Cidades europeias terão mais secas, inundações e ondas de calor

holgerrings / Flickr

Um estudo concluiu que em todas as cidades europeias haverá um aumento das condições de seca, particularmente na região sul, de inundações, sobretudo no noroeste, e agravamento das ondas de calor.

Selma Guerreiro, especialista em hidrologia e alterações climáticas, faz parte de uma equipa de investigadores da universidade de Newcastle que analisou pela primeira vez mudanças no impacto de cheias, secas e ondas de calor em todas as cidades europeias utilizando modelos climáticos.

A capital portuguesa está no top das capitais com um aumento da frequência e magnitude de episódios de seca. Para Braga e Barcelos é estimado um acréscimo de mais de 80% no pico dos fluxos dos rios.

De acordo com o estudo, publicado recentemente na Environmental Research Letters, o impacto de cheias, secas e ondas de calor excederá no período 2050-2100 as previsões anteriores, refere a universidade britânica em comunicado divulgado no site.

Através de projeções de todos os modelos climáticos disponíveis, associadas a um aumento global da temperatura entre 2,6ºC e 4,8ºC (decorrente de altas emissões de gases com efeito de estufa), os cientistas foram capazes de estabelecer três cenários de impacto – baixo, médio e alto.

No entanto, mesmo no cenário mais otimista, o baixo impacto, todas as cidades europeias terão um aumento do número de dias de onda de calor e do valor da temperatura máxima. No período 2051-2100, cidades espanholas como Málaga e Almería terão mais do dobro dos episódios de seca registados em 1951-2000.

No cenário mais pessimista, 98% das cidades europeias terão situações de seca mais graves e cidades da região sul poderão sofrer secas 14 vezes piores.

Face aos resultados preocupantes obtidos na investigação, os cientistas realçam a necessidade urgente de projetar e adaptar as cidades europeias para as condições meteorológicas que se podem vir a verificar no futuro.

O sul da Europa terá, segundo consta no estudo, o maior aumento no número de dias de ondas de calor, enquanto as cidades da Europa central a maior subida de valores da temperatura máxima, entre 2ºC e 7ºC, para o cenário mais otimista, e entre 8ºC e 14ºC, para o cenário mais pessimista.

Ainda assim, num cenário menos pessimista, as condições de seca só se intensificam em cidades do sul da Europa, ao passo que as cheias só pioram na região noroeste.

Lisboa e Madrid figuram na lista das principais capitais europeias com um aumento estimado da frequência e magnitude dos episódios de seca, enquanto Atenas, Nicósia, Valetta e Sofia poderão ter os piores aumentos de ondas de calor e seca.

No cenário mais grave, em diversas cidades, incluindo Braga e Barcelos, haverá um aumento de mais de 80% no pico do fluxo dos rios.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Investigadores descobrem esqueletos adolescentes do século V. Um dos cientistas é português

Um grupo de investigadores, do qual também faz parte o português Daniel Fernandes, descobriu três esqueletos do período das migrações bárbaras numa vala em Osijek, na Croácia. "Deformação craniana e diversidade genética em três indivíduos masculinos …

Tesla está a alugar painéis solares por 45 euros por mês

Comprar painéis solares pode ser um investimento dispendioso para muitos. De maneira a oferecer uma solução mais económica aos seus clientes, a Tesla está a alugar a tecnologia por apenas 45 euros por mês. A SolarCity, …

Rui Fonte regressa ao Sporting de Braga e assina por três épocas

O Sporting de Braga, da I Liga de futebol, oficializou ontem a contratação do avançado Rui Fonte, um regresso ao clube, por três temporadas. O jogador, de 29 anos, chega dos ingleses do Fulham, que, …

YouTube remove vídeos de luta entre robôs por violarem políticas contra crueldade animal

O YouTube removeu na segunda-feira vídeos de robôs a lutar entre si da sua plataforma, justificando que estes violavam as políticas de exibição contra crueldade com animais. Depois do sucedido, a empresa informou que os …

Há uma piscina natural no meio do deserto mais quente do mundo

https://vimeo.com/355369476 Um casal a viajar pela Etiópia aventurou-se no deserto e experimentou nadar numa piscina natural num dos lugares mais quentes do planeta. A neozelandesa Bridget Thackwray e o namorado, Topher Richwhite formam a Expedition Earth, a …

The Rock é o ator mais bem pago do mundo

A revista Forbes revelou esta quarta-feira a sua lista anual dos atores mais bem pagos do mundo. O primeiro lugar é ocupado por um repetente. Dwayne "The Rock" Johnson voltou a ser o ator mais bem …

Albânia demoliu restaurante do homem que perseguiu turistas no capô do carro

O dono de um restaurante ilegal na Albânia meteu-se em sérios apuros depois de ter perseguido uma família de turistas espanhóis, colocando-se no capô do carro onde seguiam e partindo o pára-brisas. O restaurante que …

Sensores de radiação da Rússia desligaram-se misteriosamente após recente explosão nuclear

Nas semanas após um acidente nuclear fatal num campo de tiro de armas navais em Nyonoksa, quatro sensores de partículas radioativas que enviavam dados do território russo para uma rede de monitorização internacional desligaram-se misteriosamente. As …

Zumba. O negócio milionário que começou com uma distracção de um colombiano

Foi uma distracção que levou o bailarino colombiano Beto Pérez a criar a zumba e a construir um dos negócios actuais com mais sucesso em todo o mundo, avaliado em mais de 450 milhões de …

Ligações a Jeffrey Epstein abalam um dos mais prestigiados laboratórios de tecnologia do mundo

O MIT Media Lab junta áreas que vão do design à robótica e é responsável pelas mais vanguardistas inovações do Massachusetts Institute of Technology, uma das mais reputadas universidades do mundo na área da tecnologia. Agora, …