Açores em alerta vermelho com passagem de furacão Alex

National Hurricane Center

O ciclone Alex passou a furacão e vai atingir os Açores a 15 de janeiro

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera emitiu aviso vermelho para o grupo central (ilhas da Graciosa, Faial, Terceira, São Jorge e Pico) devido à chuva, vento e agitação marítima, lançando o mesmo aviso para o grupo oriental (São Miguel e Santa Maria).

O meteorologista Carlos Ramalho, da delegação regional do Instituto Português do Mar e da Atmosfera afirmou esta quinta-feira que o Alex se tinha intensificado “e é um furacão de categoria 1”.

O furacão ‘Alex’ é o primeiro fenómeno meteorológico desta natureza a acontecer em janeiro, em quase 80 anos, de acordo com meteorologistas norte-americanos.

Segundo as previsões meteorológicas, a tempestade tropical Alex atinge os Açores com especial incidência a partir da madrugada desta sexta-feira

“Os vários modelos meteorológicos utilizados neste tipo de situação estão de acordo na trajetória do sistema, pelo que é de esperar que a tempestade atinja mesmo o arquipélago, especialmente durante a madrugada e manhã de sexta-feira”, explicou Carlos Ramalho.

O Governo Regional dos Açores recomendou entretanto o encerramento de todos os jardins-de-infância e creches das ilhas dos grupos central e oriental esta sexta-feira devido ao agravamento do estado do tempo.

“Por precaução, é igualmente recomendado o encerramento dos centros de atividades de tempos livres, dos centros de atividades ocupacionais e dos centros de dia”, alerta um comunicado.

O IPMA atualizou o aviso vermelho para os Açores, prevendo que as rajadas de vento possam atingir 160 quilómetros por hora e o mar tenha ondas de até 14 metros no grupo central do arquipélago.

Segundo o instituto, para as cinco ilhas do grupo central – Graciosa, Pico, Terceira, São Jorge e Faial – o aviso vermelho para chuva vigorou entre as 2h e as 14h de sexta-feira (mais uma hora em Lisboa), enquanto o mesmo aviso para o mar se manteve entre as 5h e as 15h.

O mesmo aviso vermelho, o mais grave numa escala de quatro, mas para o vento, esteve em vigor entre as 5h e as 14h de sexta-feira no mesmo grupo.

Para o grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) foi também emitido um aviso vermelho para chuva entre as 2h e as 14 de sexta-feira e para vento, com rajadas até 130 quilómetros/hora entre as 05 e as 13.

O Alex é o primeiro furacão a formar-se no Atlântico em janeiro desde 1938, o primeiro a ocorrer neste mês desde o Alice, em 1955, e a quarta tempestade a formar-se nesse mês desde que há registos, em 1851, de acordo com o National Hurricane Center.

De acordo com o jornal Washington Post, estas tempestades tropicais só costumam ocorrer a partir de julho. No ano passado, a tempestade Ana, classificada como subtropical, formou-se a 7 de maio.

Historicamente, apenas 0,5% das tempestades tropicais se formaram antes do dia 1 de Junho.

Esta manhã, a transportadora aérea SATA cancelou dois voos entre as ilhas Terceira e São Jorge, devido ao mau tempo no arquipélago, deixando em terra 150 passageiros.

António Portugal, porta-voz da companhia, acrescentou que “os 150 passageiros das ligações Terceira/São Jorge/Terceira serão reacomodados em voos de sexta-feira”.

Além das ligações aéreas, as condições meteorológicas estão também a afetar os transportes marítimos, mantendo-se encerrados a toda a navegação os portos da Casa, na ilha do Corvo, e o de Santa Cruz, na ilha das Flores.

A informação foi confirmada à Lusa pelo comandante do Porto da Horta, Diogo Vieira Branco, que acrescentou que a autoridade marítima “mantém o acompanhamento da situação”.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

CGD sobe comissões a partir deste sábado (incluindo MB Way)

As transferências por MB Way, as contas-pacote e os serviços mínimos bancários na Caixa Geral de Depósitos vão sofrer um agravamento a partir deste sábado. Tal como tinha sido anunciado em outubro do ano passado, a …

Isabel dos Santos não vai ser detida se for a Angola, garante PGR

O procurador-geral da República de Angola afirmou, esta sexta-feira, que a justiça quer esgotar todos os procedimentos para notificar a empresária angolana antes de pedir um mandado internacional de captura. "Primeiro vamos esgotar a possibilidade de …

Assange deixa ala médica da prisão e passa para área com outros reclusos

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi transferido da ala médica da prisão de Belmarsh, no sudeste de Londres, onde estava isolado, para uma área da prisão com outros presos, anunciou hoje um membro do …

"Saudações da Tailândia." Depois de fugir da prisão, Sekkaki enviou um postal aos diretores

Depois de fugir da prisão, Oualid Sekkaki provocou os responsáveis do estabelecimento prisional e enviou-lhes um postal. Em dezembro do ano passado, Oualid Sekkaki e outros quatro indivíduos fugiram do estabelecimento prisional de Turnhout, na Bélgica. …

Irlanda. Tribunal decide extraditar motorista acusado da morte de 39 migrantes vietnamitas

O tribunal de Dublin sentenciou, esta sexta-feira, que o motorista acusado da morte de 39 imigrantes vietnamitas - encontrados em outubro num contentor refrigerado, perto de Londres - pode ser extraditado para o Reino Unido, …

Atriz norte-americana confronta em tribunal Weinstein com acusação de violação

A atriz americana Annabella Sciorra, conhecida por ter participado na série "Os Sopranos", confrontou na quinta-feira o produtor Harvey Weinstein em tribunal, acusando-o de a ter violado, em meados dos anos 1990. Segundo avançou o Expresso, …

Mulher agride médica na Urgência do Hospital de Águeda

Uma médica foi agredida, esta quinta-feira, na Urgência do Hospital de Águeda, por uma mulher que acompanhava o filho a uma consulta. De acordo com o Jornal de Notícias, a médica, de 33 anos, que estava …

Polícia do Rio de Janeiro matou cinco pessoas por dia em 2019

A polícia do Rio de Janeiro matou 1.810 pessoas em 2019, um recorde de cinco mortes por dia e um aumento de 18% em relação ao ano anterior, informou o Instituto de Segurança Pública (ISP) …

Governo dedica 20 milhões do Orçamento ao combate à violência doméstica

O orçamento total para combater a violência doméstica em 2020 é de 20,3 milhões de euros, adiantou na quinta-feira a ministra de Estado e da Presidência no Parlamento, Mariana Vieira da Silva, sublinhando o reforço orçamental …

Chega quer câmaras nas fardas e nos carros-patrulha

O Chega, liderado por André Ventura, apresentou um projeto de resolução a defender que os agentes das forças de segurança nacionais devem poder utilizar câmaras, que seriam introduzidas nas fardas e nos carros-patrulha. O partido liderado …