Cientistas russos querem clonar mamutes

Cientistas russos querem clonar exemplares dos extintos mamutes, já no início deste ano, a partir de restos mortais que se encontram em bom estado.

Os cientistas pretendem “reanimar” os antigos habitantes da Terra a partir de material genético descoberto há um ano e meio no pergelissolo – solo permanentemente congelado – das ilhas da Nova Sibéria.

A etapa mais importante da clonagem incidirá sobre a procura de células vivas. Até agora, não tinham sido encontradas células vivas nos diversos restos mortais descobertos nas últimas décadas.

Mas o mamute encontrado nas ilhas da Nova Sibéria incute esperança. O paquiderme jurássico teve as condições de conservação ideais: em épocas muito remotas, o animal caiu num poço com água, que se congelou e nunca mais descongelou.

A carne do animal tem cor vermelha e o seu sangue está também conservado, explica à RVR o director do Museu de Mamutes da Universidade Federal Nordeste, Semyon Grigoriev.

Segundo o perito, o mamute congelado das ilhas da Nova Sibéria conservou da melhor forma os tecidos moles. É também um fenómeno sem precedentes nos últimos 200 anos de investigação nesta área.

Semyon Grigoriev / Universidade Federal Nordeste

O cientista Semyon Grigoriev junto à carcaça de um mamute fêmea encontrada numa ilha remota da Sibéria em 2013

O cientista Semyon Grigoriev junto à carcaça de mamute fêmea encontrada numa ilha remota da Sibéria em 2013 em bom estado de conservação

“Isto não significa que vamos ressuscitar os mamutes e que estes se vão espalhar de novo pela região do Ártico. Se encontrarmos uma célula viva, surgirão outros problemas – por exemplo, a compatibilidade do ADN do mamute com o do elefante indiano”, diz Grigoriev.

“São, eventualmente, representantes de espécies diferentes. Nesse caso, a clonagem será inviável”, acrescenta o cientista.

Da equipa de cientistas russos fazem parte investigadores da Coreia do Sul com grande experiência de clonagem de animais domésticos, incluindo cães. Em 2011, os cientistas sul-coreanos conseguiram clones de lobo e de coiote.

Na Sibéria vai ser montado um laboratório conjunto, com moderno equipamento sul-coreano.

Ninguém na equipa coloca a hipótese de recriar a população de mamutes siberianos. Para tal, seria preciso clonar no mínimo 30 exemplares, o que é inviável.

“Mas a clonagem de um só mamute, só por si já será uma sensação, um enorme sucesso”, garante Semyon Grigoriev.

ZAP / RVR

PARTILHAR

RESPONDER

Robôs substituem estudantes em cerimónia de graduação no Japão

Impedidos de estarem na sua cerimónia de graduação por causa do novo coronavírus, estudantes japoneses marcaram presença com a ajuda de robôs. Com as universidades fechadas devido à pandemia de covid-19, muitos foram os estudantes universitários …

Governo flexibiliza prescrição eletrónica de medicamentos

Esta quinta-feira, foi publicado em Diário da República o decreto-lei que cria o regime excecional de prescrição eletrónica de medicamentos durante o estado de emergência. O Governo criou um regime excecional de prescrição eletrónica de …

Médicos imigrantes impedidos de ajudar a combater o coronavírus nos EUA

Devido às regras dos vistos, muitos médicos imigrantes estão a ser proibidos de ajudar a combater a pandemia de covid-19 fora do hospital em que trabalham. Os Estados Unidos continuam a sentir em força as consequências …

Espanha insiste em emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo"

A ministra da Economia espanhola diz que o acordo alcançado pelo Eurogrupo "fazia falta", mas insiste que haja emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo". O Parlamento espanhol aprovou, entretanto, a renovação do estado …

Hyundai apresenta conceito de novo elétrico conduzido com joysticks

A Hyundai apresentou o conceito para um novo veículo, chamado Prophecy. O carro elétrico não é guiado pelo tradicional volante, mas sim por dois joysticks. As feiras automóveis estão todas interrompidas devido à pandemia de covid-19, …

Hospital da Cruz Vermelha excluído da rede de combate à pandemia

O Hospital da Cruz Vermelha não vai integrar a "rede covid", criada em resposta à pandemia do novo coronavírus, anunciou esta quinta-feira o executivo, realçando que esta decisão é tomada porque, face à situação atual, …

Coronavírus. Luvas de látex são perigosas quando não utilizadas corretamente

Quase como acontece com as máscaras, caso não sejam utilizadas corretamente, as luvas descartáveis de látex podem ser perigosas, ajudando a disseminar mais facilmente o vírus. A pandemia de covid-19 despertou grande interesse de como as …

Bloco de Esquerda "não vai aceitar austeridade" no pós-pandemia

A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda diz que "não vai aceitar austeridade" em 2021, após a pandemia da covid-19, e garantiu que, pelo seu partido, "não faltará maioria" para ajudar Portugal a sair de …

Em Canonica d'Adda, homens e mulheres têm dias diferentes para ir às compras

A presidente da câmara de uma pequena cidade da Lombardia, Canonica d'Adda, em Itália, decidiu que homens e mulheres terão dias diferentes para fazer compras, visando limitar a multidão nas lojas e lutar contra a …

Linhas de crédito alargadas a todos os setores de atividade

O Governo alargou os apoios "à globalidade do tecido empresarial", nomeadamente aos setores do comércio e serviços, dos transportes, do imobiliário, da construção, indústrias extrativas e transformadoras. As linhas de crédito lançadas pelo Governo para apoiar …