Cine Paraíso, em Lisboa, renasce na primavera de 2014 como Cinema Ideal

Fachada do Cine Paraíso na Rua do Loreto (foto: reprodução / "Os Mais Antigos Cinemas de Lisboa")

Fachada do Cine Paraíso na Rua do Loreto (foto: reprodução / “Os Mais Antigos Cinemas de Lisboa”)

O mais antigo cinema de Lisboa reabrirá ao público na primavera de 2014, com o nome Cinema Ideal e com uma programação mais virada para o cinema independente, anunciaram hoje a Midas Filmes e a Casa da Imprensa.

A sala de cinema, criada em 1904 e que até há pouco tempo se chamava Cine Paraíso, sofrerá uma remodelação profunda nos próximos meses – num investimento de cerca de 350 mil euros – para reabrir na primavera enquanto Cinema Ideal, numa parceria entre as duas estruturas.

Em conferência de imprensa, o produtor e distribuidor Pedro Borges afirmou que a identidade do Cinema Ideal será a de um cinema de bairro, com programação pensada para que as pessoas “possam reganhar o gosto de ir a uma sala de cinema, porque é uma sala de cinema, não apenas porque querem ver um filme”.

A Casa da Imprensa, proprietária do edifício onde está localizado o cinema, estabeleceu um contrato a dez anos com a Midas Filmes para a exploração da sala, que terá capacidade para mais de 200 espectadores e exibição em digital.

“Não estávamos satisfeitos com o perfil do cinema [exibia filmes pornográficos] e procurámos uma alternativa que fosse mais consentânea com os estatutos da Casa da Imprensa. Pretendíamos requalificar a sala e decidimos tudo fazer para não pôr sequer a hipótese daquele equipamento cultural ser outra coisa qualquer”, afirmou Goulart Machado, presidente da Casa da Imprensa.

O espaço terá novas cadeiras, novo ecrã de projeção e estará articulado com um segundo piso do edifício onde funcionará o Salão Ideal, composto por uma cafetaria, livraria, biblioteca e “DVDteca” de cinema.

Programação sem igual

“Nós e outros distribuidores e produtores de cinema português e distribuidores de cinema europeu independente achamos que a cidade de Lisboa precisa de outro tipo de cinemas, que não apenas os cinemas dos centros comerciais, que passam basicamente cinema americano e vendem pipocas”, afirmou Pedro Borges.

A programação do Cinema Ideal será feita por uma associação cultural, que reunirá mais de uma dezena de figuras da área do cinema, entre produtores, realizadores e atores, como a atriz Rita Blanco.

Pedro Borges adiantou que pretende exibir em 2014 o último filme de Paulo Rocha – “Se eu fosse ladrão roubava” -, assim como as versões digitais restauradas de “Mudar de vida” e “Verdes Anos“, do realizador, quando passam 50 anos da existência do Cinema Novo Português.

“Contamos estrear no primeiro ano de atividade, por exemplo, os novos filmes de Pedro Costa, João Salaviza, Margarida Cardoso, João Botelho e os documentários de Bruno de Almeida e João Canijo“, anunciaram.

O Cinema Ideal irá ainda assinalar os 40 anos da Revolução de Abril e colaborar com as próximas edições do festival IndieLisboa, da mostra Panorama, e do festival de Curtas-Metragens de Vila do Conde.

Na última década, Lisboa perdeu espaços de exibição como o Cinema Mundial, encerrado em 2004, o Quarteto, que fechou portas em 2007, o Cinema Londres, que encerrou no começo deste ano, e os Cinemas King, que fecharam na semana passada.

Bons filmes, boas condições para os ver, num espaço confortável que não seja igual aos outros todos. Vamos tentar uma política muito diferenciada, em termos de preços”, resumiu Pedro Borges.

ZAP/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Estou muito decepcionado com a alteração e a forma como quiseram remodelar o cinema mais agradável do país..o carisma da cidade de Lisboa desapareceu…infelizmente também como o cinema, o deixar de ser o decadente cinema onde se exibia filmes pornograficos e onde as pessoas se encontravam a partir do meio dia para descontrair num local alternativo e de muito bom gosto apesar de provavelmente o senso comum intentar o contrário..dará lugar a um sitio de mau gosto onde pessoas que não interessam para nada poderão visualizar em ecrã gigante filmes que poderiam comprar em qualquer video-clube de baixa qualidade..è lamentável isso acontecer..Mataram o bairro alto..mataram a noite de Lisboa .. desapareceu qualquer tipo de pretexto para pessoas como eu que viveram num mundo onde as pessoas eram pessoas e interesses validos , em que a cultura se elevava , em que de um cacto ou papel sujo se transformava numa bonita flor ou interessante texto..as tertulias..o glamour…as pessoas bonitas…as noites de copos, as festas … as gentes do cinema, do teatro, o jet set…os engates de casa de bano publicas…o ceiro a urina , o lixo…o fumo…as rugas..as putas , os gigolos..os gritos , as lagrimas …que nos fizeram.??.quem nos fez isso..??.o que é o bairro e o chiado …e o largo Camões …quem é que tem o mau gosto e a capacidade de destruir um mundo ??..Porquê??..Até o tão escondido e pouco comentado cinema..esperemos que não tenham destruído os painéis…Esperemos que pelo menos tenham tido a delicadeza de não deitar abaixo a historia de uma das casa de Lisboa que ainda se respirava art-deco..arte nova…alegria..VIDA..quem nos quer matar e porquê??

RESPONDER

Professor detido por violar aluna menor dentro de escola em Faro

Um professor de 55 anos foi detido, nesta quarta-feira, por suspeitas de ter violado uma aluna de 14 anos no interior de uma escola do concelho de Vila Real de Santo António, no distrito de …

Governo vira-se para Rio para mudar a lei e garantir o novo aeroporto

O Governo está a preparar uma alteração à Lei para evitar que o projecto do novo aeroporto do Montijo seja chumbado. Uma medida que passará, necessariamente, pela necessidade de um entendimento entre PS e PSD …

"Entretenimento saudável". Santa Casa desvaloriza estudo sobre raspadinhas

O Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa desvalorizou a investigação da Universidade do Minho que aponta para o vício das raspadinhas. Esta sexta-feira, um artigo científico publicado na The Lancet alertou para …

"Diga-lhe para ligar ao FBI". Autocarro com a cara do príncipe André circula em Londres

Um autocarro escolar, com a cara do príncipe André, andou a circular por Londres, esta sexta-feira, numa campanha da advogada Gloria Allred para pressionar o filho da Rainha a falar com o FBI. Esta sexta-feira, um autocarro …

Suspeito de terrorismo ouvido em tribunal (com o juiz a recusar ver os seus vídeos por não ter Internet)

O arguido Rómulo Costa, um dos oito portugueses acusados por financiamento ao terrorismo e recrutamento, adesão e apoio ao Estado Islâmico, foi interrogado, esta sexta-feira, na fase de instrução do processo que vai decorrer no …

FC Porto recorre do castigo de um jogo à porta fechada

O FC Porto vai recorrer do castigo de um jogo à porta fechada, aplicado pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) por ofensa a um agente desportivo. "O FC Porto vai recorrer …

Moita Flores investigado por corrupção. Antigo PJ fala em "coincidência" com empréstimo aos filhos

Francisco Moita Flores, antigo inspector da Polícia Judiciária e ex-presidente da Câmara de Santarém, está a ser investigado por suspeitas de corrupção. Há transferências de dinheiro de uma construtora para empresas a que esteve ligado …

SOS Animal vai constituir-se assistente no processo contra João Moura

A SOS Animal anunciou, esta sexta-feira, que se vai constituir assistente no processo criminal contra o cavaleiro tauromáquico detido, na quarta-feira, por suspeitas de maus-tratos a cães em Monforte, no distrito de Portalegre. Em comunicado, a SOS …

SMS de Rangel revelam teia de corrupção na Relação de Lisboa. Juiz Vaz das Neves tem empresa contra a lei

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, Luís Vaz das Neves, que foi constituído arguido na Operação Lex, tem uma empresa que se dedica à arbitragem extrajudicial de conflitos, o que constitui uma violação …

Presidente da PwC esteve em Lisboa para controlar danos do Luanda Leaks

O presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC) esteve em Lisboa, há duas semanas, para controlar os danos provocados pelo caso Luanda Leaks. Bob Moritz, presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC), esteve em Lisboa, há duas semanas, para perceber até …