Cientistas criam um robô que constrói robôs cada vez melhores

Investigadores britânicos desenvolveram um robô capaz de construir outros robôs ainda melhores, sem intervenção humana.

A mãe-robô, produzida na Universidade de Cambridge, em Inglaterra, junta pequenos cubos para formar um novo bebé-robô.

Ela avalia então a distância que os seus bebés conseguem percorrer e, depois de analisar os resultados, consegue projectar outros robozinhos melhores, capazes de percorrer distâncias ainda mais longas.

O objectivo do estudo é descobrir uma forma de construir robôs que se adaptem ao ambiente.

O trabalho, realizado por investigadores da Universidade de Cambridge, em Inglaterra, e de Zurique, na Suíça, foi publicado na revista científica PLOS One.

A ideia de robôs construírem outros robôs – cada vez melhores – parece o guião de um filme de ficção científica.

No filme Autómata, de 2104, com António Banderas, a humanidade teve que construir milhões de robôs para salvar o planeta, mas os robots estão obrigados a duas regras: não podem fazer mal a nenhuma criatura viva, e não podem de forma nenhuma alterar ou construir outro robô. E correu mal.

Também o pano de fundo da saga Terminator, com Arnold Schwarzenegger, é baseado na ideia de que máquinas sucessivamente mais inteligentes e poderosas constroem máquinas sucessivamente mais inteligentes e poderosas.

O cenário da “singularidade tecnológica“, o momento em que a máquina se torna mais inteligente que o homem e ganha auto-suficiência, preocupa cada vez mais a comunidade científica, que recentemente se juntou para salvar a Terra dos robôs assassinos.

E a realidade parece cada vez mais próxima de seguir a ficção. Recentemente, cientistas do MIT, na Califórnia, construiram os primeiros robots que se auto-constroem.

Mas para já, não precisamos de nos preocupar com a hipótese de os robots dominarem o mundo. Os bebês-robôs de Cambridge são apenas cubos de plástico com um motor dentro.

A mãe-robô cola os robôs uns aos outros, em configurações diferentes, o que lhe permite encontrar sistemas cada vez melhores.

Apesar de a montagem ser simples, o trabalho em si é elaborado.

A mãe construiu dez gerações de robôs. A versão final conseguiu percorrer o dobro da distância coberta pelo primeiro robô, antes de a sua bateria acabar.

De acordo com Fumiya Iida, investigador do departamento de Engenharia da Universidade de Cambridge, que conduziu a pesquisa com colegas da Universidade ETH, em Zurique, um dos objetivos é encontrar novas ideias sobre como os seres vivos evoluem.

“Uma das grandes questões da biologia é descobrir como a inteligência surgiu – e estamos a usar a robótica para explorar esse mistério”, disse Iida à BBC.

“Pensamos sempre nos robôs a fazer tarefas repetitivas, já que, tipicamente, são projectados para produção em massa e não para personalização em massa. Mas queremos ver robôs capazes de inovação e criatividade”, diz o engenheiro.

Outro objectivo da equipa de investigadores é desenvolver robôs capazes de melhorar e de se adaptarem a novas situações, explica Andre Rosendo, também investigador do Machine Intelligence Laboratory da Universidade de Cambridge.

“Podemos imaginar carros construídos em fábricas e robôs a procurar defeitos e a repará-los por sua própria iniciativa”, diz André Rosendo.

“E os robôs usados na agricultura poderiam experimentar técnicas diferentes de colheita, para ver se melhoram o rendimento”, acrescenta.

Fumiya Iida começou a trabalhar com robótica por estar muito desiludido com os robôs da vida real, que não eram tão bons como os que via nos filmes de ficção científica como “Star Wars” ou “Star Trek”.

O seu objectivo é mudar isso. Para tal, Iida tira lições da natureza, para melhorar a eficiência e a flexibilidade dos sistemas de robótica tradicionais.

Será que em breve veremos robôs como os da ficção científica que o inspiraram?

“Ainda não chegámos lá, mas claro, por que não? Talvez dentro de cerca de 30 anos”, diz Iida.

E há quem esteja muito preocupado com isso.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …

SOS Rio Paiva pede que se limite o número de visitantes à ponte e Passadiços do Paiva

A associação SOS Rio Paiva manifestou-se preocupada com o aumento da pressão turística e com a poluição, na sequência da inauguração da ponte suspensa em Arouca, e pediu que se limite o número de visitantes. A …

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo, caso este ainda esteja associado a contas em sites ou redes sociais. Embora milhões de números de telemóvel sejam desconectados todos os anos, um novo …

Ataque à bomba contra escola feminina em Cabul faz 30 mortos e 79 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola secundária para raparigas na zona ocidental de Cabul fez hoje pelo menos 30 mortos e 79 feridos, segundo um novo balanço feito pelas autoridades afegãs. “O número …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …