Descoberto exoplaneta gémeo da Terra a apenas 11 anos-luz

M. Kornmesser / ESO

Impressão artística do planeta Ross 128b

Ross 128 b é o nome do mais recente exoplaneta descoberto e fica a apenas 11 anos-luz de distância. O exoplaneta orbita em torno de uma estrela-anã vermelha pouco ativa, muito próxima do Sol, o que indica que é potencialmente habitável.

Ross 128 b tem o tamanho do planeta Terra e foi detetado pelo espetrógrafo HARPS (High Accuracy Radial velocity Planet Searcher), um “pesquisador” de planetas de alta resolução.

O Ross 128b foi descoberto por uma equipa composta por investigadores um pouco de todo mundo, incluindo Portugal, que está representado por Nuno Cardoso Santos, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), a maior unidade de investigação na área das Ciências do Espaço em Portugal.

Os resultados desta investigação foram publicados na revista Astronomy & Astrophysics.

“Este resultado ilustra a capacidade para encontrar e caracterizar em detalhe e de forma recorrente planetas que reúnam as condições necessárias para a presença de vida. A equipa do IA está a trabalhar arduamente para atingir esse objetivo, tendo traçado um plano que inclui uma forte participação em missões espaciais da Agência Espacial Europeia e em vários equipamentos do ESO, como o ELT ou o espectrógrafo ESPRESSO5, que entrará em funcionamento ainda este mês”, explicou Nuno Cardoso Santos, ao Observador.

O mesmo foi confirmado em comunicado pelo ESO.

O ESPRESSO5 a que Nuno Cardoso Santos se refere é um espetrógrafo de alta resolução que será instalado no observatório Very Large Telescope (VLT) e cujo objetivo é localizar planetas com condições semelhantes às da Terra, capazes de suportar vida, sendo capaz de detetar alterações de velocidade de cerca de 0,3 km/h.

Os investigadores sabem que Ross 128 b orbita a sua estrela uma vez a cada dez dias, encontrando-se cerca de 20 vezes mais próxima dela do que a Terra se encontra relativamente ao Sol.

Isto poderia ser preocupante não fosse o facto de a estrela ser uma anã vermelha pouco ativa, com pouco mais de metade da temperatura do Sol, de forma que, a radiação que chega ao exoplaneta é apenas 1,38 vezes à radiação que chega ao nosso planeta.

Não se sabe ao certo se o exoplaneta estará dentro ou fora da zona de habitabilidade da estrela-anã, mas estima-se que as temperaturas variem entre os -60ºC e os 20ºC.

“Os novos instrumentos do ESO vão desempenhar um papel essencial na produção de um censo dos planetas com a massa da Terra passíveis de caracterização. Em particular o NIRPS, o braço infravermelho do HARPS, irá aumentar a eficiência nas observações de anãs vermelhas, que emitem a maioria da sua radiação no infravermelho.

No futuro, o ELT irá dar-nos a possibilidade de observar e caracterizar uma percentagem significativa desses planetas”, conclui Xavier Bonfils (Universidade de Grenoble, França), o primeiro autor do artigo científico.

Muitas estrelas-anãs vermelhas, como é o caso de Próxima Centauri (a estrela mais próxima do Sol), têm ocasionalmente fenómenos explosivos. Quando isto acontece, os planetas que se encontram nas suas órbitas são atingidos com doses letais de raios X e radiação ultravioleta, podendo esterilizar potenciais formas de vida, pelo que é essencial continuar as investigações neste campo.

Depois da Proxima b, este é o segundo planeta deste tipo mais próximo da Terra e o mais próximo que orbita uma estrela-anã vermelha.

ZAP // EuropaPress / EFE

PARTILHAR

RESPONDER

A Estónia só tem um lingote de ouro e nem sequer o pode vender

O Banco Central da Estónia, que completou em maio 100 anos desde a sua função, só tem um lingote de ouro e nem sequer o pode vender, uma vez que o material não é puro …

Explosão atinge autocarro de turistas perto das Pirâmides de Gizé

Uma explosão atingiu um autocarro de turistas perto das célebres pirâmides de Gizé, no Egito, provocando 17 feridos, entre naturais do Egito e da África do Sul, noticia a agência France-Presse. Um engenho explosivo detonou à …

Alerta de erupção vulcânica. Monte Hakone fechado a turistas

As autoridades japonesas activaram este domingo o alerta por possível erupção vulcânica no monte Hakone, e fecharam todos os acessos à popular paisagem natural, que é visitada anualmente por milhões de turistas. A Agência Meteorológica do …

Vírus gigantes nas águas da Índia podem resolver mistério evolutivo

Uma equipa liderada por cientistas do Instituto Indiano de Tecnologia em Bombaim descobriu mais de 20 novos vírus nas águas da cidade, incluindo versões gigantes destes agentes biológicos que podem ajudar a desvendar questões importantes …

Sondagens dão maioria pró-UE no Parlamento Europeu (mas eurocéticos crescem)

As sondagens para o Parlamento Europeu apontam para uma maioria de partidos pró-União Europeia (UE), apesar de os partidos eurocéticos ganharem terreno em relação à composição que resultou das eleições de 2014. Entre os 751 assentos …

A ciência por detrás de um bom chocolate foi finalmente revelada

O melhor chocolate é uma mistura complexa de ciência e o truque não é novo: esta técnica de mistura tem mais de 140 anos. Uma equipa de cientistas da Universidade de Edimburgo, na Escócia, Reino Unido, …

Cristiano Ronaldo eleito o melhor da liga italiana

Cristiano Ronaldo foi o melhor jogador da Liga Italiana 2018/19. A distinção foi anunciada neste sábado, com a Série A a explicar que a escolha foi feita com base em cálculos dos sites Opta Sports, …

Europeias: PS quer fazer o mesmo na Europa, PSD lembra cataplana de Costa e BE pede para não ficar em casa

No dia em que ficou decidido quem seria o campeão nacional de futebol deste ano, a campanha eleitoral para as europeias abrandou, com os partidos a terminarem as iniciativas pelo final da tarde. O cabeça de …

Descobertas inscrições neolíticas com símbolos da realeza egípcia

Uma missão arqueológica do Ministério de Antiguidades de Egito descobriu perto da cidade de Assuão, no sul do país, as primeiras inscrições reais que remontam ao período neolítico. Este período começou há 12 mil anos e …

Já sabemos qual é o segredo para superar a inveja

De acordo com uma investigação recente, temos mais inveja da experiência de uma determinada pessoa antes de ter acontecido do que depois de já ter passado. O segredo está no tempo. Pesquisas anteriores mostraram que os …