A ciência confirma: amor compra mais felicidade do que dinheiro

Um novo estudo aponta que ter uma boa saúde mental e estar num bom relacionamento deixa as pessoas mais felizes do que, por exemplo, quando o seu salário duplica.

O estudo, desenvolvido pela London School of Economics, no Reino Unido, e publicado na VOX, analisou as respostas de 200 mil pessoas provenientes da Austrália, Reino Unido, Alemanha e Estados Unidos sobre os fatores que mais influenciam a sua sensação de bem-estar.

Sofrer de depressão ou de ansiedade é o que mais tem impacto negativo nos participantes, enquanto que ter um parceiro foi o que mais aumentou os seus níveis de felicidade.

Segundo Richard Layard, co-autor do estudo, os resultados apontam que o “Estado deve assumir um novo papel” e reformular políticas públicas.

Comparação

De acordo com o estudo, numa escala de um a dez, duplicar o salário de alguém eleva a sua felicidade em menos de 0,2 pontos. Os investigadores afirmam que isso se deve ao facto de as pessoas se importarem mais com os seus rendimentos em comparação com os dos outros e do que como isso as afeta.

No entanto, estar num relacionamento elevou a felicidade em 0,6 pontos e perder um parceiro, seja por causa de uma separação ou morte, teve o mesmo impacto no sentido oposto.

O maior impacto foi gerado por sofrer de depressão ou de ansiedade. Na pesquisa, o nível de felicidade caiu 0,7 nestes casos. Estar desempregado teve o mesmo efeito.

Prevenção

A investigação aponta ainda que o principal fator para prever se a satisfação de uma pessoa com a sua vida adulta é a sua saúde emocional durante a infância.

“A maioria das pesquisas sobre o bem-estar infantil concentra-se no desempenho académico, que é muito afetado pelo rendimento familiar”, diz o estudo.

“Mas a saúde emocional de uma criança é mais determinante no seu bem-estar no futuro. Isso pode ser impactado em alguma medida pelo rendimento familiar, mas, acima de tudo, depende da saúde mental da mãe“, acrescenta-se.

Estes resultados vão ser apresentados numa conferência realizada em parceria entre a London School of Economics e a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) ainda este mês.

“Gerar bem-estar”

Layard defende que os governos devem desempenhar um papel diferente para contribuir para a felicidade dos cidadãos. Em vez de se preocuparem em gerar riqueza, deveriam concentrar-se antes em “gerar bem-estar”.

Não só como um objetivo dos seus mandatos, mas também porque investigações da universidade, com base em eleições europeias realizadas desde 1970, mostram que a satisfação dos cidadãos com as suas próprias vidas é o melhor fator para prever se um governo será reeleito ou não.

“Estes sinais mostram que as coisas que mais importam para a nossa felicidade ou infelicidade são as nossas relações sociais e a nossa saúde física e mental”, afirma o investigador.

“No passado, o Estado combateu incansavelmente a pobreza, o desemprego e os problemas na educação e na saúde. Mas é igualmente importante fazer o mesmo com a violência doméstica, o alcoolismo, a depressão e a ansiedade, o isolamento dos jovens, entre outros”, diz Kayard.

“Isso é que deveria estar no centro das atenções”, conclui.

ZAP / BBC

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Ah sim… Então se a ciência confirma é porque é!.. 😛

    Onde já chegou a despromoção da ciência a um sistema de crenças. Hoje em dia parece que a ciência se tornou uma Religião, com os seus sacerdotes (cientistas) e dogmas (tudo o que diz, passa a ser verdade indiscutivel).

    É como diz o Luis Rodrigues antes de mim: “É preciso ciência pra confirmar?” – mas eu já reparei que alguém responsável pelo editorial deste site, gosta sempre de terminar as notícias do dia com um “A ciência confirma…”. É isso e “os meteoritos vão matar a humanidade”. Ou melhor ainda, um 2 em 1: A ciência diz que os meteoritos vão matar a humanidade (e o Stephen Hawkings confirma)”.

    Faz parte… 😉

RESPONDER

Três mísseis atingem aeroporto de Bagdad onde estão tropas dos Estados Unidos. Não há feridos

Três mísseis atingiram esta quinta-feira o aeroporto de Bagdad, onde se situa uma base militar onde estão estacionados soldados norte-americanos, tendo provocado um ferido iraquiano, revelaram fontes da segurança citadas pela AFP. Os projéteis atingiram a …

História no Planeta Vermelho. Perseverance conseguiu transformar dióxido de carbono em oxigénio

O rover Perseverance, da NASA, conseguiu converter dióxido de carbono em oxigénio. Este grande passo abre caminho à exploração humana do Planeta Vermelho. O MOXIE (Mars Oxygen In-Situ Resource Utilization Experiment), um instrumento a bordo do …

Radiotelescópio encontrou a sua primeira estrela morta giratória. É um "farol cósmico gigante"

Com a ajuda de um radiotelescópio de baixa frequência na Austrália, uma equipa de astrónomos descobriu um pulsar - uma estrela de neutrões densa que gira rapidamente, enviando ondas de rádio para o cosmos. Pela primeira, …

FC Porto 1-0 Guimarães | Dragão já vê Sporting no horizonte

O Porto venceu no fecho da 28ª jornada da Liga NOS pela margem mínima, na recepção ao Vitória SC, e conseguiu o principal objectivo, que passava por somar os três pontos e reduzir para quatro …

Italiano faltou ao trabalho durante 15 anos, mas ganhou quase 600 mil euros

Um funcionário de um hospital no sul de Itália recebeu o salário durante 15 anos, apesar de nunca ter aparecido para trabalhar. De acordo com a polícia italiana, citada pela cadeia televisiva CNN, Salvatore Scumace está …

Google ficou sem o domínio na Argentina (e Nicolás achou que ia ser o novo dono)

Na última quarta-feira, um jovem argentino achou que ia ficar rico à custa da distração da Google no seu país. Acabou por não acontecer e tudo ficou resolvido. "Que pague a dívida externa", "que compre vacinas", …

Lola, a robô humanóide, dá "passos de bebé" (e equilibra-se com as mãos)

Uma equipa de cientistas está a ensinar a robô humanóide Lola a dar "passos de bebé", equilibrando-se com as suas mãos em vários pontos de contacto. Há muito tempo que os investigadores estudam a locomoção de …

Presidente da República veta decreto sobre inseminação post mortem

O Presidente da República vetou, esta quinta-feira, o decreto do Parlamento sobre inseminação post mortem, considerando que suscita dúvidas no plano do direito sucessório e questionando a sua aplicação retroativa. Na mensagem dirigida à Assembleia da …

Primeiro-ministro francês está a receber centenas de peças de lingerie no correio

O primeiro-ministro francês tem estado a receber roupa interior feminina na sua caixa de correio. Foi a forma encontrada pelas lojas de lingerie para protestarem contra as restrições da pandemia que as obrigam a estar …

Inteligência artificial "identifica" autores dos Manuscritos do Mar Morto

Investigadores da Universidade de Groningen, nos Países Baixos, recorreram à inteligência artificial para concluir que os Manuscritos do Mar Morto foram redigidos por vários escribas, o que abre uma "nova janela" para o estudo do …