo chegar ao maior número possível de pessoas“.

Ao dar bilhetes gratuitos a militantes do Alternativa para a Alemanha, a organização diz que “não quer argumentar que são nazis”, mas apenas criar um espaço de diálogo aberto aos simpatizantes do nazismo, para que compreendam o fenómeno da segregação.

A direção do AFD já manifestou inquietação sobre a iniciativa e o líder da organização no estado da Renânia, Uwe Junge, já protestou na rede social Twitter contra um gesto que considera pretender “colocar o AfD como sendo nacional-socialista”.

A oferta de bilhetes gratuitos ganhou o apoio dos social-democratas de centro-esquerda, cujo presidente Hendrik Hering é presidente do parlamento estadual. Hering considera que é uma boa ideia “desafiar um partido cujos membros questionam ou desprezam a cultura da lembrança”.

Por outro lado, o responsável de centro-direita de Hachenburg, Stefan Leukel, está preocupado em “trazer os membros do partido para uma discussão sem definir os termos do debate”.

Nas eleições gerais de 2017, o AfD obteve 12,6% dos votos e tornou-se a primeira formação de extrema-direita com assento no Bundestag – a câmara baixa do Parlamento – desde a década de 1950, tendo também tido resultados significativos nas eleições regionais de 2018.

O filme “A lista de Schindler” regressa em janeiro às salas de cinema, 25 anos após a sua estreia, por vontade de Steven Spielberg, o realizador, que escolheu o dia 27 de janeiro para recordar a história do empresário Schindler (1908-1974) que ajudou centenas de judeus a escapar aos campos de concentração nazis.

O filme foi um sucesso e recebeu de sete Óscars, incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor, como também muitos outros prémios (incluindo 3 Globos de Ouro e 7 BAFTAs). Em 2007, o American Film Institute elegeu Schindler’s List como o oitavo melhor filme americano da História. É considerado pela crítica especializada como um dos melhores filmes já feitos.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas encontraram uma forma de levitar objetos usando apenas luz

Os cientistas afirmam que a sua nova tecnologia de levitação seria capaz de enviar uma nave espacial para a estrela mais próxima em apenas 20 anos. Cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech) dizem ter …

Estrela hiper-fugitiva foi expulsa do disco da Via Láctea

De acordo com investigadores da Universidade de Michigan, uma estrela veloz pode ter sido ejetada do disco estelar da Via Láctea por um enxame de estrelas jovens. Os cientistas dizem que a estrela não teve …

Cientistas portugueses participam na criação do maior telescópio do mundo

O SKA, Square Kilometre Array, está já em construção e será o maior telescópio do mundo. Cientistas portugueses estão a participar no seu design e alguns dos testes serão feitos em território luso. A construção do …

Bolsonaro pondera não assinar qualquer acordo na próxima cimeira do clima

O Brasil está a considerar não assinar qualquer acordo climático na próxima COP25, anunciou este sábado em Santiago o Presidente brasileiro Jair Bolsonaro, após uma reunião que manteve no sábado no Palácio de La Moneda …

Portugal vs Sérvia | Massacre luso com pólvora seca

Segunda jornada do Grupo B da qualificação para o Euro 2020, segundo empate de Portugal, ambos em casa. Após o nulo ante a Ucrânia na primeira jornada, os campeões da Europa não foram além de …

O "homem-milagre". Carteiro português esteve morto 21 minutos e acordou a caminho da morgue

Declarado morto pelos médicos, depois de ter tido um ataque cardíaco, e "ressuscitado" 21 minutos depois, quando já ia a caminho da morgue, o português João Araújo continua a ser conhecido como o "homem milagre" …

Um dos fármacos mais promissores para tratar o Alzheimer falha nos testes em humanos

Uma onda de choque instalou-se na comunidade de pesquisa sobre o Alzheimer na sexta-feira, depois que a empresa farmacêutica Biogen anunciou a suspensão - na fase final em humanos - dos testes com o fármaco …

Gerente de agência de viagens deixou 84 clientes em terra. Em tribunal, foi absolvida

Paula chegou a tribunal acusada de burla qualificada por ter deixado 84 clientes da agência de viagens que geria no Montijo com as férias ou viagens estragadas em agosto de 2016. Chegou a ser detida …

Italiana de 91 anos distinguida pelos seus feitos na II Guerra Mundial. Aos 17 anos, salvou 38 pessoas

Gabriella Ezra, de 91 anos, vai receber a Estrela de Itália. O Estado decidiu homenageá-la depois de a embaixada italiana em Inglaterra, onde Gabriella vive, ter recebido uma carta do filho, Mark, de 65 anos, …

Moscovo enviou dois aviões com soldados e armamento para a Venezuela

Duas aeronaves russas aterraram no aeroporto de Caracas, este sábado, trazendo 100 soldados e 35 toneladas de armamento. As tropas chegaram sob supervisão do chefe do comando principal das forças terrestres russas, Vasilly Tonkoshkurov. A chegada …