Peter 2.0. Cientista com doença terminal quer transformar-se no ciborgue mais avançado de sempre

Peter Scott-Morgan, cientista britânico do ramo da robótica, está em fase terminal da doença do neurónio motor, uma doença degenerativa. Mas ele não quer visto como o homem que morreu daquela doença, mas sim tornar-se Peter 2.0, o mais avançado ciborgue de sempre.

O cientista já usa uma extensa lista de dispositivos médicos, que o ajudam a respirar, comer e comunicar – e essas tecnologias deverão continuar a crescer no futuro próximo.  No entanto, de acordo com o SienceAlert, para Scott-Morgan, não se trata de evitar a morte, mas sim evoluir.

“Sim, eu sei que soa a ficção científica“, escreveu o cientista no seu blogue. “Mas alguns dos principais cérebros do mundo, numa aliança com algumas das mais poderosas megacorporações de alta tecnologia, querem fazer acontecer – até ao final deste ano”.

A linha do tempo coincide quantidade de tempo que ainda resta a Scott-Morgan. Porém, cientista pretende ver tudo o que 2020 tem reservado.

O seu corpo biológico está em declínio devido a uma condição terminal que destrói lentamente os nervos, chamada doença do neurónio motor. Esse é o mesmo distúrbio neurodegenerativo que foi diagnosticado ao físico Stephen Hawking em 1963, deixando-o confiando na tecnologia para mobilidade e fala.

O sistema nervoso de Scott-Morgan está lentamente a perder a sua capacidade de determinar funções-chave e movimentos voluntários, deixando-o num estado de paralisia quase completa.

Esta semana, o homem de 61 anos voltou para casa depois de um mês nos cuidados intensivos, onde se esteve a recuperar de uma série de procedimentos que podem melhorar a sua vida, como um mini-ventilador, um tubo de alimentação no estômago e uma bolsa de colostomia. Também lhe foi retirada a laringe, para reduzir o risco de aspirar a sua saliva, comunicando agora através de fala sintética. Cada nova peça de engenharia é vista como “uma atualização” em vez de um substituto.

“Estamos agora a apenas um ano ou dois de conseguir algo revolucionário. Toda a tecnologia já existe isoladamente”, escreveu Scott-Morgan.

Essas inovações tecnológicas incluem interfaces cérebro-computador e rastreamento ocular. Scott-Morgan vais mais longe prevê mais do que isso: vê um futuro em que Peter 2.0 não é um corpo no espaço físico, mas uma mente num cenário digital.

Juntamente com o seu marido Francis, Scott-Morgan criou uma fundação que tem como objetivo pesquisar o uso ético da Inteligência Artificial ​​e da robótica para aumentar quem se sente restringido por doença, idade ou deficiência.

Para ampliar o acesso a tratamentos e tecnologias que salvam vidas de pessoas com a doenças do neurónios motor, a campanha “Right to Thrive” tem pedido apoio aos membros do parlamento.

Mesmo que a tecnologia não chegue a tempo para Scott-Morgan, a mensagem de transformação do cientista é importante, uma vez que o resto da sociedade poderia evoluir em relação às doenças e incapacidades cronicas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

EUA venderam álbum único dos Wu-Tang Clan (que pertencia a Martin Shkreli)

O álbum do grupo Wu-Tang Clan, confiscado em 2018 ao antigo gestor de fundos Martin Shkreli, também conhecido como "o empresário mais odiado do mundo", foi agora vendido pelo Governo norte-americano. Num comunicado divulgado esta terça-feira, …

Bezos ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA para entrar na corrida da próxima viagem à Lua

O empresário norte-americano ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA numa tentativa de reacender a batalha espacial entre a sua empresa, a Blue Origin, e a do "rival" Elon Musk, a SpaceX. De acordo com …

Clientes com certificado digital válido impedidos de entrar em restaurantes

Estão a ser reportados vários casos de clientes que, ao apresentarem o certificado digital para poderem entrar num restaurante, não conseguem fazê-lo porque o documento está a ser considerado inválido pelos dispositivos eletrónicos. Segundo a rádio …

Covid-19 trouxe "paranoia" ao mercado

Diretor do Norwich City, da Premier League, acha que os responsáveis por alguns clubes não sabem bem o que estão a fazer nos últimos tempos. O Norwich City iria jogar contra o Coventry City, num encontro …

Israel cria "task force" para reverter boicote da Ben & Jerry's na Cisjordânia

Israel criou uma task force para pressionar a empresa de gelados norte-americana Ben & Jerry's e a sua proprietária, Unilever, a reverterem a decisão de boicotar a ocupação israelita na Cisjordânia. "Precisamos de aproveitar os 18 …

Violência armada. 430 mortos na última semana nos EUA e 2021 pode ser dos piores anos de sempre

Só na semana passada registaram-se cerca de 430 mortos e mais de 1000 feridos associados a tiroteios, num ano que está a ser marcado pelo aumento da violência armada nos Estados Unidos. O ano passado foi …

Principais indicadores da crise climática estão a atingir "ponto de inflexão", revela estudo

Um novo estudo sobre os sinais vitais do planeta revelou que muitos dos principais indicadores da crise climática estão a piorar e a aproximar-se ou ultrapassar os pontos de inflexão, à medida que as temperaturas …

Biden acusa a Rússia de tentar intervir nas eleições de 2022 para o Congresso

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, acusou na terça-feira o seu homólogo russo, Vladimir Putin, de tentar interferir nas eleições para o Congresso de 2022, espalhando "desinformação". "Veja o que a Rússia já está …

Polícias rejeitam proposta do MAI para o subsídio de risco e prometem novos protestos

Os sindicatos da PSP e as associações socioprofissionais da GNR rejeitaram, esta quarta-feira, a proposta apresentada pelo Governo para o subsídio de risco e prometem novos protestos até que seja atribuído "um valor justo". "Saímos completamente …

Desta vez, van Vleuten ganhou mesmo (aos 38 anos)

Ficou para trás o episódio caricato do último domingo. Annemiek van Vleuten é a nova campeã olímpica de ciclismo, contrarrelógio. Annemiek van Vleuten iria ficar ligada a um dos momentos mais insólitos, ou mesmo o mais …