A ciência confirma: amor compra mais felicidade do que dinheiro

Um novo estudo aponta que ter uma boa saúde mental e estar num bom relacionamento deixa as pessoas mais felizes do que, por exemplo, quando o seu salário duplica.

O estudo, desenvolvido pela London School of Economics, no Reino Unido, e publicado na VOX, analisou as respostas de 200 mil pessoas provenientes da Austrália, Reino Unido, Alemanha e Estados Unidos sobre os fatores que mais influenciam a sua sensação de bem-estar.

Sofrer de depressão ou de ansiedade é o que mais tem impacto negativo nos participantes, enquanto que ter um parceiro foi o que mais aumentou os seus níveis de felicidade.

Segundo Richard Layard, co-autor do estudo, os resultados apontam que o “Estado deve assumir um novo papel” e reformular políticas públicas.

Comparação

De acordo com o estudo, numa escala de um a dez, duplicar o salário de alguém eleva a sua felicidade em menos de 0,2 pontos. Os investigadores afirmam que isso se deve ao facto de as pessoas se importarem mais com os seus rendimentos em comparação com os dos outros e do que como isso as afeta.

No entanto, estar num relacionamento elevou a felicidade em 0,6 pontos e perder um parceiro, seja por causa de uma separação ou morte, teve o mesmo impacto no sentido oposto.

O maior impacto foi gerado por sofrer de depressão ou de ansiedade. Na pesquisa, o nível de felicidade caiu 0,7 nestes casos. Estar desempregado teve o mesmo efeito.

Prevenção

A investigação aponta ainda que o principal fator para prever se a satisfação de uma pessoa com a sua vida adulta é a sua saúde emocional durante a infância.

“A maioria das pesquisas sobre o bem-estar infantil concentra-se no desempenho académico, que é muito afetado pelo rendimento familiar”, diz o estudo.

“Mas a saúde emocional de uma criança é mais determinante no seu bem-estar no futuro. Isso pode ser impactado em alguma medida pelo rendimento familiar, mas, acima de tudo, depende da saúde mental da mãe“, acrescenta-se.

Estes resultados vão ser apresentados numa conferência realizada em parceria entre a London School of Economics e a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) ainda este mês.

“Gerar bem-estar”

Layard defende que os governos devem desempenhar um papel diferente para contribuir para a felicidade dos cidadãos. Em vez de se preocuparem em gerar riqueza, deveriam concentrar-se antes em “gerar bem-estar”.

Não só como um objetivo dos seus mandatos, mas também porque investigações da universidade, com base em eleições europeias realizadas desde 1970, mostram que a satisfação dos cidadãos com as suas próprias vidas é o melhor fator para prever se um governo será reeleito ou não.

“Estes sinais mostram que as coisas que mais importam para a nossa felicidade ou infelicidade são as nossas relações sociais e a nossa saúde física e mental”, afirma o investigador.

“No passado, o Estado combateu incansavelmente a pobreza, o desemprego e os problemas na educação e na saúde. Mas é igualmente importante fazer o mesmo com a violência doméstica, o alcoolismo, a depressão e a ansiedade, o isolamento dos jovens, entre outros”, diz Kayard.

“Isso é que deveria estar no centro das atenções”, conclui.

ZAP / BBC

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Ah sim… Então se a ciência confirma é porque é!.. 😛

    Onde já chegou a despromoção da ciência a um sistema de crenças. Hoje em dia parece que a ciência se tornou uma Religião, com os seus sacerdotes (cientistas) e dogmas (tudo o que diz, passa a ser verdade indiscutivel).

    É como diz o Luis Rodrigues antes de mim: “É preciso ciência pra confirmar?” – mas eu já reparei que alguém responsável pelo editorial deste site, gosta sempre de terminar as notícias do dia com um “A ciência confirma…”. É isso e “os meteoritos vão matar a humanidade”. Ou melhor ainda, um 2 em 1: A ciência diz que os meteoritos vão matar a humanidade (e o Stephen Hawkings confirma)”.

    Faz parte… 😉

RESPONDER

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …

Jerónimo diz que conquista de Guimarães só é possível "milho a milho"

O secretário-geral do PCP defendeu, esta sexta-feira, que a presença da CDU na autarquia de Guimarães só pode ser reconquistada “milho a milho”, na noite em que a dirigente do PEV Heloísa Apolónia integrou a …

Parlamento aprovou Constitucional em Coimbra (mas PS ainda pode chumbar a saída de Lisboa)

O Parlamento aprovou, na generalidade, a proposta do PSD para transferir o Tribunal Constitucional (TC) e o Supremo Tribunal Administrativo (STA) de Lisboa para Coimbra. Mas a mudança só poderá ser concretizada depois da votação …

Concluídas obras de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame em Paris

A fase de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame, em Paris, quase destruída num incêndio há mais de dois anos, terminou, dando lugar à etapa de restauro, anunciaram este sábado as autoridades. Em 15 de …

Certificados de vacinação emitidos por países terceiros reconhecidos para viagens aéreas

Os certificados de vacinação e de recuperação emitidos por países terceiros passam a ser reconhecidos para viagens aéreas, deixando de ser exigido teste negativo e quarentena quando esta seja aplicável em função da respetiva origem, …

Rui Costa, Benfica

Acções do Benfica com comissão milionária a Carlos Janela. Em AG muito quente, sócios gritaram, mas não puderam votar

A Assembleia-Geral (AG) Extraordinária do Benfica de sexta-feira à noite foi muito quente, com cânticos, protestos e pedidos de demissão dos sócios. Enquanto isso há novos dados sobre o negócio de venda das acções do …

"Não tem passado de figurante". Fenprof diz que sistema educativo bloqueava se dependesse do ministro

O secretário-geral da Federação Nacional dos Professores (Fenprof), Mário Nogueira, considerou, esta sexta-feira, que sistema educativo em Portugal já tinha bloqueado se dependesse do trabalho do ministro da Educação e do Governo, realçando que o …

País "esqueceu-se de que existe engenharia". Especialistas criticam recomendação da DGS para ventilação nas escolas

Recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a ventilação nas escolas ficam aquém do que seria necessário, dizem especialistas. Tendo em conta que a covid-19 se transmite por aerossóis, é importante que exista uma boa ventilação …

O "ar salazarento" dos ministros na campanha do PS. Temido usou carro do Governo e pode ter cometido crime

A presença de ministros na campanha dos candidatos socialistas às autárquicas está a causar polémica, sobretudo no Porto, com Rui Moreira a criticar "o ar salazarento de chapelada" do PS. Marta Temido, ministra da Saúde, …